sábado, 19 de março de 2016

CRISE NO SÃO PAULO PROVOCA MUDANÇAS NA DIRETORIA


Ataíde Gil Guerreiro não é mais vice-presidente de futebol do São Paulo. Em reunião na tarde desta sexta-feira, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva promoveu mudança importante na diretoria. Criticado por torcedores e pressionado por dirigentes e conselheiros, Ataíde recebeu a diretoria de relações institucionais. 
Rubens Moreno também deixa a diretoria de futebol e passa a ser diretor administrativo. Seu substituto é Luiz Cunha, que exercia essa mesma função em Cotia, com as categorias de base.

O departamento vinha sendo alvo de muitas críticas desde o ano passado. A situação ficou insustentável após a derrota por 2 a 0 no clássico, para o Palmeiras, e o empate por 1 a 1 com o Trujillanos, na Venezuela.
Não abro mão do Ataíde na minha gestão, ele será diretor de relações institucionais, em ligação direta com clubes e todas as federações, além de outras atribuições – afirmou Leco.

Recentemente, Ataíde Gil Guerreiro teve papel importante na condução da assinatura de contrato de transmissão de TV fechada para o período de 2019 a 2024. Isso rendeu R$ 60 milhões de luvas e serviu para pagar direitos de imagens atrasados dos jogadores.
No ano passado, ele foi pivô da renúncia de Carlos Miguel Aidar, ao gravar conversa em que o ex-presidente lhe sugeria dividir uma comissão na contratação de um jogador da Portuguesa. Isso desencadeou uma série de denúncias e investigações contra a gestão.
O substituto de Ataíde ainda não está definido. Ele estava na pasta desde a eleição de Aidar, em abril de 2014. Gustavo Vieira de Oliveira continuará como diretor executivo de futebol.
CRAQUE santista PEDE PRA SAIR

GALINHO CARIJÓ E GALO DOIDÃO

Liderança do Grupo 5 da Copa Libertadores está assegurada e o Atlético agora só pensa em voltar à liderança do Campeonato Mineiro, junto do arquirrival Cruzeiro. Pra começar tem que vencer o Tupi neste domingo, em Juiz de Fora, e depois esperar o clássico, no Independência. Pra Juiz de Fora, Aguirre anuncia novidades: formará o ataque com a dupla Lucas Pratto e Clayton. Adiantou, ainda, que "Clayton precisa jogar, se entrosar com o time, conhecer o Pratto, Luan, Cazares, jogadores com os quais ainda não jogou junto. É uma boa oportunidade".

CLAYTON FORA DA LIBERTADORES

Clayton não foi inscrito na fase de grupos da Copa Libertadores e tem no Estadual a chance de atuar.
Outra definição do técnico é sobre Erazo. O zagueiro será poupado neste domingo, uma vez que, convocado pela seleção do Equador, desfalca o Atlético contra o Cruzeiro, no dia 27.

Aguirre quer definir o time com Tiago na zaga e, também, preservar Erazo, que será titular da Seleção do Equador nas partidas contra o Paraguai e a Colômbia, pelas eliminatórias da Copa do Mundo.Tem outros problemas pra resolver: as situações do equatoriano Cazares, também convocado, e Douglas Santos, chamado pra  Seleção Brasileira Olímpica, ainda serão avaliadas.

COMO FICA ROBINHO?

Quem também aguarda uma definição é Robinho. O atacante, que voltou ao time no segundo tempo do jogo contra o Colo Colo, ainda não sabe se começa jogando contra o Tupi ou se fica no banco de reservas.
- "Não é uma decisão tomada ainda, estamos vendo como ele está. Quero esperar mais um treino, não sei se vai começar ou se fica no banco." Ressaltou Diego Aguirre.

TRINCHEIRA: Tipo da declaração sem sentido, pois não terá Patric, lesionado e operado do joelho. Então terá que usar mesmo Robinho

O certo é que Aguirre quer escalar o máximo de titulares contra o Tupi.
"A ideia é focar no Mineiro, porque na Libertadores ficaremos um tempo sem jogar. Vamos colocar o máximo que temos para ganhar o jogo". No torneio continental, o Galo só volta a jogar dia 6 de abril, contra o Independiente del Valle, no Equador.

RAPOSA VERSUS LEÃO


técnico Deivid mostrou novidades na lateral direita e no meio-campo do Cruzeiro no treino preparatório para o jogo de domingo, às 16h, contra o Villa Nova, no Mineirão, pela oitava rodada do Campeonato Mineiro. Ainda sem Fabiano, que se recupera de uma amidalite, o comandante escalou Mayke entre os titulares. Outra cara nova já esperada foi o volante Marciel na vaga do argentino Ariel Cabral, que está suspenso. Os atletas trabalharam posicionamento e toque de bola na manhã desta sexta-feira, na Toca da Raposa II. Com 17 pontos, a Raposa defenderá diante do Leão a liderança do Estadual.

TRINCHEIRA - Com essas duas alterações o Cruzeiro fica mais forte. Este volante Marciel me agradou muito numa partida em que o vi atuando.

De acordo com a assessoria de imprensa do clube, Fabiano evoluiu no tratamento contra a amidalite, mas ainda não teve condições de ir a campo. Ele será reavaliado neste sábado, quando a equipe encerrará a preparação para enfrentar o Villa. O camisa 2 fez boa apresentação na vitória sobre o Uberlândia por 3 a 0, terça-feira passada, no Mineirão.

Com relação ao treino, Deivid dividiu o trabalho em duas partes. Primeiro, bateram bola somente os jogadores de linha e cada equipe contou com 11 atletas. Depois, os goleiros Fábio e Rafael compuseram os times titular e reserva.

O técnico cruzeirense exigiu rapidez na troca de passes e fez questão de contar cada toque na bola. “Um, dois, três, quatro, cinco”. Conforme explicado por ele próprio em diversas entrevistas, o desejo é tornar a Raposa um time que valorize a posse de bola. De fato, o time conseguiu superioridade no atributo em nove dos 10 jogos na temporada’2016.

TABATA GANHA NA JUSTIÇA


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.