quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

EX-PRESIDENTE DA CBF VOLTA PRA CADEIA NOS EUA POR NÃO PAGAR 1ª PARCELA DA FIANÇA


O ex-presidente da CBF José Maria Marins (foto) não conseguiu levantar $ 1 milhão de dólares pra pagamento da primeira parcela de sua fiança, a fim de ficar em prisão domiciliar e pode ser obrigado a retornar à cadeia. a uma prisão. Numa carta aos juízes americanos, os advogados do ex-cartola indicaram que estão com "dificuldades" para reunir o volume de dinheiro solicitado pela Justiça. Mas pedem que os juízes aceitem um adiamento do depósito.
Marins foi preso no dia 27 de maio, em Zurique, e indiciado por corrupção. Ele acabou aceitando sua extradição aos Estados Unidos no início de novembro e indicou que estaria disposto a pagar uma fiança de US$ 15 milhões para aguardar por seu julgamento no seu chique apartamento na Trump Tower, em Nova York.

CLIMA CONTURBADO NA TOCA


                                Adeus pra Julio Baptista, Leandro Damião, Ceará e                                                               Charles.

Num clima conturbado com as anunciadas dispensas de Charles, Leandro Damião, Ceará e Júlio Baptista, além da possível saída de Mano Menezes pro futebol chinês o Cruzeiro, invicto há 12 jogos, fecha a temporada contra o Internacional em Porto Alegre neste domingo. O lateral Ceará foi prejudicado pelos problemas físicos ao longo de sua passagem pelo Cruzeiro. 
Em 2015, Ceará participou de 24 dos 64 jogos disputados pelo Cruzeiro. Grande parte das ausências no início deste ano foram consequências de sacrifícios na temporada passada. Na final da Copa do Brasil de 2014, contra o arquirrival Atlético, o Cruzeiro encontrava obstáculos para definir quem ocuparia a lateral direita. Mayke se recuperava de um edema na coxa direita, enquanto Ceará se queixava de problemas musculares. Embora não estivesse em condições ideais, o Ceará foi titular.
Aos 35 anos, o lateral-direito encerrou sua passagem pelo Cruzeiro como titular. Ele esteve em 15 das últimas 18 partidas disputadas pelo Cruzeiro
.

 MANO MENEZES recebeu sondagem do futebol chinês. A consulta ainda não se transformou em proposta oficial, mas o Cruzeiro não quer que essa história vire uma novela.De folga, Mano Menezes está em São Paulo nesta segunda-feira. A expectativa é que ele se encontre com seu empresário Carlos Leite e retorne para BH nesta terça com mais informações sobre a sondagem e uma posição mais clara. A multa rescisória de Mano Menezes é de R$ 7 milhões, valor que o Cruzeiro receberá se o treinador deixar a Toca.

OUTROS TREINADORES


Muricy Ramalho tá próximo de fechar com o Flamengo. Cuca interessa ao Atlético, mas está cotado para fechar com o Palmeiras, caso Marcelo Oliveira deixe o clube. A grande proximidade de Eduardo Uram, empresário de Cuca, com Alexandre Mattos, poderia facilitar o negócio. Mas o Galo pensa, também, em Cuca (foto)

Diante de um mercado escasso, o Cruzeiro cogita efetivar o auxiliar Deivid ao posto de treinador. Ele foi contratado em definitivo para a comissão técnica permanente do clube em setembro e conta com grande prestígio da cúpula celeste. Um dos motivos do apreço da direção por Deivid é a montagem da atual formação da equipe, que ganhou entrosamento nas mãos de Mano Menezes.

A primeira vez que Ariel Cabral atuou entre os titulares foi na partida contra a Ponte Preta, em que Deivid foi o técnico. Ele também mudou o posicionamento dos volantes Henrique e Willians e colocou o atacante Willian mais próximo ao gol adversário, medidas que foram mantidas e aprimoradas por Mano Menezes.


TRINCHEIRA - Não confio que a preferência por  Deivid tenha sucesso; gostaria de ver Ney Franco, meu conterrâneo e amigo, comandando o time profissional do Cruzeiro pela primeira vez. Ney começou das divisões de base da Toca e depois foi para o Ipatinga, quando foi campeão mineiro numa decisão contra o Cruzeiro e na qual venceu os azulões por 2 a 1 em pleno Mineirão. . 

SAMPAOLI NEGA ACERTO COM FLAMENGO

O argentino Jorge Sampaoli (foto) negou qualquer tipo de acerto com a possível nova gestão do Flamengo para 2016. Concorrendo na eleição presidencial do clube, Wallim Vasconcellos disse que o atual técnico da Seleção Chilena iria trabalhar no Flamengo caso o candidato vencesse a disputa eleitoral.
Em entrevista à Rádio Tele13, do Chile, Sampaoli disparou: “Que tenha um acordo é impossível”.
E não é que o treinador  também teve seu nome citado como um dos possíveis técnicos do Atlético em 2016, mas ele pretende dar prioridade ao Chile no próximo ano. Caso sua permanência não aconteça, Jorge Sampaoli deverá estudar propostas de grandes clubes europeus, e aproveitar suas últimas boas campanhas realizadas à frente da Seleção.

Um comentário:

  1. Esquece esse Ney e ruim demais,manda ele para seu time o gaylo.

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.