domingo, 15 de novembro de 2015

AMÉRICA PERDE DO PARANÁ E ADIA VOLTA À ELITE BRASILEIRA





A chegada do América, antecipadamente, à elite ficou para o próximo fim de semana. O Coelho esteve  irreconhecível contra o Paraná neste sábado, em Curitiba e foi derrotado por 1 a 0, gol de Lúcio Flávio aos 11m do primeiro tempo. O jogo foi na Vila Capanema, pela 36ª rodada da Série B.
Com o revés no Sul do país, o América fica numa situação bastante complicada em relação ao título – o líder Botafogo soma 68 pontos –, mas continua firme na briga pelo acesso. Nos dois últimos confrontos, o vice-líder da Série B, com 63 pontos, precisa somar apenas mais um para não correr risco de ser ultrapassado pelo Bragantino, quinto colocado com 57.
No próximo sábado às cinco e meia, o América enfrenta  o Ceará, no Independência. O rival nordestino tem jogado bem, tentando a recuperação que o tire da zona do rebaixamento; é o 17º, com 41 pontos.

GIVANILDO PEDE CALMA


O técnico Givanildo Oliveira (foto) reconheceu a atuação ruim do América na derrota para o Paraná, por 1 a 0, que adiou o sonho do acesso à elite nacional para a próxima rodada. De acordo com o comandante, o time pouco fez durante os 90 minutos para, no mínimo, merecer o empate, resultado que lhe asseguraria a subida à Série A.
“É, deixou a desejar. Jogávamos por um empate. Sabíamos da situação de que precisávamos. Mas, ao mesmo tempo, sabíamos que enfrentaríamos um time com uma determinação muito grande, até mesmo pela situação em que se encontrava. Daí, tivemos muitas dificuldades, sobretudo no primeiro tempo, em que jogamos mal. Numa bobeira, tomamos o gol. Depois, não tivemos força para chegar ao gol do adversário. Foi apenas uma chance clara do Toscano. Apenas isso”, afirmou.

CRUZEIRO LIQUIDA SPORT NO SEGUNDO TEMPO







O técnico Mano Meneses completou 10 jogos sem derrota fez o Cruzeiro chegar aos 51 pontos e passou a brigar diretamente por uma vaga no G-4 e disputar a Libertadores ano que vem. O torcedor cruzeirense  tem recebido motivos para acreditar que ainda é possível ver a equipe na próxima edição da Copa Libertadores. Em confronto com o Sport, que também briga para chegar à competição internacional, o time celeste goleou por 3 a 0, no Mineirão, e ficou a três pontos do G-4.
Depois de um primeiro tempo com dificuldades para criar oportunidades de gol, o Cruzeiro construiu uma goleada rapidamente na etapa final. Entre os 13 e os 21 minutos, a Raposa marcou três vezes. Willians, em cobrança de pênalti, Durval (contra) e Marcos Vinícius foram os responsáveis por balançar as redes.
Com o triunfo e a 11ª partida consecutiva sem derrotas, o Cruzeiro chegou à oitava colocação do 
Campeonato Brasileiro, superando Palmeiras e Ponte Preta. Agora, a torcida celeste “seca” os concorrentes no complemento da 35ª rodada, com jogos na quarta e na quinta-feira, para que a distância para o G-4 não retorne a seis pontos.

BOTAFOGO É GOLEADO PELO SANTA



A expectativa era de festa, com possibilidade de título nesta 36.ª rodada e casa quase cheia no Engenhão. Mas a derrota sofrida pelo Botafogo pro Santa Cruz por 3 a 0, (foto) neste sábado, no Rio, não só frustrou a torcida e adiou a conquista da Série B do Campeonato Brasileiro, como também pode fazer com que a taça não vá para a galeria de troféus de General Severiano.
O time ainda é o líder da competição, com 68 pontos, mas é seguido pelo América, adversário na última rodada. A torcida não aceitou a derrota e protestou contra a equipe pedindo jogadores para 2016. Algoz da tarde, o Santa Cruz se consolidou na quarta posição, com 61 pontos, e está bem próximo de garantir o acesso à elite do futebol nacional.

RODADA DAS SURPRESAS

Não foram apenas as derrotas do Botafogo, do América, que marcaram as zebras da rodada. O Bahia amargará mais uma temporada no Campeonato Brasileiro da Série B. Pressionado e já em situação delicada pelo acesso, o time perdeu, pro já rebaixado Boa Esporte por 3 a 0, no estádio Dilzon Melo, em Varginha, pela 36.ª rodada.
O resultado negativo deixou o Bahia na nona posição, com 55 pontos. Faltando duas partidas para o término do campeonato - seis pontos em disputa - os baianos só podem chegar a 61, pontuação atual do quarto colocado Santa Cruz, que soma 18 vitórias contra 14 do clube de Salvador.
Enquanto isso, a vitória não altera em nada a situação do Boa, que já entrou em campo rebaixado pra  Série C. Com o resultado o mineiro permanece na 19.ª e penúltima posição, agora com 27 pontos. Este foi o primeiro triunfo do clube de Varginha no segundo turno da Série
B.

JEMERSON NA SELEÇÃO EM SALVADOR



Jemerson(foto) estava em casa ao receber a notícia de que fora convocado por Dunga pra substituir David Luiz no elenco da Seleção Brasileira, que enfrenta o Peru nesta terça-feira, às 10 da noite, na Arena Fonte Nova. Melhor quarto zagueiro do futebol brasileiro, aos 23 anos, Jemerson joga mais que David Luiz e tem temperamento melhor, menos esquentado e joga limpo, sem distribuir pontapés a torto e a direito, como faz o zagueiro do PSG. A fase de David Luis e Thiago Silva acabou na Seleção. Com a chegada de Jemerson agora será de Miranda e o atleticano. Não acredito, entretanto, que Dunga tenha peito de lançar Jemerson nesta partida contra o Peru.

SANCHEZ NÃO VIRÁ PRA MINAS

Nem pro Atlético, nem pro Cruzeiro para os quais Carlos Sánchez (foto)  foi apontado como o reforço mais desejado para a próxima temporada. No entanto, o meia não defenderá nenhum dos clubes mineiros em 2016. Neste sábado, o clube mexicano Monterrey anunciou a contratação do jogador uruguaio.
Sánchez ainda defenderá o River Plate  disputa do Mundial Interclubes. Ele passará a jogar com a camisa do Monterrey a partir do Torneio Apertura do México de 2016. 
O meia uruguaio, que completará 31 anos em dezembro, receberá U$ 850 mil (aproximadamente R$ 3,22 milhões) anuais, segundo a imprensa mexicana.

DIARRA, CRAQUE FRANCÊS,PERDE PRIMA NOS ATENTADOS A PARIS


O volante Lass Diarra confirmou via redes sociais que sua prima, Asta Diakite, tá entre as vítimas dos atentados em Paris na última sexta-feira. O jogador do Olympique de Marselha defendeu a seleção francesa no amistoso contra a Alemanha, no Stade de France, que foi alvo dos ataques.
Diarra afirmou que considerava sua prima como uma grande irmã e postou a mensagem acompanhada da hashtag "rezepelapaz":

Na sequência dos atentados dramáticos que aconteceram em Paris, é com o coração pesado que me levanto hoje. Como talvez vocês já saibam, eu fui afetado pessoalmente por esses ataques. Minha prima, Asta Diakite, é uma das vítimas dos ataques que aconteceram ontem, assim como cerca de outros 100 franceses inocentes. Ela foi um guia, um apoio e uma irmã mais velha para mim",  afirmou Diarra e continuou

"Neste clima de terror é importante para todos nós, enquanto representantes do nosso país e da sua diversidade, falar e permanecer unidos diante de um terror que não tem cor nem religião. Defendamos juntos o amor, o respeito e a paz. Obrigado pelo  apoio e mensagens”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.