sábado, 6 de agosto de 2016

SÓ PENSAM EM DINHEIRO E MUITO

HEITA CABEÇAS OCAS ESTAS QUE PENSAM SOBRE INGRESSOS CAROS PARA SÓCIOS TORCEDORES NO ESTÁDIO INDEPENDÊNCIA!

A diretoria do Cruzeiro planeja tirar a barriga da miséria com a interdição do Mineirão pros jogos das Olimpíadas cariocas e colocou ingressos com preços especiais no Independência, onde fará seu próximo jogo em BH contra o Coritiba, dia 14, na abertura do returno.É de assustar a tabela de preços pelo futebol não menos assustador que o time tem apresentado. Foi só dar aquela meia goleada no Internacional (4 a 2) que os cartolas resolveram subir os antigos preços, dando um chega prá lá na China Azul.
Os sócios cativos do Cruzeiro já podem trocar, a partir deste sábado.Dia 14, domingo, às 16h, no Independência o confronto com o Coxa será disputado. Assim como na partida diante do Internacional, os associados precisarão retirar as entradas nas bilheterias do Ginásio do Barro Preto. Os torcedores comuns poderão comprar ingressos a partir de sexta-feira, dia 12.

Os sócios cativos (Tríplice Coroa, Libertadores, Brasileiro, Supercopa, Copa do Brasil e Recopa), que já possuem acesso garantido ao estádio, não poderão adquirir ingressos extras. Já os sócios das categorias Cruzeiro Sempre, Papafilas e Time do Povo terão o direito de comprar até duas entradas pro jogo. 

Todos os sócios terão acesso ao Independência com ingressos comuns, que poderão ser retirados e/ou comprados nas bilheterias do Ginásio do Barro Preto a partir deste sábado. Nenhum cartão de sócio terá validade nesses jogos. Não será realizada a comercialização pelo site e pelo aplicativo. Olha só que m. faz a diretoria sem criatividade.

A retirada e/ou compra só poderá ser realizada se o Sócio estiver com o cartão em mãos e em dia com o programa. Cada sócio poderá adquirir entradas para os amigos que também fazem parte do programa. Basta apresentar o cartão na hora da aquisição. A compra para sócios Cruzeiro Sempre, Papafilas e Time do Povo só poderá ser realizada em dinheiro.

ACOMODAÇÃO DOS SÓCIOS NA ARENA INDEPENDÊNCIA:


Os Sócios Cativos Tríplice Coroa e Libertadores assistirão ao duelo no setor Ismênia Inferior (Portão 2). Aqueles que são das categorias Brasileiro, Copa do Brasil, Supercopa e Recopa verão a partida no Pitangui Inferior (Portão 3).

Já os Sócios Cruzeiro Sempre, Papafilas e Time do Povo poderão adquirir a entrada, com as condições de cada categoria, nos setores Pitangui e Ismênia Superior (Portões 5 e 10), Minas Inferior e Superior (Portões 6 e 7) e Ismênia Inferior (Portão 2).


 DIAS DE RETIRADA OU COMPRA DE INGRESSOS NO BARRO PRETO:

Sábado (06/08), das 10h às 15h: Retirada Sócios Cativos Tríplice Coroa e Libertadores;
Segunda (08/08), das 10h às 18h: Retirada Sócios Cativos Brasileiro, Copa do Brasil, Supercopa e Recopa;
Terça (09/08), das 10h às 18h: Retirada Sócios Cativos Brasileiro, Copa do Brasil, Supercopa e Recopa;
Quarta (10/08), das 10h às 18h: Retirada para todos os Sócios Cativos e venda para Sócios Cruzeiro Sempre, Papafilas e Time do Povo;
Quinta (11/08), das 10h às 18h: Retirada para todos os Sócios Cativos e venda para Sócios Cruzeiro Sempre, Papafilas e Time do Povo;
Sexta (12/08), das 10h às 18h: Vendas para não Sócios;
Sábado (13/08), das 10h às 15h: Vendas para não Sócios e retirada de ingressos para menores de 12 anos.


COMPRA NAS BILHETERIAS DO INDEPENDÊNCIA:

Domingo (14/08), das 10h até os 10 minutos do segundo tempo: Vendas para não Sócios na bilheteria Pitangui da Arena Independência
.

BILHETES PARA VISITANTES:

Os visitantes poderão adquirir entradas no portão 8 da Arena, no setor Ismênia Superior. Para o duelo contra o Internacional, a venda será realizada somente no domingo (14), na bilheteria Ismênia da Arena Independência.


INGRESSOS DOS SÓCIOS CRUZEIRO SEMPRE:


Portão 7 (Minas Superior): R$ 20
Portão 6 (Minas Inferior): R$ 25
Portão 5 (Pitangui Superior): R$ 40
Portão 10 (Ismênia Superior): R$ 60
Portão 2 (Ismênia Inferior): R$ 75


ENTRADAS PAPAFILAS:


Portão 7 (Minas Superior): R$ 36
Portão 6 (Minas Inferior): R$ R$ 45
Portão 5 (Pitangui Superior): R$ 72
Portão 10 (Ismênia Superior): R$ 108
Portão 2 (Ismênia Inferior): R$ 135


BILHETES SÓCIOS TIME DO POVO:


Portão 7 (Minas Superior): R$ 40
Portão 6 (Minas Inferior): R$ 50
Portão 5 (Pitangui Superior): R$ 80
Portão 10 (Ismênia Superior): R$ 120
Portão 2 (Ismênia Inferior): R$ 150

INGRESSOS NÃO SÓCIOS


Portão 7 (Minas Superior): R$ 40
Portão 6 (Minas Inferior): R$ 50
Portão 5 (Pitangui Superior): R$ 80
Portão 10 (Ismênia Superior): R$ 120
Portão 2 (Ismênia Inferior): R$ 150
Portão 8 VISITANTE (Ismênia Superior): R$ 120
Pais ou responsáveis pelas crianças de até 12 anos de idade poderão retirar o ingresso gratuito somente no sábado (13/08), das 10h às 15h, no Ginásio do Barro Preto. Elas serão acomodadas somente no setor Ismênia Especial, com acesso pelo portão 2.

Será disponibilizado 1% da carga de ingressos do estádio. Os acompanhantes poderão adquirir um bilhete no mesmo setor também no sábado, das 10h às 15h, no Ginásio do Barro Preto.
Vale lembrar que as crianças só entrarão no estádio desde que estejam portando o ingresso, seja o de gratuidade ou de meia-entrada.

NENHUM OUTRO TIME ACOMPANHA O PIQUE DO GALO





E olha que Casarez nem jogando está por causa de forte lesão que só o deixará voltar aos gramados ano que vem. 


Se estivesse na corrida de Fórmula Um, este Galo de Marcelo Pacote Oliveira esta disparado na frente longe das vistas do segundo colocado. Na corrida do Brasileiro, como começou mal, lá em baixo, na Z-4, a arrancada sensacional do Galo mete medo nos adversários, mas,ainda, não o colocou no G-4 por causa de apenas um ponto, o que não é nada em se tratando do vencedor da Cidade do Galo, cujo apetite o leva a comer todas as galinhas do particular galinheiro.
O Atlético chega à última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro a apenas um ponto do líder. Um cenário bem diferente do encarado pelo clube há 10 rodadas, quando, cheio de desfalques, chegou a frequentar a zona de rebaixamento, a distantes 12 pontos do topo.

A reação atleticana é a maior de um time no Brasileirão. Nenhum outro acumulou tantos pontos nas 10 últimas partidas. E o aproveitamento impressiona: são 83,33%. O Galo somou 25 de 30 pontos colocados em jogo.Chegou a 32 pontos na classificação geral, saltando 13 posições, da 18ª pra quinta, a apenas um ponto do líder Santos (Palmeiras e Corinthians, segundo e terceiro respectivamente, também somam 33; Grêmio, quarto colocado, tem os mesmo 32 do Atlético).
Santos, Corinthians e Atlético-PR têm o segundo melhor rendimento nas 10 últimas rodadas, com 20 pontos, ou 66,67% de aproveitamento.

A arrancada do Galo começou com uma sequência de partidas em Belo Horizonte. A equipe não desperdiçou a chance e emplacou quatro vitórias: 3 a 0 na Ponte Preta, 2 a 1 no Corinthians, 1 a 0 no América e 5 a 3 no Botafogo.
Um empate com o Figueirense (1 a 1) e uma derrota para o Flamengo (2 a 0) interromperam a ascensão. Porém, o Atlético se recuperou e impôs nova série de triunfos, desbancando o então líder Palmeiras (1 a 0), além de vencer Coritiba (2 a 1), Santa Cruz (3 a 0) e São Paulo (2 a 1).

O pulo atleticano na tabela é apoiado em vários fatores. Um deles é a volta de importantes peças que desfalcaram o time nas primeiras rodadas – a equipe chegou a ter 11 atletas fora dos planos do técnico Marcelo Oliveira. Atualmente, o clube se dá ao luxo de ter no banco de reservas opções como Luan, Clayton, Otero, além de Dátolo que vem se recuperando fisicamente após lesão. Seguem em tratamento Cazares e Marcos Rocha.

O retorno de jogadores permitiu ao treinador montar uma base para o time, ganhando entrosamento. A qualidade técnica de atacantes como Fred, Robinho, Maicosuel e Lucas Pratto tem decidido os confrontos.
Marcelo Oliveira também ajustou a defesa. Se levou 15 gols nas oito primeiras rodadas (média de 1,8), agora o Alvinegro vem de apenas nove gols sofridos em 10 partidas (média de 0,9).


“O Marcelo teve muitos problemas no começo do campeonato, principalmente com lesões. Eu estreei há quatro rodadas, Otero estreou agora. Com mais opções, fica mais fácil. Mas isso é trabalho, porque são jogadores experientes e na base da conversa dá para acertar tudo isso. Dá tempo, conseguimos colar no pelotão de frente e essa é a nossa intenção”, ressalta o lateral-esquerdo Fábio Santos, substituto de Douglas Santos, que está na Seleção Brasileira Olímpica.

Na próxima rodada, a última do primeiro turno, o Atlético recebe a Chapecoense, nesta segunda-feira, no Independência. Uma nova vitória pode valer a entrada no G4 ou até mesmo a liderança da competição, dependendo de outros resultados.


 Ninguém para este Galo Doido e Vencedor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.