domingo, 4 de outubro de 2015

GALO INFLEXÍVEL E EM TARDE INSPIRADA GOLEIA CORITIBA NO COUTO PEREIRA - 3 A 0.

NOVA LIMA - HOSPITAL VILA DA SERRA - APTº 607 - ALGUNS DIAS TALVEZ DE RECEBER ALTA DESTA PRISÃO AONDE  TIVE A CONDENAÇÃO DIVINA DE CUMPRIR PENA DE 4 (QUATRO MESES E ALGUNS DIAS) ENTRE O QUARTO E O LEITO DA UTI-  Durante o jogo Atlético e Coritiba eu não tremi, conforme era a expectativa - e creio que nenhum alvinegro teve que invocar os deuses do futebol para o Galo jogar acima da média contra o Coritiba, no Estádio Couto Pereira.)
O Atlético de Levir Culpi estava enfoguetado neste sábado: coletivamente funcionou e individualmente foi soberbo, tendo como exemplo o argentino Lucas Pratto que fez de tudo: saiu para os lados, fez assistência em todos os gols, sofreu pênalti e o cobrou com perfeição, marcando 3 a 0 pró Galo aos 32m do segundo tempo. Nunca vi Pratto atuar com tamanha perfeição.
 
SUSTO NO INÍCIO
 
O Atlético começou o jogo levando susto: Henrique Almeida venceu a moleza de Léo Silva na corrida e depois Jemerson,  apareceu na cara de Victor, porém chutou em cima do goleiro atleticano. O Galo deu o troco num contra-ataque bem armado e Lucas Pratto colocou Geovani Augusto na cara do gol, mas ele chutou por cima. Eram passados 18m e a partida começava quente. Aos 25`m Lucas Pratto apareceu na frente do goleiro Wilson, mas o goleiro do Coritiba fez boa defesa. Aos 30m, foi a vez de novo de Henrique Almeida surgir na frente de Victor, mas o São Victor salvou de novo. Finalmente, aos 42m, um cruzamento de Pratto da direita e Thiago Ribeiro entrou como uma flecha pela meia esquerda e acertou um petardo sem defesa pro Wilson. GALO 1 A 0. Logo depois, fim do primeiro tempo.
 
SEGUNDO TEMPO, GALO IMPLACÁVEL
 
O Atlético veio descansado e logo aos l5m Carlos que entrara no lugar de Luan, lesionado, e após receber de Lucas Pratto, na cara da meta curitibana, chutou pra fora. Gol feito perdido. Contudo, aos 21m, Pratto repetiu a jogada espetacular e achou Geovani Augusto, que com clama e experiência marcou ATLETICO 2 a 0. O camisa nove do Galo voltou no intervalo encapetado, deslocando muito e dando boas assistências.  Aos  32m, foi Pratto deslocando pela esquerda quem recebeu ótimo passe de Geovani Augusto, driblou o zagueiro e apareceu na cara do goleiro Wilson. Driblou-o e quando ia chutar sofreu o Pênalti. O próprio Lucas Pratto cobrou, com força e bem colocado, marcando GALO 3 a O, placar final.  Depois foi só tocar a bola e dar espetáculo. Que atuação do Atlético!
 
DIVÓRCIO DO LEVIR
 
O técnico do Atlético,Levir Culpi, em sua entrevista hilária no pré-jogo do Sportv anunciou que o torcedor que aparecesse num dos seus restaurantes em Curitiba não pagaria ingresso. Cerca de 5mil fanáticos atleticanos estavam na bela Capital do Paraná, trajando o manto sagrado. Levi Culpi tremeu, mas não fugiu da raia. No final do jogo, com a massa fazendo festa na arquibancada, o técnico do Galo, cabisbaixo, voltou a brincar:                                      '" Agora vou aguardar o pedido de divórcio de minha mulher."
 
 
 
EU ACREDITO - GALO CAMPEÃO BRASILEIRO DE 2015
 
Partida muito disputada com os goleiros sendo bem exigidos. Um juiz horrível Paulo Baskals, que marcou pênalti inexistente contra o Coritiba - gol de Lucas Pratto - além de avacalhar o jogo com a inversão de faltas. O Atlético, desta forma, com a formação tática criada por Levir Culpi pra este jogo, e se houver tropeço do Corinthians, como terão o confronto direto, o Galo ganha o caneco de 2015. Tenho afirmado aqui neste sagrado espaço: EU ACREDITO; O GALO SERÁ CAMPEÃO BRASILEIRO DE 2015.
 
TWITTER DE KALIL
 
Como sempre inumano e gozador, o Diretor Executivo da Liga Sul Minas Rio, Alexandre Kalil, em profundo desrespeito a um seus associados mais simpáticos, o Coritiba, apelidado de Coxa Branca,  colocou no seu twitter depois do jogo: "Pratto do dia, Coxinha'''. Kkkkkkk
 
 
 
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.