segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

EM DISCUSSÃO: AGUIRRE DARÁ CERTO NO GALO? E QUAL NOME SERIA BOM PRA COMANDAR O TIME DO CRUZEIRO, DEIVID OU SEDORRF?




  • Na Trincheira de domingo, publiquei mensagens que me chegaram via www.Flávio Anselmo.com.br, meu Blog. Censurei as que tinha palavrões e mantive as críticas sadias. Hoje publico as mensagens, algumas delas, que me chegaram pelo e.mail. Escolhi poucas, caso contrário não teria espaço. Faltou mensagem de atleticano, não sei porquê? Vida que segue. Leiam e façam suas críticas



João Batista C. Filho - Belo Horizonte





Aposto mais no Deivid no Cruzeiro, do que no gringo no galo... vou pagar pra ver.


Quem é esse sujeito, Seedorf,  para se credenciar a comandar o Cruzeiro? Tem formação de que? Prefiro o Deivid pois se errar não gastamos nada e podemos partir para comprar coisa melhor no futuro após o mineiro, fica DEIVID.










JOEL MOREIRA - CARATINGA-  Muito bom ter você de volta à vida, ó cara!
 Com um abração do velho admirador, viu Fanselmo Fanselmo?




 
Foi tudo muito bom o fato do Cruzeiro não cair mais precisa urgentemente de reforços e um técnico que conheça a grandeza do clube, abraços!






Wilson José - Belo Horizonte





Estamos mal de dirigente. Givanildo é melhor que os dois. Não tem grife.





 GALO DISPENSA AOS MONTES

A lista da barca de despedidas do Atlético, é enorme, vai embora cheia. Nesta segunda feira, a diretoria comunicou a liberação do quinto jogador do elenco depois do término da temporada:o volante Danilo Pires, de 23 anos. Ele chegou ao clube mineiro no início do ano, mas foi pouco utilizado. Boa economia. Danilo Pires se destacou em 2014, quando defendia o Santa Cruz. Na Série B do ano passado, ele marcou 7 gols em 29 jogos. No Atlético, não conseguiu alavancar a carreira. Então que vá embora, de volta pra onde brilha.
Além dele, outros quatro jogadores não ficarão no Galo em 2016: Pedro Botelho, Emerson Conceição, Cárdenas e Josué.
Pedro Botelho e Emerson Conceição já tinham sido comunicados pela diretoria que não seriam aproveitados. Eles tiveram folga logo depois do treino do último sábado. Os laterais discutirão com a diretoria a rescisão contratual. Já Cárdenas tem os direitos fixados em US$ 3,7 milhões. O Atlético informou que não comprará o direitos do jogador. Ele chegou ao Galo em fevereiro deste ano, emprestado pelo Atlético Nacional de Medellín. Pelo empréstimo, o Galo arcou com US$ 500 mil.

TRINCHEIRA - Eu sempre afirmei que jogador lá do alto dos Andes não joga cá embaixo, no nível do mar. Cárdenas foi um desses que decepcionou quem acredita nele. Eu era um desses bobões.

Por fim, quem também não seguirá na Cidade do Galo é o volante Josué. Ele não terá o contrato renovado. No alvinegro mineiro, o experiente volante, de 35 anos, conquistou os títulos da Copa Libertadores (2013), Recopa Sul-Americana (2014), Copa do Brasil (2014) e os Estaduais de 2013 e 2015.


 CRUZEIRO NÃO PARA DE SONHAR COM SEEDORF





De volta ao Brasil depois de viagem para a Europa, o diretor de futebol do Cruzeiro, Thiago Scuro (foto) não descartou contratar Clarence Seedorf como novo treinador do time celeste. 

“É uma das alternativas que o Cruzeiro tem. A gente ouviu alguns profissionais, como havia dito. Vamos focar agora nessa última partida”, Scuro esteve na Itália para conversar com Seedorf. Segundo a imprensa italiana, o holandês tem ofertas para dirigir Queen Park Rangers e Newcastle da Inglaterra na próxima temporada europeia, além de ter sido sondado para comandar a Seleção Holandesa.
Uma das alternativas mais fortes no Cruzeiro, ainda, é o auxiliar Deivid assumir o time em 2016. O ex-atacante, que chegou ao clube com Vanderlei Luxemburgo, goza de prestígio com a diretoria e os jogadores; pode ganhar uma oportunidade se as conversas com Seedorf não avançarem.

A grande dificuldade de acerto com Seedorf se deve ao seu alto salário, e a um contrato que ele ainda tem em vigor com o Milan até junho de 2016. Nos seis primeiros meses do próximo ano, o holandês tem R$ 10 milhões a receber. Se fechar com algum neste momento, o holandês automaticamente rompe o acordo e deixa de embolsar a quantia.

O Milan, por sinal, foi o único clube que Seedorf dirigiu em sua curta carreira de treinador. Entre janeiro de junho de 2014, ele comandou o clube italiano em 22 jogos e obteve 11 vitórias, dois empates e nove derrotas. O aproveitamento foi de 53%.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.