sexta-feira, 4 de março de 2016

AGUIRRE TIRA CAZARES E ESTREIA CLAYTON CONTRA TOMBENSE NESTE DOMINGO NO HORTO


Pra aqueles torcedores que ficaram fãs de Cazares vou dar uma notícia ruim. Na sua cisma de botar em cada jogo um time diferente no Campeonato Mineiro, o teimoso uruguaio Diego Aguirre resolveu estrear Clayton, neste domingo no Independência - está é uma boa notícia - desde que ele seja inscrito a tempo e tenha seu nome publicado no BID da CBF.A notícia ruim é que ele estreará no lugar de Cazares.
 Aguirre treinou o seguinte time no último coletivo da semana:Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Erazo e Douglas Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca, Luan, Clayton, Robinho e Lucas Pratto.
Clayton ficou com a vaga de Juan Cazares,apesar de o equatoriano ter feito bons jogos neste início de temporada, tudo porque o Estadual é a única oportunidade do atacante recém-contratado ser observado, pois ele não está inscrito na Copa Libertadores.

CRUZEIRO DESMENTE CONSULTA  A EDUARDO BAPTISTA

Nesta quinta-feira, o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, voltou a analisar a situação de Deivid na Toca da Raposa II, repetiu que o treinador depende de resultados. Para tanto, cobrou de Deivid mais agilidade na definição do time ideal no campeonato estadual.
Gilvan afirmou, ainda "Já disse para o comando do futebol, a diretoria de futebol e a comissão técnica, que nunca estamos fechados para melhorar o time. Se tiver faltando mais uma peça, que façam análise criteriosa para não contratarmos mais um, aumentar o número de jogadores, sem resolver as questões do time. Acho que está na hora de o treinador conseguir posições ideais para os atletas contratados”.

Para o presidente cruzeirense “os atletas que tiveram comportamento melhor no ano passado, esse ano, pioraram o rendimento. A tendência é melhorar. Não desaprenderam. É preciso primeiro o treinador selecionar, chegar à conclusão de qual é o time ideal e escalar esse time. No futebol, a gente sabe que sequência e continuidade ajudam bastante no comportamento e rendimento do time em campo”.

ESTE ANO SÓ ENGANAÇÃO

Para a temporada 2016, o Cruzeiro já contratou oito jogadores. Nos últimos dois jogos, apenas os argentinos Lucas Romero e Sánchez Miño estiveram entre os titulares. O atacante Rafael Silva também chegou a figurar na equipe principal, enquanto Matias Pisano e Douglas Coutinho tiveram poucas chances. Já Marciel, Bruno Nazário e Federico Gino ainda aguardam pela estreia.

SELEÇÃO OLÍMPICA
 Alisson, do Cruzeiro, e  Douglas Santos, do Atlético, foram chamados nesta sexta-feira pelo técnico Rogério Micale para dois amistosos da Seleção Olímpica. Com a convocação, os dois jogadores não participarão do clássico na primeira fase do Campeonato Mineiro, marcado para o dia 27 deste mês, às 16h, no Independência.
A Seleção Olímpica enfrentará Nigéria, no dia 24, no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (Espírito Santos), e África do Sul, no dia 27, no Estádio Rei Pelé, em Maceió (Alagoas).

APITO MINEIRO VOLTA A VALER

A Federação Mineira de Futebol confirmou que o árbitro Ricardo Marques Ribeiro apitará a partida entre Atlético e Tombense, neste domingo, pela sexta rodada do campeonato mineiro.. Ele foi o pivô de uma queixa do então presidente atleticano, Alexandre Kalil, em 2010 e desde então não havia mais apitado partidas do Galo. Neste mês, completariam seis anos que Ricardo Marques não comandava um jogo do Galo. Espero que ele não se sinta pressionado e desconte no pobre do Tombense. Galo vai jogar completinho e não precisa de ajuda extra-campo.

POR QUE MURIAÉ?

Quando eu soube que América e Tricordiano jogarão neste sábado em Muriaé, me perguntei meio abobalhado: por que? Três Corações, sede do Tricordiano, fica no Sul de Minas pertinho de Varginha. No entanto, o jogo dele contra o América vai ser no leste mineiro. Uma viagem de ônibus entre as duas cidades custa uma nota. Ou quem marcou esta partida é um tapado ou não conhece direito Minas Gerais, ou os times estão levando uma grana por fora.     

CRUZEIRO SEM ESTÁDIO

Como o Mineirão ficará sob responsabilidade do Comitê Olímpico Internacional (COI) durante os Jogos Olímpicos do Rio

O Cruzeiro está à procura de uma 'nova casa' para receber seus jogos no início do segundo semestre. Sem o Mineirão, que será entregue ao Comitê Olímpico Internacional (COI) para sediar partidas de futebol na Olimpíada, em agosto, o clube celeste analisa os estádios que poderão receber compromissos pelo Campeonato Brasileiro e, possivelmente, pela Copa do Brasil. O departamento de marketing estuda uma forma de consultar seus sócios-torcedores para saber a preferência dos mais de 70 mil associados.

Algumas cidades que não receberão os Jogos Olímpicos já demonstraram interesse em receber o Cruzeiro. Caso de Brasília, por exemplo, que colocou o Estádio Mané Garrincha à disposição, oferecendo “comprar” partidas separadas ou pacote de jogos. Em Minas Gerais, prefeituras de Uberlândia, Nova Serrana e Sete Lagoas oferecem incentivos para a Raposa mandar suas partidas em estádios locais. O Ipatingão, de Ipatinga, que também recebeu clubes de Belo Horizonte em outras ocasiões, precisaria passar por uma reforma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.