sexta-feira, 27 de maio de 2016

CHII, A COISA ANDA PRETA MESMO: ATÉ O GALO TOMA GOLEADA DO GRÊMIO NO MATADOURO DO HORTO



 Marcelo Pacote, à direita, e Paulo Bento, embaixo, terão que trabalhar muito pra tirar Atlético e Cruzeiro dessas campanhas ruins.

Atlético-MG e Grêmio se enfrentaram na noite desta quinta-feira, na Arena Independência, em Belo Horizonte, em jogo válido pela terceira rodada do Brasileirão. E o Tricolor venceu o Galo por 3 a 0, fora de casa.
Após botar uma bola na trave com Luan, o Grêmio abriu o placar aos 17m de jogo. Em tabela com Giuliano e Henrique Almeida, Marcelo Oliveira, de frente pro gol, estufou as redes de Victor. Aos 25', o time visitante ampliou: Maicon desarmou Júnior Urso e acionou Luan, que bateu cruzado sem chances de defesa pra Victor. Aos 48', após rápido contragolpe, Luan recebeu assistência de Giuliano e marcou o terceiro gol gremista.

AVISO FOI DADO

Não foi por falta de aviso, por causa da fatalidade que atingiu o clube com tanta gente no estaleiro. Era um risco enorme enfrentar o Grêmio, mesmo no Horto, com um time reserva praticamente. Então, você me pergunta: como o Atlético tinha de fazer, não comparecer à partida e perder por WO? Claro que não, porém melhorar a qualidade do elenco pra disputar dois torneios ou mais, seria obrigação da diretoria.
Faça você mesmo uma análise individual da equipe que atuou contra o Grêmio. No gol, tudo bem, o excelente Victor, que, no entanto, não é o Santo Victor de outras competições. Tem algumas  falhas comprometedoras; coisas de treinamento mal feito. Jogadores como Carlos César, Edcarlos, Patrick e muitos outros do mesmo nível não servem nem pra compor elenco, a não ser de timeco do Nordeste ou do interior de São Paulo. Tentar contratar Rever pra solucionar o problema de zagueiro é besteira, pois agora ele só treina bem numa mesa de bar.

ESTRANHA ANÁLISE

Marcelo Pacote Oliveira falou sobre a derrota pro Grêmio, em casa: "Não culpo os jogadores ou ao time mesclado, dou mérito ao Grêmio que jogou melhor. No entanto, se a gente tivesse com o time completo, a história seria outra".

TRINCHEIRA - Uai Pacote, o time reserva foi fraco ou não? Afinal você reconheceu que os titulares não levariam aquele passeio de bola. O Galo precisa melhorar seu plantel, Pacote.

JOGOS DA COINCIDÊNCIA

Enorme coincidência nos jogos dos mineiros neste final de semana: Cruzeiro e América, no Mineirão, reúne times com  campanhas iguais até agora no Brasileirão. Ambos têm apenas um ponto ganho em nove disputados. O Cruzeiro não venceu ninguém e tem um empate e duas derrotas. O América, idem, idem. Ambos estão no grupo do rebaixamento, sendo o Coelho em 18º lugar e o Cruzeiro em 19º porque o saldo de gols do primeiro é melhor - Cruzeiro: -3 e América, -4.

TRINCHEIRA - Ou seja, uma vergonha a campanha dos dois times, entre eles o campeão mineiro de 2016. E quem vence nesta briga de ruindade o confronto deste sábado? Você, meu amigo, vai apostar? Então aposte no empate.

GALO EM SALVADOR

No domingo, às quatro da tarde, o Galo estará no Barradão pra enfrentar o Vitória. Ambos tem campanhas iguais: 4 pontos em 9 disputados. O Vitória tá em 13º lugar e o Atlético em 14º, por causa dos gols marcados - 5 a 2, já que empatam no saldo em -2 negativos. O time baiano veio a BH e arrancou empate em 1 a 1 do América no Horto.

O Vitória não é um time bobo e se o Galo jogar com a mesma equipe e a disposição mostrada contra o Grêmio, sei lá.
Penso que Pacote conhece como é jogar no Barradão e prepara alguma surpresa, porque é impossível um time da grandeza do Atlético repetir atuação como aquela. Veremos o jogo pela Tevê Globo. Não é propaganda da televisão, é falta de opção.

DIA 12 DE JUNHO, NÃO SE ESQUEÇA


O Dia dos Namorados, que também conhecido como Dia de São Valentim, é uma data que comemora a união entre casais, quando eles costumam trocar cartões e presentes românticos. No Brasil, a data é comemorada em 12 de junho, véspera do feriado de Santo Antônio, muito conhecido pela sua fama de santo "casamenteiro".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.