sábado, 11 de abril de 2015

NOTA 7 PRO TIME CELESTE QUE GOLEOU O VENEZUELANO MINEROS


QUEM TE VIU NO DOMINGO CONTRA O TOMBENSE E TE VIU NA GOLEADA EM CIMA DO MINEROS, HAVERÁ DE PERGUNTAR: O QUE MUDOU NO CRUZEIRO?

Numa escala de um a cem, eu afirmaria sem medo de errar que o Cruzeiro teve nota 7 no jogo contra o Mineros, bem diferente da nota zero da derrota pro Tombense, domingo passado,no campeonato estadual.Como justificar tal mudança drástica em poucos dias? Creio mais na mudança de comportamento

psicológico. No domingo, o Cruzeiro foi soberbo, auto-suficiente ao extremo a ponto de menosprezar o adversário. Já contra o Mineros foi respeitoso e entrou em campo como candidato ao título. Dei-lhe nota sete porque mostrou defeitos no lado esquerdo da defesa e que serão corrigidos apenas com mudança de nomes. Paulo André na cobertura de Mena forma uma dupla fraca. O chileno apoia mal e marca pior inda. Faz a torcida sentir saudade de Egídio. O problema será corrigido com Patricio, que, no entanto, precisa ser bem preparado por Pacote. De cabeça é meio pancada.

De Arrascaeta, além do belo gol de bicicleta, em impedimento, melhorou bem, adiantado,ao lado de Damião, disparado o melhor em campo. Após a entrada de Gabriel - este garoto tem tudo pra ser idolo no Cruzeiro - o time melhorou e marcou mais gols. As falhas da defesa azul quase permitiram os venezuelanos marcarem em três oportunidades. Em compensação, o juiz podre deixou de marcar três penaltes em favor do Cruzeiro, dois deles num mesmo lance, em cima de Damião e de Arrascaeta. Foi uma boa atuação celeste.




Enviado do Samsung Mobile da Claro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.