domingo, 2 de agosto de 2015

CALOU-SE O IMENSO VIOLÃO DE JOÃO ALBERTO

NOVA LIMA, 02 DE AGOSTO DE 2015 - HOSPITAL VILA DA SERRA/QUARTO 603

João Alberto Guzela - o João da Viola - há muito tempo calou as cordas de seu vibrante violão. 

Combatia com todas as forças e entusiasmo a doença maldita que queria lhe tomar a vida. Essa luta durou mais de 6 anos e só nos últimos meses João entregou a ela parte de seu entusiasmo. Não podia mais tocar violão, nem acompanhar seus inúmeros amigos nas impagáveis serestas de Caratinga. Recolheu-se aos braços de sia Roberta, outra heroína, e ficou esperando a chegada da mulher de negro com a foice na mão. Demorou, por que João a combateu como feroz guerreiro.

Estamos de luto infinito, seus amigos de seresta, botequins e bancos do jardim grande, onde ele solou o hino nacional brasileiro com perfeita maestria, só para levantar o meu astral. Um banal acidente em Inhapim quase me levou primeiro para o andar de cima. Mas Deus, justo como é, preferiu levar para junto de si as sonoras cordas do violão de João, do que os livrecos do filho de D. Geralda e Sôdico. 

Que João se torne um anjo de harpa e não nos abandone. Adeus Joãozinho, filho do Seu Jovino e da D. Magaly. Supere a solidão Roberta, você é jovem! E me espere aí João, ainda quero ouvir muitas vezes o seu sonoro violão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.