quinta-feira, 7 de maio de 2015

NÃO FOI A NOITADA ESPERADA

 
 

GALO EMPATA COM INTER EM CASA LEVANDO DOIS GOLS;  CRUZEIRO É DERROTADO PELO SÃO PAULO NO MORUMBO COM PÚBLICO RECORDE

 

NOITADA INDESEJADA - Se não foi a noite esperada com vitórias, ou empate com gols fora de casa, não foi, também, resultados desastrosos. O pior, apesar do empate em 2 a 2 com o Internacional, no Horto, sem dúvida foi do Galo que jogará a volta sem nenhuma vantagem. O Colorado terá dois resultados a seu favor: o empate sem gols ou por 1 a 1, além da vitória simples claro, no Gigante da Beira Rio que estará lotado.

O Cruzeiro mesmo com a derrota por 1 a 0, no Morumbi, com mais de 66 mil pessoas - recorde de público no ano - terá de fugir do empate e tentar,pelo menos, uma vitória por igual placar que levará a disputa aos pênaltis. Só passará pra fase seguinte em caso de vitória com diferença de dois gols, no Mineirão. Os dois jogos serão quarta-feira que vem.

 

JOGO PRA CORAÇÃO FORTE - Atlético e Inter fizeram no Independência um jogo emocionante, pra não dizer que foi eletrizante, o que eu estaria inteiramente certo. Teve gol no primeiro minuto, do Internacional, marcado por Lizandro Lopes, numa falha de Marcos Rocha. O Galo não se intimidou e partiu pra cima. Aos14m, Lucas Pratto fez boa jogada e a bola sobrou pra Douglas Santos empatar: 1 a 1.

 

CONFRONTO PARELHO: No primeiro tempo, a partida esteve bem igual, com lances lá e cá e com boas defesas dos goleiros Adilson e Victor. Este filho do Sodico, desesperado, corria o controle nos dois canais da FoxEsportes que transmitiam as partidas dos mineiros simultaneamente. No Morumbi, São Fábio estava numa noite feliz, pegando tudo e o Cruzeiro se acovardando, cada minuto mais recuado e dando chutões pra Leandro Damião e Arrascaeta, coitado, enfrentarem os brutamontes são-paulinos.

INTER FAZ 2 A 1 - o Galo voltou na fase final bem melhor e pressionando. Ao sentir a barra pesada, Diego Aguirre, treinador colorado, tirou do banco Valdívia e D'Alessandro, que foram decisivos no segundo gol gaúcho. O argentino cobrou falta no canto da área e Valdívia escorou de cabeça: 2 a 1, Inter. Pressão do Horto e o grito de "eu acredito", injetaram novo entusiasmo no time de Levir Culpi.

 

GALO EMPATA - No último minuto, Leonardo Silva que está perto de se tornar o zagueiro artilheiro na história do Atlético, empatou. Cobrança de escanteio, confusão na área e a bola sobrou pra Léo Silva acertar uma bomba indefensável pra Adilson. Final, Galo 2 x 2 Inter. Dia 13, no Beira Rio, o jogo de volta que leva um deles às quartas de final.  

 

DEFESA GOLEADORA - Bem que Levir Culpi tentou ao colocar no segundo tempo o Galo mais ofensivo, com as entradas de Giovanni Augusto no lugar de Leandro Donizete; de Jô no de Dátolo e de Carlos no de Thiago Ribeiro. Mas os artilheiros da noite pelo Atlético vieram da defesa: Douglas Santos e Léo Silva. O Horto teve lotação completa - 19.553 pessoas e uma renda de R$ 1.197.920,00 - Ah, um jogo desse no Mineirão. Era público igual ao do Morumbi.

 

PACOTE OPTOU PELA DEFESA E PERDEU - Eu tirei uma lição do jogo no Morumbi. Definitivamente, o Cruzeiro mantém alguma coisa maior que jogar recuado, apenas marcando e jogando por uma bola. Ou marca mal, ou sai jogando mal. Em certo momento, seu time marca bem com Henrique, Willians, Manoel e Léo. Mas sai jogando mal, nos chutões, com esses camaradas. E por outro lado, quem deveria funcionar pra tirar a bola da defesa, alimentando o falso armador Arrascaeta, que na realidade é um meia atacante, faz mal o seu trabalho. Na direita, Maike atravessa péssima fase desde que o Porto e o Benfica apareceram na vida dele e o Cruzeiro não negociou.Do lado esquerdo, o chileno Mena é enganação pura. Não joga nada.

 

ERRO TOTAL - O gol da vitória do São Paulo saiu dos lados deles - o lateral Bruno veio driblando todo mundo, ganhando na marra como fez a partida toda, e levantou com imensa categoria na cabeça de Centurion, aos 37m do segundo tempo. Fábio que vinha pegando até pensamento, nessa caiu com bola e tudo pra dentro da meta. A cabeçada foi na sua cara, por isso não houve falha do goleirão. 

 

PACOTE ENXERGA ERRADO - De novo, Marcelo Pacote mexeu mal: quando William Bigode começou a crescer no jogo, elogiado pelos comentaristas, o técnico celeste resolveu tirá-lo e colocar o garoto Gabriel Xavier. Este é meia armador, mas Pacote cisma de colocá-lo com as funções de Bigode, coisa que não sabe fazer. O lateral paulista Bruno ganhou mais liberdade ainda e criou o lance do gol de seu time, levando Gabriel e Mena no roldão. No Cruzeiro, Manoel não subiu e Maike não estava na posição pra marcar o argentino Centurion.

 

MORUMBI LOTADO - O Morumbi, ao contrário do que eu imaginava, pegou público total - 66.369, com mais de R$ 3 milhões de renda. O troco no Mineirão tem que ter três coisas a mais: a China Azul lotando o estádio; apetite voraz do time pra fazer uma virada e coragem de Marcelo Pacote Oliveira pra escalar um time ofensivo. Leandro Damião saiu com cansaço muscular e Joel entrou no seu lugar e nada fez. Os azuis a cada partida me parece mais despreparado tática e fisicamente.

 

OUTROS JOGOS - As oitavas de final da Libertadores já revelaram uma equipe classificada pras quartas: o Tigres, do México, que passou pelo Universitário, da Bolívia, por 2 a 1 e 1 a 1. Os demais resultados, dos jogos de ida, foram esses:

- Estudiantes de la Plata 2 x 1 Santa Fé

-Guarani de Assunção 2 x 0 Corinthians

-Nesta quinta-feira, jogarão River Plate x Boca Juniors, no Monumental de Nunes; Wanderes x Racing, em Montevidéu; Emelec x  Atlético Nacional, em Quito.

 

TUPI SALVA NOITE MINEIRA - Na Copa do Brasil, o Tupi de Juiz de Fora, salvou a noite futebolística mineira ao eliminar o Atlético Paranaense em Curitiba. Perdeu por 2 a 1, mas como havia feito 1 a 0 aqui e marcou um gol no campo do adversário foi em frente.

 

DESCOBRI MOACYR - Eu andava à procura de Moacyr Júnior pra saber aonde o danado do menino estava escondido como treinador. Ele me ligou ontem. Está no Criciúma. Excelente. É um bom clube, pagamento em dia, faz investimentos. Após um período correndo como treinador pelo Nordeste, após ter deixado o América, Moacyr ganhou este bilhete de loteria. A diferença entre o futebol do Nordeste e do Sul é a falta de pagamento.

 

DE NOVO UMA COPA - Resolvi, mesmo aposentado, botar de novo o pé na estrada, e estarei ao lado do mano Fábio Paceli, na cobertura da Copa América no Chile, a partir do dia 15 de junho. Estarei com entradas ao Vivo na programação da TV Semana, no site do jornal A Semana de Caratinga, sob o comando de Carlinhos e Roseli Carraro; Jorge Mexidim Magalhães, e do ótimo Sérgio Crespo. Depois comento a Seleção convocada por Dunga.


E NÃO SE ESQUEÇA:  DIA 11 TEM LANÇAMENTO DOS MEUS DOIS LIVROS NO DON GRILL. VENHA JANTAR COM A GENTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.