sábado, 5 de setembro de 2015

NOVA LIMA, QUARTO 607 DO HOSPITAL VILA DA SERRA, 5 DE SETEMBRO DE 2015 KALIL SAPECA SOPRADORES DE ALOPRAD0RES DE APITO

NOVA LIMA, QUARTO 607 DO HOSPITAL VILA DA SERRA, 5 DE SETEMBRO DE 2015

KALIL  SAPECA SOPRADORES DE  ALOPRAD0RES  DE APITO

O URSO SAIU DA TOCA LASCANDO MARIMBONDO

Kalil está salvando o Atlético. Se Kalil não botar a boca no mundo, xingando esses safados e sem vergonhas, ladrões juízes, o Atlético está lascado. Vai perder o campeonato que chegou a ter 7 pontos de liderança. Eu estou plenamente de acordo com o Urso bravo. Nós estávamos brigados depois do jogo Atlético e Cruzeiro, decidindo a Copa Brasil, mas fizemos as pazes e estamos bem agora, por isso estamos lado a lado contra esta turma de vagabundo.

CASTELLAR NETO - LEIA COM ATENÇÃO

O futebol brasileiro precisa de uma reviravolta, e Castellar poderia começar com estas ideias que vou passar para ele. O jovem presidente Castellar Neto, 29 anos, homem sério, inteligente, presidente da Federação Mineira de Futebol, que com certeza, muito em breve, será o presidente da CBF, e quem sabe até da FIFA.

Por exemplo: por que se bate lateral com as mãos? Mais uma atitude mais imbecil do mundo: quando o cara bate com as mãos 1 metro à frente do juiz, reverte a saída de bola, aí é preferível o cara bater com os pés para onde quiser e ter 11 metros do adversário e ter a força para virar o jogo.

 

ATLÉTICO VENCE PORQUE É O VASCO

O Atlético fez dois a zero no primeiro tempo, em pleno Maracanã, porque o time do Vasco da Gama é uma merda!

O Galo deu muitos espaços que os cariocas não tiveram competência para aproveitar. O time de Levir errou passes, criou pouco, mas nas duas únicas vezes que chegou ao gol adversário, os argentinos Lucas Pratto e Jesus Datolo deixaram suas marcas.

O primeiro gol surgiu graças à boa jogada do lateral direito Patric que tabelou com Pratto e foi derrubado na área. O centroavante não desperdiçou a cobrança e marcou seu décimo gol no Brasileirão. No segundo gol, enquanto o Vasco reclamava de uma falta inexistente no campo ofensivo, o Atlético contratacou em velocidade até a bola chegar em Dátolo. O argentino com categoria acertou o ângulo do goleiro Jordy e aumentou a fúria vascaína. Afinal, foi sétima derrota dos cariocas nos últimos oito jogos.

O Vasco só foi marcar seu golzinho no segundo tempo, depois de um penalte imbecil cometido por Dátolo. Foi a confirmação da péssima partida atleticana, apesar da vitória por 2 a 1. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.