domingo, 17 de maio de 2015

GALO ARREPIA E GOLEIA FLUMINENSE PRA CANDANGO VIBRAR NO MANÉ GARRINCHA


Passeio do Galo em Brasília



Na falta de Lucas Pratto bem marcado e escondido na partida, o zagueiro Jemerson fez as vezes de centroavante e botou a bola nas redes da meta de Diego Cavalieri, no Estádio Mané Garrincha. Teve mais, porque Dátolo e Luan, também, marcaram enquanto o interminável Fred fez o gol de honra deles, cobrando pênalti meio maroto.
Resultado final: um passeio do Galo pelo terreiro de dona Dilma, numa goleada de 4 a 1sobre o infeliz Fluminense de Mário Sérgio Carraro, meu conterrâneo de Caratinga e, atualmente, candango em Brasília, sem tirar o tricolor do coração.
Vitória com sabor de competência do técnico Levir Culpi que escalou a equipe sem medo do adversário e pra vencer, com apenas um volante, Rafael Carioca e mexeu nas horas certas e nas peças exatas. Galo soma 4 pontos e rindo à toa, com o arquirrival na lanterna, sem pontos, com duas derrotas.


ESQUEMA BEM TRAÇADO - A superioridade alvinegra foi total. Escalado de forma ofensiva, com apenas um volante, o time se portou bem taticamente. Dátolo e Luan tiveram a função de ajudar Rafael Carioca na marcação da zona central. Carlos e Thiago Ribeiro faziam companhia aos laterais pelo lado do gramado.

RAPOSA TEM RECAÍDA - O Cruzeiro não jogou mal contra o Santos, na Vila Belmiro. Nem entrou em campo. Foi um time totalmente diferente no entusiasmo, no espírito vencedor e na tática. Perdeu porque merecia perder e nem pôs o goleiro do Santos pra trabalhar. O cara saiu de campo com o calção limpo. É aquela história, velha, cansativa e degradante, de jogar pra somar pontinhos. Diz Vanderlei Luxemburgo: "quem joga pra empatar, não gosta de vencer".
     Raposa teve recaída e não viu a bola na Vila Belmiro: Santos 1 a 0.

PLACAR PEQUENO - No gol de Geuvânio, por sinal um belo gol, Patrício o acompanhou só com os olhos e não fez falta nela na entrada da área, antes do chute fatal. Eu teria feito a experiência - Pará na lateral esquerda e Fabrício no meio. O ex-colorado está pesado e não aguenta a lateral, correndo atrás de ponteiros. Arrascaeta, William Martins - inventado na lateral esquerda, mas lesionou-se e saiu pra Eurico entrar; esta deveria ser a escalação inicial - Henrique Dourado, Willians Gaúcho voltaram a não jogar nada.  Joel entrou e ficou na mesma. Gabriel Xavier entrou na dele, no lugar de Arrascaeta, e não subiu como foguete. O placar de 1 a 0, no caso, foi pouco.

JOSÉ ANTONIO,de Beagá,  assíduo desta Trincheira, a fim de mear goiabinhas vermelhas lá de Rio Casca, mandou esta contribuição: "É caro Flávio. Com a grana que o Marcelo recebe todo mês, sem trocadilho, se consegue "N" pacotes. Nem todos estes pacotes, têm motivado o barrigudinho. Acho que o homem subiu no telhado, dependendo do vento que soprar amanhã na Pampulha, ele pode cair do telhado.Ouço com frequência alguns pseudos comentaristas, que com certeza não fizeram estágio com você, que é um absurdo pensar em substituição do treinador celeste, que ele tem muito crédito. 

QUARENTENA - Na minha modesta opinião, quem vive de crédito é banqueiro. No mundo da bola o que vale é o presente, o passado é história e o futuro a Deus pertence. Se os dirigentes de futebol tivessem uma pontinha de profissionalismo, teria sempre um back up da concorrência pronto para assumir. É o que fazem as multinacionais em relação aos seus executivos, mantém um banco de candidatos para substituições.Não acho que seja falta de ética almoçar ou jantar com um treinador que esteja empregado e que tenha o perfil que o clube utiliza para contratar. E nesse encontro sondar se existe interesse desse profissional, se quando tiver vaga fazer parte do clube. Flávio sobre o seu comentário a respeito da divida do Galo, não seria com o Grêmio? Vc mencionou o Inter. O Lucas Mendes dedicou alguns segundos do MC segunda feira, sobre a sua competência, como escritor. Parabéns e obrigado por permitir que eu expresse a minha humilde opinião". 

                                         O bom vivant e competente Lucas Mendes

TRINCHEIRA RESPONDE: O Pacote merece sim uns dias de quarentena, até a quinta rodada. Se o time continuar na derrota e o time perder a Libertadores, a serventia da casa, obrigatoriamente, terá de ser-lhe mostrada. Eu vi e meus filhos gravaram. Pelo que paguei a ele -heheheh- o comercial ficou pequeno. Coisas de amigos de internato. Viva o Luquinha do Bairro Funcionário.

    Barça campeão espanhol vai atrás da Triplece Coroa

BARÇA CAMPEÃO - Quem duvida da justiça do título espanhol de 2014/2015  ficar em Barcelona? Venceu o Atlético de Madri por 1 a 0, gol de Pedro, pra sacramentar o troféu. Todos sabiam que seria mesmo dele. Agora faz o último jogo em casa, contra o La Coruna e depois disputará os títulos da Liga dos Campeões, ganhar a sonhada tríplice coroa, além da Copa do Rei.

MAIS PITACOS - PAULO HAMACEK -BH - "Caro Flavio , nosso futebol , pela falta de criticas abertas , exemplos , comparações , etc , continuará nessa masmorra de sempre . Começa o grande, o tão badalado campeonato brasileiro,  na primeira rodada , já existe  atrito de tabela  entre este e a Libertadores . Até hoje , nossos adeptos sul americanos não conseguiram nem fazer um calendário compatível com o europeu o que dirá o resto .  
 Pergunta-se : quais os problemas que acarretariam , para os clubes e seleção , a unificação do calendário  europeu e   esse tal de Sul Americano?  Para que disputar  o  Sul americano e com time reserva o Brasileiro ? O exemplo mais claro , ocorreu quando o Real  Madrid  e o  Barcelona , que estão disputando a semifinal do campeonato mais valioso do mundo, entraram com seus titulares para jogar o campeonato espanhol. Não pouparam Messi, Neymar, C. Ronaldo, Suares , etc..

CABEÇAS DE BAGRE - Paulo continua: - Aqui deixaram descansando uns cabeças de bagre como Mike, Henrique, Mena, Léo ( fora de série: tem a capacidade de marcar de cabeça, mas não tira uma de cabeça dentro da sua área ), Donizete, Pratto (se fosse tão bom estaria na Espanha, Itália ,Inglaterra ), etc .   Provavelmente , alguns tomaram uma loura ou correram atrás de alguma para preencher o tempo atoa .  Pior ainda , se não acontecer a tal classificação na libertadores  . O Cruzeiro , se passar dessa , com esse time limitado ,   defesa fraca , marcando  de  longe  , tem poucas chances pela frente ,
.
POUCOS SOBRESSAEM - Ainda escreve o Paulo: - No Brasil , poucos técnicos , taticamente, sobressaem. Têm alguns analistas que escrevem  que fulano deu um nó tático em sicrano, e para quem viu o jogo, não enxergou nada disso. Exemplos, aos montes estão por aí .Muricy , Felipão , Roth, etc , treinam times por 2 , 3 anos e não se vê nada taticamente. Se não tiver bola parada, um passe de gênio do Ganso, uma falha gritante da defesa ... não sai nada .

DEFESA ADIANTADA - Paulo vai em frente: - Não se coloca a defesa adiantada, não se treina os zagueiros para deixar o atacante impedido (relembre os 2 gols do Pratto  em cima do P. André ) e por aí vai . Tirar o Pacote e colocar o Ney Franco é trocar 6 por 3+3 . Em algum momento da vida deram certo e... só. Não evoluíram , estão na mesmice .  Não conseguem nem captar algo da marcação dos argentinos, posicionamento das defesas europeias, acerto de passes, toque de bola.  Dos poucos jogos que assisti ( 5 ou 7 ) do time do Audax , que disputou o Paulistão de 14 e 15 , o técnico Fernando Diniz (jogou no Cruzeiro ), com jogadores sem destaque, provavelmente, com salários baixos, conseguiu terminar o campeonato, não se classificando para as semifinais, mas, folgadamente, fora do rebaixamento.

TIME DO AUDAX - Segundo Paulo, o Audax jogou com a sua defesa avançada, marcando em linhas de 4 ( pela tv , via-se o posicionamento ) e, como é time considerado fraco não ouviu-se nenhum PVC , Casagrande, Neto, etc , dizer que estava praticando a  linha burra ( esses ingleses , espanhóis, italianos devem ser asnos de carteirinha ), ótimo toque de bola, sem agarra agarra. Como não conheço o rapaz, não sou seu agente, não sou de partido nem de empreiteira ,  fica aí uma boa  sugestão ".


TRINCHEIRA responde: boa aula de futebol, Paulo. Não é canseira, não. Pode escrever à vontade. Se me calo é porque quero apenas ler e me apurar e não discuti e desaprender.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.