sábado, 12 de dezembro de 2015

PRESO EM ZURIQUE, PRESIDENTE DA CONMEBOL RENUNCIA E PROVOCA NOVAS ELEIÇÕES PRA 26 DE JANEIRO 2016



O futebol sul-americano, vejam só, era conduzido de  uma cela de prisão, em Zurich. Graças ao FBI este comando corrupto do paraguaio Juan Ángel Napout  (foto) vai mudar de mãos em eleição fajuta dia 26 de janeiro. Isso não nos inspira confiança, visto que os candidatos, ainda, enrustidos, são da mesma laia de Juan Angel que renunciou ao cargo via E-mail.
O Comitê Executivo da entidade não quis perder tempo e, em reunião, definiu novas eleições para o dia 26 de janeiro de 2016.
Enquanto isso, o mandatário interino será o uruguaio Wilmar Valdez. O presidente e os vice-presidentes eleitos no próximo pleito ficarão no cargo até a finalização do mandato atual, em 2019. Preso em Zurique, no dia 2 de dezembro, Napout já aceitou ser extraditado pra responder ao processo nos Estados Unidos, país cujo Departamento de Justiça
 conduz as investigações.

JUSTIÇA DE MINAS RECEBE DENÚNCIA CONTRA KALIL


                                          Alexandre Kalil sempre tranquilo - Foto de Rodrigo
                                          Clemente - EM/ DA Press

O ex-presidente do Atlético, Alexandre Kalil, recebeu sorrindo o recado de que a 35ª Vara Federal de Minas Gerais recebeu parcialmente a denúncia do Ministério Público Federal contra ele. A denúncia se baseia nas ofensas proferidas contra o juiz federal titular da 26ª Vara, André Gonçalves de Oliveira Salce, no final de 2014.
Kalil foi denunciado pela prática dos crimes previstos nos artigos 138 (calúnia) e 140 (injúria), ambos do Código Penal. O dirigente criticou bloqueios de receitas do clube.
Segundo a denúncia, Kalil afirmou sobre Salce: “é ele o mesmo juiz federal que, descumprindo o acordo já aprovado pelas autoridades competentes, talvez até por razões clubísticas e oportunistas, não promoveu a suspensão imediata das execuções.”

TRINCHEIRA - Apesar da distância da implacável mídia esportiva diária, o ex-presidente atleticano não se afasta das ocorrências; vai enfrentar com o topete no alto esta pendenga jurídica. Mas, por favor, feche a boca, Kalil!

SURPRESA CRUZEIRENSE

Diretor executivo da Primeira Liga, Alexandre Kalil recebeu com surpresa a decisão do presidente do Cruzeiro, Gilvan Tavares,  de abandonar a Liga Sul Minas Rio, grupo que reúne clubes de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.
Kalil lembrou ainda que foi Gilvan de Pinho quem intercedeu pra a permanência dele na Liga, quando o ex-presidente do Atlético cogitou deixar o cargo de CEO (Chief Executive Officer).
Fiquei surpreso, triste, porque eu quis sair da Liga, quando fui caluniado lá na CBF, por causa do meu filho, e quem me pediu para continuar foi justamente ele, em uma reunião no Cruzeiro”, disse.
Gilvan de Pinho Tavares era presidente da Liga. A nomeação do mandatário do Atlético-PR, Mario Cesar Petraglia, pra o comando da organização não foi bem digerida pelo presidente do Cruzeiro na última reunião.
Alexandre Kalil ainda não sabe qual será o impacto da decisão do Cruzeiro: “Eu não ia fazer falta. O Cruzeiro faz falta. Se vai prejudicar o andamento da Liga, eu ainda não sei. Tenho de ter uma reunião com os clubes.”

TRINCHEIRA - Tomara que esta Liga exploda mesmo e agora. Com estas diferenças e brigas entre os integrantes tende a não durar porcaria nenhuma.

FENÔMENO QUER A CBF PRA ELE
MAS QUE SÃO FRANCISCO NOS AJUDE QUE ELE 
NÃO CONSIGA TAL FEITO.


O Santinho aí do lado, é uma imagem que a autora da obra, artista plástica, Rosane Silva, me presentou pra ilustrar a última capa do meu próximo livro "A Ordem".


Cracaço nos gramados do mundo, campeão mundial em 2002 com a Seleção Brasileira, eleito o melhor jogador do mundo, Ronaldo Fenômeno com o dinheiro que ganhou na Europa e no Corinthians fez sucesso, também, após abandonar a bola como empresário de marketing de vários atletas.

Perdeu parte do prestígio que ganhou ao assumir dupla personalidade antes e durante a Copa do Mundo no Brasil. Primeiro esteve ao lado do Governo Lula ao ajudá-lo em trazer a Copa para o Brasil. Na fase dos preparativos, rodou os vários estádios, palpitou e acreditou. Porém, pulou de Lula pra Aécio Neves durante a campanha deste no embate contra Dilma. Na derrota de Aécio, ficou que nem rola nágua, com pouco espaço na mídia.
Bom, isso até o início da semana, quando chamou a imprensa paulista, que, ainda, o ama como artilheiro do Curinga e anunciou que pretende ser candidato à Presidência da CBF. Ronaldo não é bobo: sabe que a entidade é um antro de corrupção, sob a mira da Polícia Federal e até do FBI, tanto que Del Nero, que renunciou, não pode sair do País sob pena de ser preso pela polícia dos Estados Unidos.

TRINCHEIRA - Penso que Ronaldo, rico e bom vivant,  esteja de olho no salário de R$ 200 mil do presidente, o mesmo que recebia Del Nero e o dobro do que é pago ao Ricardo Teixeira, asilado em Miami Beach, na Flórida.


TRINCHEIRA: por que não tem CPI contra oposição? Alguém no Congresso devia pedir que se reviva a CPI que quase aconteceu no Governo FHC, contra o Próprio presidente. Também deviam ser incluídos nessa CPI  os senadores  Aécio Neves, ZZ Perrela, Álvaro Dias e outros nomes coroados do PSDB. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.