domingo, 6 de setembro de 2015

CRUZEIRO ESPETACULAR NOS 50 ANOS DO MINEIRÃO: WILLIAM BIGODE (1,2,3,4) e VINICIUS ARAUJO - GOLEADA DE 5 A 1 NO FIGUEIRENSE.

CRUZEIRO ESPETACULAR NOS 50 ANOS DO MINEIRÃO: WILLIAM BIGODE (1,2,3,4) e VINICIUS ARAUJO - GOLEADA DE 5 A 1 NO FIGUEIRENSE.

 

         A estreia de MANO MENEZES mostrou um Cruzeiro perfeito no jogo coletivo e pensando como os dias de bicampeão.Não foi uma raposa, mas um leão ferido...... o jogo coletivo não teve nenhum de jogador fraco em campo de Fabio à William Bigode, este goleador e disparado o dono do jogo.

         MANO valorizou a prata da casa, coisa que o Pacote prometeu e não cumpriu, fingiu e enganou. Mano lançou a velha defesa de sempre   com Fabio, Ceará. Bruno Rodrigo, Manoel, e o menino Pará, depois entrou Fabrício; Willians, Henrique - outras duas feras do jogo - o argentino Ariel Cabral encaixou bem com o time; o prata de casa Allano, que se saiu bem, depois Marquinhos; Vinícius Araújo, outro prata da casa, que sempre apostei como titular, perdeu 3 gols feitos mas fez o seu, foi ótimo, substituído por Marinho e finalmente William BIGODE,  o melhor do jogo;

Eu ficava puto quando o Cruzeiro vendia jogadores jovens como Dudu, Danielzinho Morais, Kieza - atacante de 20 anos que o Cruzeiro trouxe da prata do Flu, não apostou, liberou e hoje ele come a bola no Bahia com o time profissional.

         O Cruzeiro e seus diretores de futebol nunca cuidaram do aproveitamento da base: vendem logo. Lembrei-me de Joãozinho, filho do Bailarino da Toca, o 4º  zagueiro Thiago Santos e Luizão, zagueiro Capitão do Benfica. Todos revelados na Toca.

         Por que os cartolas azuis nunca aproveitaram o Caratinguense Ney Franco? Ele treinou os melhores times do Brasil e foi formado nas divisões de base da Toca. Odiado pelo obscuro Zezé Perrela. Porque?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.