sexta-feira, 8 de maio de 2015

 COMEÇA NESTE SÁBADO  O BRASILEIRÃO-15 COM TIME RESERVA CONTRA PALMEIRAS FORA DAQUI.
E  RAPOSA PEGA CORINTHIANS NO DOMINGO, SEM DEFINIR ENTRE TITULARES E RESERVAS. EM CUIABÁ

CALENDÁRIO MALDITO - Acavalados, a Copa Libertadores da América e o Campeonato Brasileiro que começa neste sábado obrigam os chamados times grandes, aspiradores do título nacional a usarem outra força do seus imensos elencos. Quando o torcedor questiona sobre o número exagerado de atletas de seu clube, alguns com 40 jogadores profissionais, como é o caso do Cruzeiro, a resposta está aí. Isso não quer dizer que os clubes poderão desta forma manter times alternativos à altura de disputar algumas partidas em boas condições. Quer, na realidade dizer que correm abertos riscos de deixarem sua condição de favorito e entrar no perigo da zona de rebaixamento.

Levir com minhas netinhas Maria Tereza e Ana Flávia, filhas do Flávio Jr e da Fabiana

TIME RESERVA - Levir Culpi, forçado pelo jogo decisivo da próxima quarta-feira, pela Libertadores, em Porto Alegre, na fase de mata-mata da Libertadores, contra o Internacional, decidiu manter apenas Victor como titular na estreia contra o Palmeiras, fora de casa, neste sábado.  e usará nas demais posições jogadores reservas. Apenas pra recordar, no primeiro jogo contra o Inter, no Horto, houve empate de 2 a 2, e o Galo precisa vencer no Beira Rio, dia 13, pra seguir na competição continental.

PACOTE ESCONDE JOGO - Cruzeiro enfrenta o Corinthians em Cuiabá e Marcelo Pacote Oliveira que tem demonstrado desânimo com a produção da equipe não para de reclamar a ausência de um meia. Alguém já soprou no ouvido dele - com certeza, algum empresário seu amigo - sobre Omar Perez, que não é nenhum menino, argentino de 34 anos, e futebol refinado e é capitão e líder do Santa Fé. Um time de líder como Riquelme. Encaixaria como luva de meia armador no meio-campo celeste pro Brasileirão.


PERFIL DO DESÂNIMO - Falando em desânimo, Pacote (foto) mostra isso na beira gramado. Gordo, despenteado, coçando a barba e a cabeça, não grita e não age. Sua substituições são mal feitas e o time demonstra falta de qualidade tática, excesso de preocupação defensiva, sem ter qualidade pra tanto. Contra o Corinthians usará o mesmo time que foi derrotado pelo São Paulo, apenas se defendendo e que será usado no jogo de volta dia 13, no Mineirão.

NADA DE AÇÃO - Antes de agir com vigor, a diretoria azul tem preferido chorar as perdas que ela mesma provocou: O time perdeu jogadores-chave, como o lateral-esquerdo Egídio, o volante Lucas Silva e, principalmente, os armadores Everton Ribeiro e Ricardo Goulart, todos negociados. Além do atacante Marcelo Moreno, que acabou devolvido ao Grêmio (hoje está no futebol chinês), e do volante reserva Nilton, agora no Internacional. Mais Bruno Rodrigo, um dos destaques, encostado por Pacote, e  o zagueiro Dedé e o armador Júlio Baptista que se recuperam de cirurgias no joelho. Estes dois custam uma fortuna ao clube com um custo-benefício bem baixo.

CONTRATAÇÕES SEM EFEITO - As chamadas contratações pontuais, como a diretoria as justifica, não têm dado certo, exceto Arrascaeta e Damião. A zaga é fraca e foi reforçada por jogadores medíocres. No meio-campo, veio Willians, que se revelou - ou está mal escalado - um brucutu de marca maior. Na lateral esquerda, o tal Mena é ruim e a esperança é Fabrício, emprestado pelo Internacional. Na frente, tem Riascos, que Deus nos livre dele imediatamente. Alísson teve uma queda profunda e não sai do DM. Maike tá gordo, desanimado, sem pique e precisa ser afastado pra recuperar a forma. Ceará ainda existe? O tal Fabiano não joga nada.

GALO SEM EXCESSO - O Atlético sim, me parece que fez contratações pontuais; trouxe Pratto, Rafael Carioca, Danilo e terá apenas 30 atletas no elenco, reforçado pela meninada da base, coisa que Levir Culpi sabe aproveitar muito bem, e Marcelo Pacote Oliveira só sabe queimar e desperdiçar. Alias, a diretoria do Cruzeiro só usa a base pra fazer caixa, lamentavelmente. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.