terça-feira, 26 de abril de 2016

GALO ESTÁ CONFIANTE QUE VENCERÁ RACING EM AVELLANEDA NESTA NOITE DE QUARTA.


CARATINGA - O Racing é o terceiro time em torcida no futebol argentino. Está localizado na cidade de Avellaneda, na Grande Buenos Aires e não vence há cinco jogos. Contudo,só teve uma derrota no seu estádio.

O treinador atleticano, Diego Aguirre, conhece bem a equipe argentina e sabe que não será partida fácil.O Galo pra enfrentar o Racing às sete e meia da noite, no Estádio El Cilindro, pelas oitavas de final da Libertadores, não terá nenhuma  surpresa na escalação, segundo Aguirre. -"Vou mudar um jogador e outro, escalando uma equipe forte e com intenção de vitória.", informou.

A dúvida está no meio-campo do Atlético. Se Aguirre continuar com três volantes em campo, resta saber, entre Cazares e Dátolo, quem será o titular. Caso a opção seja por tirar Leandro Donizete, os dois meias podem jogar juntos ou até mesmo um deles deixar o time para a entrada de Clayton.

No entanto, o mais provável é que o time titular seja o mesmo que venceu a URT no último sábado, no Independência. Na vitória por 2 a 0, o Galo entrou em campo com Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Erazo e Douglas Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca, Júnior Urso e Dátolo; Robinho e Lucas Pratto.

CBF PÕE NOVOS HORÁRIOS NO CAMPEONATO BRASILEIRO,MAS NÃO MUDA PORCARIA DE ATENDER À TV GLOBO
A CBF desmembrou as primeiras 11 rodadas do Campeonato Brasileiro deste ano com datas e horários definidos. Os jogos de sábado às 21h e de domingo às 11h foram mantidos pela entidade, que colocou um novo horário no calendário: sábado às 16h. Os jogos mais tarde do meio de semana, da TV, não serão mais 22h, e sim 21h45. Palmeiras x Atlético-PR e Flamengo x Sport são os jogos que abrem o Brasileirão no sábado à tarde, dia 14 de maio. Confira: 
1ª rodada 
Sábado - 14/5 
16h - Palmeiras x Atlético-PR - Allianz Parque 
16h - Flamengo x Sport - A definir 
18h30 - Atlético-MG x Santos - Independência 
21h - Coritiba x Cruzeiro - Couto Pereira 
Domingo - 15/5 
11h - Botafogo x São Paulo - A definir 
11h - Santa Cruz x Vitória - Arruda 
16h - Corinthians x Grêmio - Arena Corinthians 
16h - Figueirense x Ponte Preta - Orlando Scarpelli 
16h - América-MG x Fluminense - Independência 
18h30 - Internacional x Chapecoense - Beira-Rio 

2ª rodada 
Sábado - 21/5 
16h - Vitória x Corinthians - Barradão 
18h30 - Fluminense x Santa Cruz - A definir 
21h - Cruzeiro x Figueirense - Mineirão 
Domingo - 22/5 
11h - Santos x Coritiba - Vila Belmiro 
11h - Atlético-PR x Atlético-MG - Arena da Baixada 
16h - Chapecoense x América-MG - Arena Condá 
16h - São Paulo x Internacional - Morumbi 
16h - Grêmio x Flamengo - Arena Grêmio 
16h - Ponte Preta x Palmeiras - Moisés Lucarelli 
18h30 - Sport x Botafogo - Ilha do Retiro
3ª rodada 
Quarta-feira - 25/5 
19h30 - Botafogo x Atlético-PR - A definir 
21h - Flamengo x Chapecoense - A definir 
21h - Figueirense x Santos - Orlando Scarpelli 
21h - América-MG x Vitória - Independência 
21h45 - Santa Cruz x Cruzeiro - Arruda 
21h45 - Palmeiras x Fluminense - Allianz Parque 
Quinta-feira - 26/5 (feriado) 
16h - Internacional x Sport - Beira-Rio 
16h - Coritiba x São Paulo - Couto Pereira 
18h30 - Corinthians x Ponte Preta - Arena Corinthians 
21h - Atlético-MG x Grêmio - Independência 

4ª rodada 
Sábado - 28/5 
16h - Cruzeiro x América-MG - Mineirão 
16h - Atlético-PR x Figueirense - Arena da Baixada 
21h - Chapecoense x Santa Cruz - Arena Condá 
Domingo - 29/5 
11h - Ponte Preta x Flamengo - Moisés Lucarelli 
11h - Sport x Corinthians - Ilha do Retiro 
16h - Vitória x Atlético-MG - Barradão 
16h - Fluminense x Botafogo - A definir 
16h - São Paulo x Palmeiras - Morumbi 
16h - Grêmio x Coritiba - Arena do Grêmio 
18h30 - Santos x Internacional - Vila Belmiro 

5ª rodada 
Quarta-feira - 1/6 
19h30 - Botafogo x Cruzeiro - A definir 
19h30 - Internacional x Atlético-PR - A definir 
21h - Coritiba x Chapecoense - Couto Pereira 
21h - Figueirense x São Paulo - Orlando Scarpelli 
21h - Santa Cruz x Sport - Arruda 
21h45 - Corinthians x Santos - Arena Corinthians 
21h45 - Atlético-MG x Fluminense - Independência 
Quinta-feira - 2/6 
19h30 - América-MG x Ponte Preta - Independência 
21h - Flamengo x Vitória - A definir 
21h - Palmeiras x Grêmio - Allianz Parque 

6ª rodada 
Sábado - 4/6 
16h - Atlético-PR x Santa Cruz - Arena da Baixada 
18h30 - Cruzeiro x São Paulo - Mineirão 
20h30 - Chapecoense x Fluminense - Arena Condá 
20h30 - Corinthians x Coritiba - Arena Corinthians 
Domingo - 5/6 
11h - América-MG x Figueirense - Independência 
11h - Santos x Botafogo - Vila Belmiro 
16h - Flamengo x Palmeiras - A definir 
16h - Vitória x Internacional - Barradão 
16h - Sport x Atlético-MG - Ilha do Retiro 
18h30 - Grêmio x Ponte Preta - Arena do Grêmio 

7ª rodada 
Sábado - 11/6 
16h - Ponte Preta x Chapecoense - Moisés Lucarelli 
18h30 - Internacional x América-MG - Beira-Rio 
21h - São Paulo x Atlético-PR - Morumbi 
Domingo - 12/6 
11h - Santa Cruz x Santos - Arruda 
11h - Figueirense x Flamengo - Orlando Scarpelli 
16h - Fluminense x Grêmio - A definir 
16h - Atlético-MG x Cruzeiro - Independência 
16h - Palmeiras x Corinthians - Allianz Parque 
16h - Coritiba x Sport - Couto Pereira 
19h - Botafogo x Vitória - A definir

ONU PREOCUPADA COM SITUAÇÃO POLÍTICA DO BRASIL

Escritório Regional para América do Sul do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH) e a Comissão Econômica para América Latina e o Caribe (Cepal) divulgaram mensagens ao Brasil diante da crise política no País.
O ACNUDH repudiou discursos de ódio e contra os direitos humanos durante a sessão da Câmara dos Deputados que decidiu pela continuidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no último domingo (17). Já a Cepal manifestou apoio à Dilma e preocupação com a democracia brasileira.

O ACNUDH expressou repúdio à “retórica de desrespeito contra os direitos humanos” durante a votação de admissibilidade do processo de impeachment. O escritório condenou as manifestações do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que homenageou o coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, um dos mais conhecidos torturadores do regime militar brasileiro.

O Representante do ACNUDH para América do Sul, Amerigo Incalcaterra, fez um apelo ao Congresso Nacional, às autoridades políticas, judiciárias e a toda a sociedade brasileira “a condenar qualquer forma de discurso de ódio e a defender em toda circunstância os valores da democracia e da dignidade humana”, diz o comunicado divulgado pelo escritório da ONU.

Já a secretária executiva da Cepal, Alicia Bárcena, enviou uma mensagem à presidenta Dilma Rousseff em que reconhece avanços sociais e políticos do Brasil na última década e manifesta preocupação com as ameaças à estabilidade democrática brasileira.

Nos violenta que hoje, sem julgamento ou prova, servindo-se de vazamentos e uma ofensiva midiática que já decidiu pela condenação, tente-se demolir sua imagem e seu legado, ao mesmo tempo que se multiplicam as tentativas de minar a autoridade presidencial e interromper o mandato conferido pelos cidadãos nas urnas.”
CRUZEIRO TÁ NO PREJUIZO
Sem dinheiro pra contratações importantes, o Cruzeiro acertou a troca por empréstimo dois jogadores com o Palmeiras; mandará pra São Paulo o lateral direito Fabiano e o esquerdo Fabrício. Receberá na transação, o lateral Lucas e o meia Robinho.   Por outro lado,o Conselho Deliberativo do Cruzeiro aprovou o balanço financeiro de 2015 na noite dessa segunda-feira.

Mesmo com crescimento expressivo das receitas, o relatório mostra um déficit anual de R$ 25.790.012,48, consequentemente, aumentando a dívida geral do clube. A Raposa reduziu o déficit anual em relação ao exercício anterior. Em 2014, o clube ficou com prejuízo de R$ 38.659.240,68.

As receitas operacionais do clube apresentaram aumento substancial: passaram de R$ 203.173.162,98, em 2014, para R$ 343.896.144,07, no ano passado.

O curioso é que o Cruzeiro gastou mais com futebol no ano passado do que em 2014, ano em que foi campeão brasileiro e que contava com Everton Ribeiro e Ricardo Goulart. Os gastos com atividades desportiva profissional passaram de R$ 193.478.021,86 para R$ 306.365.118,62.

Uma das justificativas do Cruzeiro para o déficit é a “não obtenção de receitas oriundas de patrocínio máster em grande parte do ano”. No relatório, contudo, os números de 2015 e de 2014 são praticamente semelhantes. Mesmo sem o principal patrocínio na camisa, a Raposa arrecadou com patrocínio e royalties R$ 21.263.357,90. Em 2014, os valores foram R$ 21.756.937,61.

A diretoria do Cruzeiro apresentou as principais justificativas para o déficit de R$ 25.790.012,48.

O exercício de 2015 apresentou dificuldades ao caixa do clube com a ausência de recursos gerados pela participação em competições internacionais, assim como a não classificação para a fase posterior à oitava de final da Copa do Brasil e não obtenção de receitas oriundas de patrocínio máster em grande parte do ano e queda significativa de receita com bilheteria e sócios de futebol, que entre outros fatores impactaram diretamente na gestão financeira, uma vez que o fluxo financeiro foi severamente afetado pelos eventos destacados”, destacou a diretoria do Cruzeiro em relatório.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.