terça-feira, 31 de maio de 2016

P.BENTO E GIVA TROCARAM XINGAMENTOS. SAIBA AQUI A TROCA DE PALAVRÕES

Confusão entre Paulo Bento e Givanildo Oliveira marcou fim do jogo entre Cruzeiro e América, no Mineirão. Árbitro responsável pelo apito no clássico entre Cruzeiro e América, nesse sábado, pelo Brasileirão, o paranaense Dewson Fernando de Freitas relatou em súmula uma verdadeira chuva de palavrões trocados pelos técnicos Paulo Bento e Givanildo Oliveira, no Mineirão. Os dois acabaram expulsos antes do término da partida por se desentenderem na área técnica.

   Confusão de América x Cruzeiro e teve discriminação de Givanildo sobre o português Paulo Bento. Coisa feia, seu Giva.

No documento, divulgado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Dewson diz que o técnico português foi expulso depois de “sair da sua área técnica e ir em direção ao 4º árbitro da partida, Sr. Igor Júnio Benevenuto reclamando de maneira acintosa da arbitragem, proferindo as seguintes palavras: ‘Só 4 minutos de acréscimos, ele esta (sic) louco’ neste momento o mesmo foi em direção ao treinador do América E.C. e proferiu as seguintes palavras: ‘Vai se f**** , seu p****’.

Já o técnico do América, Givanildo Oliveira, teria respondido a altura o treinador cruzeirense e, por isso, foi colocado pra fora.
 “Por sair de sua área técnica e ir em direção ao treinador do Cruzeiro E.C, e proferir as seguintes palavras: ‘vai se f*** seu babaca, esta (sic) querendo tumultuar o jogo, m****’”, relatou o árbitro. A punição também sobrou pro preparador físico do Coelho, Wellington Vero, que teria participado do festival de ofensas.
Trecho da súmula de Cruzeiro e América, no Mineirão, em que o árbitro relata uma série de xingamentos.

FORA DO BANCO


Paulo Bento(foto) e Givanildo não poderão ficar no banco de reservas nos próximos compromissos de Cruzeiro e América. Nesta quarta-feira, o clube celeste encara o Botafogo, às 9 e 45 da noite no Mané Garrincha, em Brasília.  O time será comandado pelo auxiliar de Bento, outro português chamado Ricardo Peres. O Coelho, por sua vez, recebe a Ponte Preta, na quinta, às 19h30, no Horto. Cláudio Prates deverá ser o responsável por orientar o América. 

GALO VOLTA PRO SEU TERREIRO

  Eu dei algumas coordenadas ao Pacote pra vencer o Fluminense

Depois de empatar com o Vitória, por 1 a 1, em Salvador, o Atlético volta a jogar em Belo Horizonte nesta quarta-feira, às 9h45 da noite. O torcedor que quiser acompanhar o duelo contra o Fluminense, no Independência, terá a possibilidade de comprar ingressos nas bilheterias a partir desta terça-feira. A venda pros sócios foi encerrada às 10 da noite de segunda-feira, no site ingressogalonaveia.com.br. 
Para o público em geral, a venda começou nesta terça-feira, entre 10h e 17h, no Labareda e na bilheteria Ismênia do Independência. Nesta quarta-feira, dia do jogo, a venda ocorrerá somente no estádio, a partir das 10h. Serão disponibilizados até cinco ingressos por pessoa.
Haverá venda de meia-entrada pra estudantes, que apresentarem documento com foto e identidade estudantil, e pra maiores de 60 anos e menores de 12, mediante a apresentação carteira de identidade ou certidão de nascimento. 

TRINCHEIRA - Marcelo Oliveira esconde o time e espera contar com Robinho nesta partida contra o Fluminense. Vamos ver!

GILVAN CRITICA TORCIDA ORGANIZADA E OPOSIÇÃO

Nesta  briga do presidente Gilvan de Pinho Tavares com as torcidas organizadas e a oposição liderada por opaco Senador Zezé Perrela não tenho posição intermediária, de conciliador. Sou totalmente favorável ao presidente, porque ele fez o que as torcidas organizadas reclamam: contratou reforços pontuais no início do ano e que, ainda, não vingaram totalmente, mas vingarão. Gilvan as atendeu quando solicitaram uma reunião pra discutirem a vida do Cruzeiro, porém não os atendeu na questão dos ingressos gratuitos, com o que concordo, também. Por que torcidas organizadas tinham ingressos gratuitos, quem lhes fez esta gracinha?

Também estou ao lado do cartola azul na briga contra a intromissão de Zezé Perrela na sua administração. Tudo bem que ZZ foi o responsável pela chegada de Gilvan ao cargo, mas isso não lhe confere o direito de ser Primeiro Ministro mandão, enquanto Gilvan se transformaria numa Rainha da Inglaterra, que apenas enfeita o comando. Gilvan assumiu o Cruzeiro deixado por Zezé como uma fazendona de terra arrasada, quebrado e em seguida somou bastante no bicampeonato brasileiro do clube.

Esta confusão toda aprontada no clube de fora pra dentro parece coisa mandada? Parece não, Gilvan, pode ter certeza que é coisa mandada sim, do tipo que se fez através do PSDB, de Aécio Neves, pra derrubar Dilma Rousseff que lhe havia dado um passeio nas eleições presidenciais. Ou seja, nada diferente do golpe apoiado por Michel Temer pra assumir o mais alto cargo político do país. E não vejo motivo pra no Cruzeiro acontecer um golpe sujo assim, afinal Gilvan não é candidato à reeleição. Então que os insatisfeitos tomem o cargo dele por vias legais, a eleição.

ENTREVISTA COM GILVAN

(Superesportes) - O presidente Gilvan de Pinho Tavares (foto) vive forte pressão à frente do Cruzeiro, que faz uma temporada bem abaixo da expectativa, com eliminações na semifinal do Campeonato Mineiro e na primeira fase da Primeira Liga, além de ocupar a penúltima posição do Campeonato Brasileiro. A torcida organizada Máfia Azul protestou na manhã desta segunda-feira, na sede do Barro Preto. O principal alvo da mani festação foi Gilvan. Os torcedores cobraram reforços e pediram a saída do atual presidente.

Gilvan criticou a posição das organizadas.

 “Eu acho que isso não é forma de torcer. Eu tenho certeza que tem alguma coisa por trás. É uma torcida que anda pedindo as coisas, que (inaudível) pediram para conversar comigo, me pediram desculpa, porque fizeram uma grosseria muito grande com o treinador do Cruzeiro no dia em que o Paulo Bento foi apresentado aqui na Toca II. E foram lá, me pediram para eu recebê-los. Eu os recebi".
-"Agora, eles vão para o campo torcer o seguinte: se ganhar, eles continuam a torcer para o Cruzeiro; se levar um gol, começam a torcer contra e hostilizar jovens jogadores, promessas que estão sendo lançadas, atrapalhando o rendimento dos atletas. Isso não é torcedor. Se dizem organizados, mas, pelo que senti, eles estão completamente desorganizados nestes momentos. Querem obrigar o clube a fazer coisas precipitadas que não vamos fazer. Nós vamos contratar, vamos trazer reforços”, disse.
Segundo o dirigente, pessoas de dentro do Cruzeiro acreditam que a oposição pode estar por trás dos protestos. Ele criticou, implicitamente, o ex-presidente Zezé Perrella, que já demonstrou disposição de voltar ao Cruzeiro. Vale ressaltar que o presidente Gilvan passou a ser alvo da torcida Máfia Azul, especialmente depois que cortou os ingressos cedidos à organizada.

Não posso fazer uma crítica aberta sem ter certeza. Eu não falo nada que não tenho certeza. Mas de que foi movimento feito de algumas pessoas dentro do Cruzeiro, pra lançar candidato, foi.
"Movimento, quando, ainda, faltavam quase dois anos, e não foi nada elegante. Eu nunca fiz isso, quando sempre apoiei um lado ou outro, nunca permiti que isso acontecesse quando a presidência estava em disputa. Foi no mínimo muito deselegante. Agora, tem pessoas que acham que isso vem por parte da oposição”.

REFORÇOS VIRÃO

Gilvan também comentou a dificuldade do mercado de contratações. Pelo que disse, o Cruzeiro espera a abertura da janela internacional, no dia 20 de junho, pra anunciar reforços.

A imprensa, às vezes, não divulga o que acontece no Cruzeiro. Parte da imprensa. Mas, nós estamos cheios de atletas no departamento médico em recuperação, e esses atletas fazem falta à equipe. A gente  vê no rival acontecer a mesma coisa. Faltam peças no elenco, essas peças fazem faltas no time principal, e eles não conseguem deslanchar e ganhar com a ausência desses atletas".
-"Quando acontece com o Cruzeiro, ninguém realça esse fator. Nós estamos com dois zagueiros titulares no departamento médico e  fazendo falta. Os laterais não podem jogar. O Mayke voltam agora. No ataque, estamos com ausências importantes: Alisson, Rafael Silva, Marcos Vinícius. Essas coisas, a torcida não acompanha e a imprensa não divulga".
-" E a imprensa fala que faltam jogadores, mas a gente não pode contratar pra colocar na posição de em quem está contundindo, porque eles vão recuperar a qualquer momento e ficaríamos com o plantel inchado. Mas, a gente sabe perfeitamente quais são as posições que tem que contratar. A gente esperava definir o treinador pra indicar as posições que ele achasse carentes, e a gente contratar de acordo com o treinador. A gente foi atrás de posições, e nós vamos atrás, mas a gente sabe que no Brasil não está tendo. E quem tem não abre mão pro Cruzeiro. A gente tem que buscar fora, e estamos atrás. Quando abrir a janela, esses jogadores já estarão no Cruzeiro”, frisou.

TRINCHEIRAGilvan pecou ao final da entrevista quando joga a culpa na Imprensa. Caro Presidente, você ia bem até pisar na bola, escorregar e cair. Foi mal.

MACACA RECEBE COELHO


A partida contra a Ponte Preta, marcada para a próxima quinta-feira, às sete e meia, no Independência, pode marcar a estreia de dois armadores. Além de Alan Mineiro,(foto) que deve ser relacionado pela primeira vez, o técnico Givanildo Oliveira poderá promover a estreia de Eduardo, que ficou no banco contra o Cruzeiro, mas ainda não entrou em campo com a camisa alviverde.

É UMA BOA TROCAR DOUGLAS COSTA POR KAKÁ NA SELEÇÃO

A contusão de Douglas Costa, do Bayern de Munique, o tirou da Seleção de Dunga e Kaká foi chamado pra disputar a Copa América nos States.O técnico Dunga amarga mais um desfalque no ataque da Seleção. Antes foram Neymar e Ricardo Oliveira, e agora Douglas Costa. Dunga precisa aprender a repor as peças, e Kaká não é uma pedida firme. O Brasil estreia no final de semana na Copa contra o Equador, atualmente fazendo ótima eliminatórias.

MURICI PODE  APOSENTAR-SE

Murici Ramalho (foto) já havia se afastado do futebol no início de abril de 2015, em situação semelhante, também por problema de saúde. À época, ele teve diverticulite (inflamação no intestino grosso) e deixou o São Paulo pra se tratar, a pedido da família. Assim como acontece agora no Flamengo, seu cargo também estava na corda bamba no Morumbi quando a doença surgiu, permitindo a Murici sair pela porta da frente.

O primeiro nome da lista do Flamengo pra substituir Murici é Abel Braga, que tá preso ao Al Jazira, dos Emirados Árabes Unidos. Ele não treina o clube desde dezembro, mas fez um acordo que não assumirá outra equipe enquanto durar o parcelamento da sua multa rescisória, até julho. O Flamengo, se quiser contar com o treinador,  vai ter que negociar com os árabes.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.