quarta-feira, 20 de abril de 2016

TERROR ISLÂMICO AMEAÇA OLÍMPIADAS RIO-2016


CARATINGA - Torturadores no Congresso Nacional já temos, vide Jair Bolsonaro, deputado federal. Faltam Maremoto, vulcão, tremores de terra e terrorismo. Aliás, este faltava, mas pode aparecer nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, segundo a Agência Brasileira de Inteligência, - ABIN. Ela confirmou a ameaça ao Brasil publicada em novembro em conta no Twitter vinculada a um membro do Estado Islâmico (EI) e intensificou o monitoramento de indivíduos que teriam jurado lealdade ao grupo extremista e poderiam agir dentro do País durante os Jogos Olímpicos do Rio.

"Brasil, vocês são nosso próximo alvo", diz o tuite enviado para o microblog dias depois dos ataques terroristas em Paris - nos quais 130 pessoas morreram e mais de 300 ficaram feridas - através da conta utilizada por Maxime Hauchard, francês que foi pra Síria em 2013 e juntou-se às fileiras do EI. A conta de Maxime foi suspensa pelo Twitter.

"A probabilidade de o País ser alvo de ataques terroristas foi elevada nos últimos meses, devido aos recentes eventos terroristas ocorridos em outros países e ao aumento do número de adesões de nacionais brasileiros à ideologia do Estado Islâmico" disse a ABIN em nota enviada à reportagem.

AVISO DADO E BRASIL ALERTA

Na quarta-feira, o diretor de Contraterrorismo da ABIN, Luiz Alberto Sallaberry, participou no Rio de Janeiro da Feira Internacional de Segurança Pública e Corporativa (LAAD Security). Em sua apresentação sobre ameaças terroristas aos Jogos Olímpicos Rio-2016, ele descreveu Hauchard como "espécie de garoto-propaganda do Estado Islâmico".

Sallaberry também listou ações executadas pela agência pra evitar possíveis ataques no País, "
como intercâmbio de informações com serviços estrangeiros, capacitação de profissionais de setores estratégicos e trabalhos com órgãos integrantes do Sistema Brasileiro de Inteligência".

Em novembro, Sallaberry havia alertado que as autoridades brasileiras consideram os chamados lobos solitários - que agem inspirados ou sob direção de algum grupo radical, mas sem a necessidade de uma célula terrorista ou outra organização formal - "a principal ameaça aos Jogos Olímpicos" que serão realizados no Rio em agosto.
FOTO DO TERRORISTA

Maxime Hauchard em imagem capturada de programa do Estado Islâmico





CRUZEIRO E OLYMPIQUE DE MARSELHA DESMENTEM VOLTA DE LUCAS SILVA.


CARATINGA - Eu bem que fiquei  meio cabreiro quando me sopraram que o Cruzeiro traria de volta o volante Lucas Silva. Afinal esta diretoria de Gilvan do Pinho Tavares só contrata porcaria, a começar pelo treinador. O negócio dele é recuperar o caixa do clube, vazio por gastos desnecessários e bem devedor. Abaixo o desmentido da informação que peguei no Superesportes: 
"O jornal francês L’Équipe noticiou neste domingo que o volante Lucas Silva,(foto) de 23 anos, deixará o Olympique de Marselha da França, onde cumpre contrato de empréstimo, e será cedido pelo Real Madrid ao Cruzeiro. A nota informa que o clube espanhol, detentor dos direitos do atleta, dividirá com o clube mineiro a responsabilidade pelo pagamento dos salários.
Procurado pela reportagem, o vice-presidente de futebol do Cruzeiro, Bruno Vicintin, informou, por meio da assessoria de imprensa do clube, que não sondou Lucas Silva e sequer conversou com o Real Madrid sobre essa possibilidade.

Já o agente de Lucas Silva, Luiz Rocha, manifestou-se pelo microblog Twitter e também descartou o retorno do volante ao Cruzeiro. “Lucas Silva não retorna ao Cruzeiro conforme noticiam alguns. Permanece na Europa”.

TRINCHEIRA - Já notaram que este  vice presidente do Cruzeiro não sabe de nada? Desmente tudo que lhe é perguntado e não informa nada novo que possa melhorar a equipe.

O fato é que a janela de contratações de atletas vindos do exterior será fechada neste dia 20/04, e só será reaberta em 22 de junho. Em alguns casos, clubes brasileiros conseguem fazer contratos com datas anteriores para 'driblar' os prazos legais.

Lucas Silva se destacou na conquista do bicampeonato brasileiro pelo Cruzeiro, em 2013 e 2014, e foi negociado com o Real Madrid por 13 milhões de euros em janeiro de 2015. O jovem meio-campista disputou 93 jogos com a camisa azul e marcou quatro gols.

No Real Madrid, Lucas fez apenas nove partidas, quatro como titular e cinco como suplente. Sem espaço, foi cedido ao Olympique de Marselha, onde também não conseguiu se firmar e volta e meia recebe críticas pelo desempenho aquém da expectativa.
O volante estreou na vitória por 4 a 1 sobre o Bastiá, pelo Campeonato Francês. Até aqui, ele disputou 32 jogos no clube, 17 como titular e 15 como suplente. Foram seis atuações pela Liga Europa, 22 pelo Francês, duas pela Copa da França e duas pela Copa da Liga.Neste domingo (17), Lucas Silva atuou pelo Olympique na derrota por 2 a 1 para o Mônaco pelo Francês

BARÇA DESCOBRE FUGAS DE NEYMAR


O momento pouco inspirado de Neymar,(foto)  em meio a uma rara má fase do Barcelona, tornou o brasileiro um dos alvos da imprensa catalã. O jornal "La Vanguardia" publicou nesta terça-feira um texto em que critica a agenda social do camisa 11, afirmando que suas atividades fora de campo não vinham atrapalhando seu desempenho "até agora", mas que a falta de descanso tem se tornado evidente neste momento.
- O trem de sua vida, longe de sossegar freado pela importância dos compromissos do Barça tanto na Liga como na Champions, se manteve. Viagens, festas em horários pouco aconselháveis, gravações de comerciais. Por mais jovem que se sinta, o atleta de elite precisa de repouso e isso tem feito falta a Neymar em um vestiário onde as primeiras queixas já estão sendo ouvidas a nível interno, coincidindo, como habitualmente, com a chegada dos maus resultados - diz a publicação, que ainda aponta que Neymar sempre foi protegido pelo Barça.

Luis Enrique chamou a atenção na coletiva pós-derrota para o Valencia, no fim de semana, por deixar responder ao jornalista Víctor Malo, do "Diario Gol", apenas porque seu sobrenome significa "ruim", em espanhol.

O treinador do Barcelona costuma viver às turras com a imprensa espanhola, e o episódio foi prato cheio para que recebesse uma chuva de críticas. Nesta terça-feira, véspera do duelo com o La Coruña pelo Campeonato Espanhol, o comandante concedeu nova coletiva, foi questionado sobre o caso e alfinetou os jornalistas em geral.

- Não respondi. Não tenho nada para me desculpar. Já sei o mundo em que vivo, com quem trabalho. Já sei o que tenho que fazer e quais obrigações tenho. Não falto com respeito a ninguém. Existem muitos meios de comunicação que faltam com o respeito a profissionais, como eu e outros mais. Não peço a ninguém para retificar qualquer coisa. Se não gostam do meu estilo, pouco me importa, dizendo de maneira educada - afirmou, com cara de poucos amigos.

FASE DAS DERROTAS

O Barcelona visita o Deportivo La Coruña nesta quarta-feira, com bola rolando a partir das 15h (horário de Brasília). O GloboEsporte.com vai acompanhar tudo em Tempo Real. O time busca sair da má fase de uma vitória, um empate e quatro derrotas nos últimos seis jogos.









Luis Enrique com cara de poucos amigos na coletiva do Barça (Foto: Ivan Raupp)








LAVA JATO, ESSA É REAL, NELES



Del Nero, presidente atual, e José Maria Marins, ex-presidente da CBF, tramam roubar do futebol brasileiro. Céus!

O empresário brasileiro José Margulies, admitiu diante da Corte de Nova York que pagou por anos "propinas de forma regular" para dirigentes sul-americanos para garantir contratos desde 1991. A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo havia antecipado com exclusividade que o brasileiro estava fechando um acordo de delação premiada com a Justiça dos Estados Unidos, depois que se entregou no final de 2015. Seu objetivo é o de evitar uma pena de 20 anos de prisão.

Agora, nos documentos liberados pelos norte-americanos sobre o processo, Margulies dá detalhes sobre como funcionou o esquema de corrupção que o levou para a prisão em 2015. Entre os réus está também José Maria Marin, ex-presidente da CBF. Marco Polo del Nero, atual presidente da entidade, também foi indiciado.

Segundo Margulies, ele começou em 1986 a "ajudar José Hawilla, dono da Traffic, a conseguir direitos de transmissão de jogos" para torneios pelas Américas, inclusive partidas das Eliminatórias da Copa e do torneio olímpico. "Começando em 1991, eu ajudei a pagar propinas em nome da Traffic para vários dirigentes da Conmebol", disse ao juiz.

"Eu sabia que esses dirigentes estavam usando suas posições de autoridade para se enriquecer
",
declarou. "Eu também sabia que essas propinas foram feitas para garantir que a Traffic tivesse e mantivesse os direitos comerciais sobre esses eventos, assim como para várias edições das Eliminatórias para a Copa do Mundo" explicou.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.