quarta-feira, 25 de maio de 2016

SEM OITO TITULARES, PACOTE JUNTA OS CACOS MONTAR TIME DO GALO E ENFRENTAR O GRÊMIO HOJE Á NOITE NO HORTO


O departamento médico do Cruzeiro tá lotado, a cabeça do técnico Marcelo Pacote Oliveira em frangalhos à cata de jogadores do elenco que possam ajudá-lo a formar um time que enfrente o Grêmio, no Independência, às nove e meia desta noite, com capacidade de vencê-lo. Não tá nada fácil pra Pacote;  com Dátolo, a lista atingiu 11baixas no clube, dos quais oito são titulares. 
Mais dois jogadores foram vetados pelo departamento médico do Atlético para o jogo desta quinta-feira contra o Grêmio, no Independência, pelo Campeonato Brasileiro. Agora, são 11 baixas para o técnico Marcelo Oliveira armar a equipe alvinegra. Oito deles podem ser considerados titulares do time.

Antes do treino desta terça, o treinador recebeu a notícia dos vetos a Dátolo e Carlos Eduardo. O armador sofreu estiramento na parte posterior da coxa direita. É a quarta lesão do argentino somente nesta temporada. Já o meia-atacante apresenta um edema na coxa esquerda.
Dátolo e Carlos Eduardo vão se juntar a outros quatro jogadores no departamento médico: o zagueiro Leonardo Silva, o lateral Mansur e os atacantes Luan e Lucas Pratto.

Robinho, que vinha tratando uma contusão na coxa esquerda, foi liberado pra treinar. Porém, o atacante ainda tá se recondicionando fisicamente. Além disso, segundo a assessoria de imprensa do Atlético, Robinho, no sábado, extraiu um siso e o local ainda tá muito inchado.

A lista de desfalques no Atlético tem ainda o zagueiro Erazo e o meia Cazares, ambos convocados pra defender a seleção do Equador na Copa América Centenário. O lateral Douglas Santos foi chamado pra a Seleção Brasileira.
Por fim, o volante Leandro Donizete vai cumprir a terceira de quatro partidas de suspensão imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva por causa de um soco dado em Douglas, do Grêmio, no Brasileirão passado.

LISTA DE COMPRAS DO ATLÉTICO

O Atlético tem o perfil de jogador  que irá buscar neste meio de temporada pra suprir as ausências que terá por conta das convocações, lesões e suspensões ao longo do Campeonato Brasileiro. A diretoria atleticana vai contratar jogador sem custo, somente pagando os salários do atleta. 

O técnico Marcelo Oliveira se reuniu várias vezes com o presidente do clube, Daniel Nepomuceno e definiu onde estão as principais necessidades do time. Um zagueiro experiente, à altura dos titulares Erazo e Leonardo Silva é uma posição que o treinador considera prioridade, além da lateral esquerda e um atacante de área.

Erazo foi convocado pelo Equador para a disputa da Copa América, em junho e julho, e Leonardo Silva, com 36 anos, é um dos atletas que vêm jogando com frequência. Para compor a defesa, o clube trabalha em duas direções. O experiente zagueiro e capitão da conquista da Libertadores pelo clube, Réver, teve o nome citado nas reuniões.

Réver não vem jogando sob o comando de Argel Fucks. Com contrato até o meio de 2018 com o Internacional, o jogador pode ser envolvido numa negociação, porém, com custos ao clube, já que o Colorado exigiria uma compensação financeira.

Outro nome que aparece na lista de zagueiros é do experiente Alex, de 33 anos, do Milan. O jogador fica sem contrato com o clube italiano e se encaixa no desejo do Atlético-MG em buscar jogadores pagando apenas os salários. Ano passado, Alex teve o nome cogitado no Santos, porém, o alto valor dos vencimentos assustou os dirigentes santistas.

Na lateral esquerda, pra  suplência de Douglas Santos, que foi convocado pra Copa América e tem grandes chances de disputar as Olimpíadas, em agosto, o nome é Fábio Santos, de 30 anos. Outro jogador experiente, campeão mundial pelo Corinthians, que está no Cruz Azul, do México. O time mexicano já manifestou interesse de vender o atleta.

 O Atlético-MG já fez proposta para o jogador, que também é pretendido por outros clubes do Brasil. E por fim, pro ataque, um conhecido do clube teve o nome cogitado nas conversas entre Marcelo Oliveira e Daniel Nepomuceno: Leandro Damião. Seu contrato com o Santos vai até 2018, Damião não voltará ao Peixe, que não tem interesse. Por isso, o clube praiano espera utilizá-lo como moeda de troca.

Bocanegra

Uma posição que o clube não tem necessidade de contratação, atualmente, é a lateral direita. Mesmo com Marcos Rocha, titular absoluto, Patric e Carlos César na reserva, o Atlético-MG tá de olho no mercado para buscar outro.

O clube vê a possibilidade de saída de Marcos Rocha no meio do ano como grande, visto que o jogador mantém  regularidade há, pelo menos, três anos. Empresários ligados a clubes europeus já sondaram o Atlético a respeito do jogador. Por conta disso, o Galo aguarda a participação do Nacional, de Medelím, na Libertadores, para fazer uma proposta oficial ao lateral Bocanegra, de 29 anos.

O clube colombiano é semifinalista da competição continental.
Com a confirmação de uma venda de Marcos Rocha, o clube mineiro tem no jogador colombiano o substituto ideal. A janela de transferências internacionais no Brasil reabre no próximo dia 20 de junho. Portanto, caso o clube contrate algum jogador vindo do exterior, o atleta só poderá atuar após essa data.

MURICI DEVE DEIXAR  O FLAMENGO

Ainda tenho exames a fazer. E depois que fizer, avalio se volto". Foi assim, curto e direto, ao seu estilo, que Muricy Ramalho definiu sua ainda indefinida situação. Depois de internação e exames no Rio de Janeiro, nova consulta em São Paulo, o treinador volta ao médico para saber a real condição de retorno ao futebol. A percepção de amigos e familiares de que novo afastamento é iminente foi reforçada nas palavras do treinador do Flamengo.

A diretoria rubro-negra evita colocar prazo para resposta, preocupando-se com a saúde do treinador, mas internamente já se discute troca na Gávea. O nome de Abel Braga é um dos mais falados nos corredores da Gávea, mas o experiente treinador só poderia retornar em julho. A cúpula da administração Bandeira de Mello se reúne nesta noite no clube.

Em pauta, tirar do rascunho as mudanças nos rumos do futebol rubro-negro. Muricy ainda não sinalizou ao clube sua decisão - o que é esperado para esta terça-feira -, mas amigos confidenciam que ele e a família estão assustados com a arritmia e dizem que ele vai precisa se cuidar novamente.

Em paralelo à preocupação com a saúde do treinador, no Flamengo já era grande a insatisfação com o trabalho do treinador. O trabalho de Muricy era questionado e a saída do treinador – ainda que por um problema de saúde - era vista com bons olhos. Uma demissão tá descartada, mesmo porque o contrato estabelece que, neste caso, o clube teria de pagar o valor integral do restante do contrato: cerca de R$ 8 milhões. 

TRINCHEIRA - O Brasileirão ainda está no início, mas o equilíbrio deve ser a tônica da competição este ano. Prova disso é que nenhum clube da Série A conseguiu duas vitórias. Nesta gangorra de resultados positivos e negativos há quem se destaque, como o técnico Milton Mendes, do Santa Cruz, o goleiro Danilo Fernandes, do Internacional, além dos atacantes Felipe Azevedo (Ponte Preta), Grafite (Santa Cruz), Rafael Moura (Figueirense), Sasha (Inter) e Bruno Rangel (Chapecoense), autores de dois gols cada.

Por outro lado, o meia Alex, o atacante Guerrero e os treinadores Tite e Cuca deixaram a desejar. Confira quem subiu e quem desceu.

Depois de uma estreia com apenas 14 gols, a segunda rodada do Brasileirão teve um aumento considerável. Foram 31 no total. Destaque para alguns atacantes que balançaram a rede duas vezes: Grafite (Santa Cruz), Sasha (Inter), Bruno Rangel (Chape), Felipe Azevedo (Ponte) e Rafael Moura (Figueirense). 
  
CAMPEÃO MAL DAS PERNAS

Considerado um dos favoritos pra conquistar o título, o atual campeão Corinthians não começou bem a competição. Depois do empate em casa com o Grêmio na estreia, o Timão foi derrotado pelo Vitória por 3 a 2, no Barradão. Eliminado no Paulista e na Libertadores, a equipe comandada por Tite não vence há um mês.
Ídolo da torcida do Internacional, o goleiro Alisson acertou a sua transferência para a Roma, da Itália. Para o seu lugar, o clube contratou Danilo Fernandes, que estava no Sport. Com três defesas sensacionais, ele garantiu a vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo e mostrou que está à altura do seu antecessor. 

GUERRERO

Contratado para ser sinônimo de gols no Flamengo, Guerrero vem sendo cada vez mais questionado pela torcida por seus maus desempenhos. Apesar de mostrar muita luta e disposição contra o Grêmio, ele desperdiçou a única chance que teve e recebeu mais um amarelo por reclamação. Foi o 15º em 41 jogos pelo clube.   

CUCA

Se a goleada por 4 a 0 sobre o Furacão na primeira rodada rendeu elogios ao técnico Cuca pela forma consistente de a equipe jogar, a derrota por 2 a 1 para a Ponte Preta mostrou que o time ainda oscila bastante. Tal desequilíbrio pode ser reflexo do comportamento do treinador, expulso por reclamação contra a Macaca. 

MILTON MENDES

Não dá para falar sobre a boa fase do Santinha sem destacar o trabalho realizado pelo técnico Milton Mendes. Contratado em março para substituir Martelotte, ele deu padrão de jogo à equipe, conquistando o estadual e o Nordestão. No Brasileirão, o time lidera após empate com o Flu, e o atacante Grafite é artilheiro, com quatro gols.

ALEX

Preterido muitas vezes pelo técnico Argel, Alex recebeu uma chance na vitória do Inter por 2 a 1 sobre o São Paulo. O meia entrou na segunda etapa e finalizou duas vezes – uma foi para fora, e a outra, defendida por Denis. Mas foi expulso ao fazer falta em Ganso e reclamar com o árbitro um revide do são-paulino.

ARBITRAGEM

Gol de Gabriel Jesus mal anulado, pênalti inexistente em Grafite, expulsão injusta do técnico Paulo Autuori e reclamação do Botafogo por causa de uma suposta falta em Helton Leite no lance que originou o gol do Sport. Pênalti inexistente em favor do Atlético-MG no jogo contra o Atlético Furacão. Assim como na estreia, a segunda rodada do Brasileirão foi marcada mais uma vez por polêmicas do apito.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.