terça-feira, 12 de maio de 2015

BLOG DE CHICO MAIA - FAMOSO MENINO DE OURO DE SETE LAGOAS


Lucas Mendes elogia livros do Flávio Anselmo no Manhattan Conection

MANHATTAN
Caio Blinder, Lucas Mendes e Pedro Andrade durante o programa da Globo News
O jornalista Lucas Mendes, âncora do programa Manhattan Conection, da Globo News, apresentado direto de Nova Yorque, encheu a bola durante alguns segundos no fim do programa de ontem à noite, reapresentado nesta segunda-feira, aos dois livros que o Flávio Anselmo vai lançar daqui a pouco,
“Divinas Marias” e “A Copa que eu vi do sofá da minha sala”. E com palavras extremamente gentis, tipo”O meu amigo grande jornalista, colega de colégio e de time, Flávio Anselmo, lança nesta segunda-feira no Dom Grill em Belo Horizonte. . .”
Pedi ao Flávio que escrevesse um resumo das obras para nós aqui do blog e ele mandou bala:
“Meus dois livros têm contextos diferentes:  A Copa que vi do Sofá de Minha Casa, apesar da distância da disputa da Copa de 2014, tem textos saborosos, criados logo após as partidas, sem qualquer preocupação de números ou estatísticas. Foi aquele jogo que vi daquela maneira e o que ele se revelou para mim. Na maioria das vezes nem conhecia os atletas e fui conhecê-los no andamento das partidas. Eu os vi primeiro na pureza de um diamante bruto porque não me ligo muito no futebol europeu e nem procurei estudar cada seleção. Eu as conhecia ali, na bucha e escrevi minhas reações. É um livro puro de opinião sobre a Copa, as seleções e os atletas revelados, ou caídos nelas.”
Divinas Marias – é um livro de poemas nada clássicos, sem métricas, rimas, mas de sentimentos, muito sentimento. Recebi várias críticas positivas sobre ele, tanto que a primeira edição esgotou-se e estou lançando a segunda edição, com mudanças gráficas, nas ilustrações e acrescentei mais quatro poemas. A segunda edição está mais completa e graficamente mais bonita, articulada.
* * *
Um dos elogios recebidos pelo Flávio por “Divinas Marias” foi do Zélio Alves Pinto, conterrâneo dele, de Caratinga, um dos intelectuais mais respeitados do Brasil (pintorjornalistaartista gráficoescritorcaricaturistailustrador e um dos fundadores do jornal O Pasquim), além de irmão do cartunista Ziraldo. Confira:
“Há algum tempo mandei fazer uma estante para livros no meu quarto. Pretendia deixar ali aqueles que ainda não havia lido mas que estavam na lista dos futuros. Em pouco tempo ficou abarrotada. Por anos minha Ciça reuniu coragem para desmonta-la pra rearrumá-la direitinho como il faut. Finalmente começou e botou tudo abaixo e agora à cada dia vou encontrando os livros que tanto desejei ler mas que ficaram só na promessa. Desde 1808 até Pedro Nava, de Cartas Portuguesas a “O homem que trocou sua mulher por um chapéu” e finalmente um livrinho de poesias despretensioso de um amigo conterrâneo que na verdade é um respeitado cronista esportivo em Minas, com texto de poeta. O livro se chama “Divinas Marias” escrito por Flávio Anselmo, nobre figura! Peguei no monte de livros espalhados pelo quarto aguardando a vez para retornarem à estante e comecei a reler, depois de anos. Que delícia, que poeta que meu amigo de infância construiu nele. Coisa de mineiro, poeta enrustido. Anotaí: Divinas Marias, de Flávio Anselmo. Se achar, não lhe deixe escapar. Il faut lire!”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.