quarta-feira, 30 de setembro de 2015

HEITA FERRO, CAMPEONATO BRASILEIRO É PESADELO; UM LEÃO E UM TIGRE POR SEMANA. NESTE SÁBADO TEM CORITIBA X GALO NO COUTO PEREIRA E DOMINGO , CRUZEIRO E GRÊMIO NO MINEIRÃO

 
Nem sei qual será pior pesadelo: enfrentar o Coritiba do meu amigo Ney Franco, que deu uma arrumada passional e legal no Coxa a ponto de assustar adversário em qualquer lugar, ainda mais no Couto Pereira, onde o Atlético estará neste sábado. O jogo começa às 18,30. O Coxa Branca 36 pontos é 13º colocado, junto do Cruzeiro, e ambos correm contra o rebaixamento. Taí o perigo pro Galo que luta atrás do título, com 53 pontos, sete atrás do Corinthians, líder da competição.  O Atlético torce por um tropeço do Corinthians contra a Ponte Preta, décima colocada com 40 pontos e do Grêmio diante seu arquirrival no Mineirão, visto que os gaúchos estão terceiro lugar - são sério candidatos a brigar por uma vaga da Libertadores - com 51 pontos, dois a menos que o Galo. 
Neste sábado, além de Coritiba x Atlético Galo, jogarão Internacional, sétimo colocado, com 41 pontos ganhos, contra o Esporte do Recife, de Paulo Roberto Falcão, 11º colocado, com 40 pontos;  e São Paulo, quinto colocado, com 43 pontos, contra o Atlético Furacão, nono na classificação e com 38 pontos. Já no Domingo,além de Cruzeiro x Grêmio, jogarão:
Às 11 horas, Avaí x Vasco: Flamengo x Joinville; às 16h  Santos x Fluminense; Goiás x Figueirense e às 18,30, Chapecoense x Palmeiras.
O QUÊ SE APROVEITARÁ DA BRIGA DUNGA X ROMÁRIO
Não creio que sobrará nada de proveitoso! Uma briga pessoal entre o Baixinho Senador e o Técnico da Seleção Brasileira deveria recompor parte do trabalho administrativo do escrete. Contudo, esta na CPI do Senado, cujo presidente é o Romário, não ajudará nada à seleção, por ser uma indisposição pessoal. Trunfos, certamente, colherá Romário, que é político, futuro candidato à Prefeitura do Rio e depois a Governador, manter-se-á na mídia bobona e babona , sem ser engolido pelas Olimpíadas. Não duvidem de Romário e de sua sagacidade. É um malandro carioca típico, de bastante empáfia e um jeito especial de conquistar o interlocutor. Ouvi-lo por 20m é perigoso. Romário vende  freezer pra  esquimós!
Já Dunga é um mameluco, comedor de churrasco, farinha, tomador de chá fervendo ou chimarrão de manhã, de tarde e de noite. Fala grosso, mão no facão que traz na cintura. Numa disputa corpo  a corpo com o Baixinho fico com o Senador.
AO EDUARDO AZEREDO MEU PEDIDO DE PERDÃO
Que na minha história se registre o seguinte: pedi perdão a várias pessoas com quem me desentendi seriamente durante minha corrida profissional. Outras virão e outras descartarei porque não gosto mesmo delas. Eduardo Azeredo está no primeiro grupo. No nosso desentendimento quem pecou fui eu.
 Escrevi outro dia que sou Lulista e via por consequência Dilmista. Porém ignoro o PT.
Não gosto do PSDB e da maioria de seus apaniguados, como Aécio Neves e outros. Mas livro a cara de outros políticos, como Eduardo Azevedo. Fiz amizade com ele ainda na sua época de Prefeito de BH.  Certo dia, chamou-me e ao Flavio Carvalho que comandávamos o Minas Esporte na Band-MG, bombando em Minas Gerais, em todas cidades do interior.
Queria falar de sua candidatura ao governo de Minas. Com um jeito de um padre interiorano, pediu nosso  apoio, sem oferecer nada. Prometemos ajudá-lo, mas a coisa mudou quando Hélio Costa, meu ex-colega na Rádio Guarani, entrou na corrida e nos chamou pra conversar. Mudamos de lado e levamos ferro. Eduardo deu um passeio no soberbo e cretino, mascarado e egoísta Hélio. Tornou-se governador, porém - com todo direito - magoado comigo e com meu xará. nos ferrou e o Minas Esporte. Tivemos atritos feios, falta de apoio publicitário, enquanto botava verba em todos os veículos e programa, menos no Minas Esportes. O tempo, contudo, apagou tudo. Encontramos, após a saída dele do Palácio, e conversamos gentilmente.
O PAIZÃO RENATO, GRANDE FIGURA
Álvaro Azeredo, irmão de Eduardo, era seu secretário particular; tive contato com ele no Palácio da Liberdade aonde fui convocado por ele, a pedido de Eduardo; precisávamos de paz. Não consegui falar com Eduardo, porque outros compromissos lhe ocuparam a agenda.No entanto,  é  preciso agora que Eduardo saiba: tive boa amizade com o pai dele. Foi Renato Azeredo quem me credenciou a fundar uma célula do MDB em Caratinga. Convoquei jovens amigos de meu sobrinho Paulo Vicente - Potok - e fundamos o partido em Caratinga. Me  lancei candidato  a deputado estadual, em dobradinha com Tarcisio Delegado, ex-prefeito de Juiz de Fora. Ele foi à minha terra confirmar seu apoio.
Porém, a minha candidatura deu água.  Minha Mamãe, dona Geralda, a mão política da família Anselmo, falou com Tarcisio: "Deputado, estou feliz do senhor iniciar meu filho na política, mas vou lhe dizer algo. Eu voto no Dênio Moreira, porque somos da Arena e não vou trair meu partido." Na volta pra BH Tarcisio me disse: "Flávio é melhor esquecer sua candidatura, sem o cabo eleitoral que é sua mãe". Eu me esqueci pra sempre da política.Mas nunca me esqueci de Renato Azeredo e senti muito a morte dele.
Agora peço perdão ao Eduardo e digo-lhe de coração que estou do lado dele,desde que não seja no PSDB, Não suportaria conviver com Aécio e seus asseclas paulistas.
 
TORTURA DE AMOR, WALDICK SORIANO EXPLODIU NESSA CANÇÃO.
Cantei essa canção em dupla com Waldick Soriano, no hall do Hotel Presidente, onde chagávamos com a delegação do Atlético, chefiada por Elias Kalil, para um jogo no dia seguinte contra o Grêmio. Waldick se emocionou, por que sua música famosa não é esta, é "Eu não sou cachorro não." Foi uma noitada e tanto, José Lino Souza Barros, o homem do Rádio Vivo, da Itatiaia, o maior comunicador do Brasil, estava  comigo. Amo Tortura de Amor, você conhece  a letra dela? Tome ela:
"Hoje que a noite está calma.
E que minh'alma esperava por ti
Apareceste afinal, torturando este ser que te adora.
Volta, fica comigo só mais uma noite.
Quero estar junto a ti
Volta meu amor, fica comigo, não me desprezes,
a noite é nossa e o meu amor pertence a ti.
Hoje eu quero paz, quero ternura em nossa vida
Quero viver eternamente pensando em Ti.
 
*Pode chorar caríssimo Leitor. Eu choro rios de lágrimas quando ouço Tortura de Amor com Nelson Gonçalves.
 
FALANDO SÉRIO
 
Vou falar sério com o Governador de Minas a quem confiei meu voto e por quem trabalhei muito nas últimas eleições. Não dei as caras em seus comícios, comitês e nem fiquei andando atrás dele, puxando-lhe o saco atrás de emprego. Sou aposentado e apesar do Hospital Villa da Serra estar chupando minhas economias e a coisa vai piorar quando eu sair daqui, quero dizer o seguinte ao Palaciano: "Olha aqui, Pimentel. Será que terei de te dizer que joguei meu voto no lixo ao trabalhar muito na Internet, pra dobrar amigos e parentes a fim de assumir sua candidatura ao Palácio da Liberdade?
Mais: fazer mini-comícios nas barbearias de Caratinga aonde vou mês a mês? Dobrar meu genro e seus parentes? Arrumar votos para você  tocas onde ninguém  pensava nem em votar. Agora você se revela um Governador de Araque, omisso e escondido, fazedor de impostos e aumentador dos existentes. Não pense em reeleição junto comigo porque não estarei se a coisa continuar assim. Estarei do outro lado. Vamos qualificar o deputado federal, um dos mais votados nas últimas eleições, Marcelinho Aro pra Governador em vez da reeleição de Fernando Pimentel. Tenho dito.
 
 

Um comentário:

  1. Coxa tem 33 pontos. e o cruzeiro tem 36.Fabio renovou e Alison muchucou de novo.

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.