sábado, 23 de abril de 2016

GALO JOGA PRO GASTO, VENCE URT E ESTÁ NA FINAL DO MINEIRO PELA 10ª VEZ

O Atlético vai disputar, a partir do próximo FIM DE SEMANA, a décima final consecutiva de Campeonato Mineiro. O time conquistou a vaga neste sábado, ao vencer a URT por 2 a 0, no Independência (o jogo de ida ficou 2 a 2). Mesmo com a vantagem do empate, o Galo dominou a partida, mas encontrou um bloqueio adversário. Os gols só saíram no segundo tempo, com Lucas Pratto e Rafael Carioca.

Passado esse desafio, o Atlético volta as atenções para a Copa Libertadores. Na próxima quarta-feira, às 19h30, o time enfrenta o Racing na Argentina pela partida de ida das oitavas de final do torneio continental. Antes, neste domingo, o Alvinegro acompanha de "camarote" o confronto entre Cruzeiro e América, que vai definir o adversário da decisão do Estadual. O Coelho venceu a primeira partida por 2 a 0.

ATLÉTICO 2 X 0 URT - Atlético - V
ictor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Erazo e Douglas Santos; Leandro Donizete (Cazares), Rafael Carioca, Júnior Urso e Dátolo (Clayton); Robinho (Hyuri) e Lucas Pratto. Técnico: Diego Aguirre

URT - Follmann; Alex Murici, Mauro Viana, Robinho e 

Rodrigo Crasso; Leandro Santos, Ramos,
Marcos Antonio (Leomir) e Carlos Magno (Rafael Magalhães); Kelvin (Gabriel Davis) e Baloteli. Técnico: Ademir Fonseca

Gols: Lucas Pratto, 26min 2ºT; Rafael Carioca, 47min 2ºT
Motivo: jogo de volta das semifinais do Campeonato Mineiro
Estádio: Independência, em Belo Horizonte
Data: 23 de abril de 2016
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro
Assistentes: Marconi Helbert Vieria e Felipe Alan Costa de Oliveira
Cartão amarelo: Marcos Antonio, Carlos Magno, Mauro Viana (URT); Leonardo Silva, Erazo, Donizete (ATL)
Público: 16.111
Renda: R$ 500.440,00

TRINCHEIRA - Minha previsão de ontem não agradou à torcida cruzeirense, mas o que posso fazer, minha gente? Escrevi que o time do Atlético pode gastar por conta o prêmio do Campeonato Mineiro, ainda que esteja longe de ser considerado pronto pra terminar bem a Libertadores ou pro Brasileiro.
A Massa Azul tem mesmo que virar a metralhadora pros lados da Diretoria incompetente e pro treinador fraco, além do time ruim. Pra mim não adianta nada. Não contrato e nem escalo ninguém, graças a Deus...

CHINA AZUL PROTESTA NA TOCA

Cerca de 60 torcedores do Cruzeiro estiveram na porta da Toca da Raposa 2, na manhã deste sábado. Com faixas, eles protestaram contra a diretoria do clube, chamando o presidente Gilvan de Pinho Tavares de “omisso”, e contra o técnico do time, Deivid, chamado de “medíocre”

TRINCHEIRA - Não há porque condenar a manifestação de repúdio e revolta dos torcedores que foram à Toca. Foi uma manifestação pacífica, sem invasão e, por isso, justa. A diretoria é medíocre e o time horrível. O treinador nada recomendável e ainda diz que é preconceito por ser novo.

Com gritos de protesto, os torcedores se posicionaram na porta do CT cruzeirense, segurando uma faixa. O técnico Deivid, mesmo não admitindo, comanda o time, neste domingo, contra o América, bastante pressionado. Na quinta-feira, o vice-presidente de futebol do clube, Bruno Vicintin, concedeu entrevista, deixando nas entrelinhas que, em caso de uma eliminação no Campeonato Mineiro, o treinador não deve mesmo seguir na Raposa.

Em sua entrevista, Vicintin frisou que a pressão, no futebol, é normal, mas não confirmou uma possível demissão do treinador:

A gente não pode falar sim ou não (se Deivid será demitido caso o Cruzeiro não elimine o América). Todos vivem de resultados, principalmente no futebol profissional. Não esperamos colocar pressão dessa na comissão e em jogadores. É claro que esperamos bom jogo, passar e chegar às finais”, frisou.

O Cruzeiro entra em campo neste domingo, quando enfrenta o América, na partida de volta das semifinais do Estadual, às quatro da tarde, no Mineirão. No jogo de ida, o time celeste foi derrotado por 2 a 0. Para ficar com a vaga, a Raposa precisa repetir o marcador, a seu favor, ou vencer por dois gols de diferença.

Pela Copa do Brasil, o time volta a campo em 5 de maio, para encarar o Campinense, no jogo de volta da primeira fase. Na ida, em Campina Grande, na Paraíba, o Cruzeiro não se impôs e voltou com um empate por 0 a 0, com uma fraca atuação.

AMÉRICA FAVORITO

Não apenas pela vantagem que conseguiu, mas por levar em conta o histórico recente do Campeonato Mineiro, o América tem grandes chances de se classificar à final. Isso porque, desde 2004, quando o torneio começou a ser disputado com a atual fórmula de disputa, nenhum clube conseguiu, no jogo de volta, tirar a diferença do placar adquirido na primeira partida.

No último sábado, o Coelho venceu o Cruzeiro por 2 a 0, no Independência e, agora, pode até perder por um gol de diferença para avançar à grande decisão do Estadual.

Em 12 anos, o América disputou as semifinais do Mineiro em cinco ocasiões. Foi eliminado em 2014 e 2011, pelo Atlético e, em 2006, perdeu pro Ipatinga.

Nos anos de 2004 e 2012 enfrentou o Cruzeiro, rival deste ano.
Deu adeus à competição em 2004, por 2 a 1, no primeiro jogo, e 4 a 1, no segundo. Já em 2012, comandado pelo técnico Givanildo Oliveira, derrotou a Raposa nas duas partidas: 3 a 2 e 2 a 1. Na final, no entanto, perdeu o título pro Galo.

Pra manter o retrospecto da competição, o América enfrenta o Cruzeiro, neste domingo, às 16h, no Mineirão, no jogo de volta da semifinal do Mineiro. O clube celeste, por ter se classificado em primeiro lugar, pode avançar por vitória e derrota pela mesma diferença de gols. Como o Coelho venceu por 2 a 0 na ida, um empate ou um revés por 1 a 0 garantem o Alviverde na final da competição. (Matéria produzida com supervisão de Daniel Seabra)




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.