segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Libertadores é sonho possível para o Cruzeiro? Especialista analisa reta final do Brasileiro
O Cruzeiro passou por altos e baixos no Campeonato Brasileiro deste ano. O time chegou a figurar na zona de rebaixamento, por causa de um planejamento mal feito pela diretoria e pelos fraquíssimos diretores de futebol; teve uma ligeira melhora com a  chegada do técnico Mano Menezes, em julho. Esta melhora foi 
suficiente, com bons resultados e atuações consistentes, principalmente da defesa, para livrá-lo da possibilidade de queda à Série B. Subiu pro 11º lugar, com 47 pontos. A cinco pontos do sexto colocado Atlético-PR, a equipe passou a sonhar com uma vaga na Copa Libertadores de 2017.

O meia Robinho,( Foto)do Cruzeiro, está com os dias contados na Toca da Raposa. O Palmeiras pediu sua volta e mandará de novo., ao Cruzeiro, aquele lateral cabeça de bagre, Fabiano.
( Continuação) A tarefa não será fácil. Especialista em cálculos de probabilidades do futebol, Tristão Garcia, criador do site Infobola, fala sobre a chance de o Cruzeiro se classificar pro torneio continental. Segundo suas contas, a Raposa tem 1% de chances de terminar o Brasileiro no G6; 3% no G7; e 4% num eventual G8. Isso, claro, se vencesse o Santos (deu empate em 2 a 2 , neste domingo, às 17h, no Mineirão –e mais o Internacional e o Corinthians.

“O Cruzeiro evoluiu com Mano Menezes e vem fazendo jogos com menos oscilações do que outros times. Nos últimos seis jogos, o Cruzeiro conseguiu uma média de 1,83 pontos por partida. Nem o Palmeiras, líder da competição, tem essa média. Só não é melhor que a do Santos, que, sem dúvidas, é o melhor time desse momento. Eles têm 2,87 por jogo. A média de um campeão, por exemplo, é de 2 pontos por jogo”, disse Tristão.

Desde que a Conmebol aumentou para 44 o número de participantes da Copa Libertadores, o Brasil ganhou duas vagas no torneio, e o antigo “G4” passou a ser denominado “G6”. Os três primeiros do Campeonato Brasileiro vão diretamente para a fase de grupos. O quarto, o quinto e o sexto colocado entram na preliminar da competição continental, dividida em duas etapas.

O G6 pode virar G7 se o Atlético, já garantido entre os seis melhores (está em quarto, com 61 pontos, e não pode mais ser ultrapassado pelo sétimo Corinthians), conquistar a Copa do Brasil sobre o Grêmio. O mesmo vale caso o time gaúcho vença a competição eliminatória e fique em sexto na Série A. Em oitavo, o Tricolor soma dois pontos a menos que o Atlético-PR (50 a 52).

Existe ainda uma chance de G8: semifinalista da Copa Sul-Americana, torneio que dá ao campeão uma vaga na Libertadores de 2017, a Chapecoense precisaria levantar o troféu internacional e ficar entre os seis primeiros no Brasileiro. Atualmente, o time catarinense está em 10º lugar, com 49 pontos.

Mano Menezes: “Chances remotas”

 Mano Menezes ressaltou que não quer iludir os torcedores. De acordo com o treinador, as chances de o Cruzeiro se classificar pra Copa Libertadores são remotas e o objetivo da equipe, no momento, é terminar bem o Campeonato Brasileiro. Com uma boa campanha sob o comando do gaúcho, o clube ocupa o quinto lugar no returno, com 28 pontos
.

“A chance é remota, mas em momento algum eu disse que não acredito. Há outras equipes com chances maiores que as nossas. Temos que fazer os nove pontos. Se fizermos os três já no domingo e os outros times perderem, a chance passa a ser remota e um pouquinho. Volto a dizer que não quero iludir o torcedor, pois tínhamos o objetivo inicial de sair do rebaixamento, que era uma coisa palpável. Claro que não é algo que me satisfaz – nem ao torcedor –, mas era a situação que tínhamos de fazer no momento. Portanto, o pensamento é esse: terminar bem a temporada e começar bem o ano que vem”,
DISSE MANO.

Apenas uma vez

Com mais três jogos pela frente, o Cruzeiro chega a no máximo 56 pontos no Campeonato Brasileiro. Conforme o Departamento de Matemática da UFMG, uma equipe que chegar a essa marca teria 36,2% de probabilidade de se qualificar para a Copa Libertadores.

Desde que o Brasileiro passou a ser disputado por 20 clubes (2006), apenas uma vez o sexto colocado terminou as 38 rodadas com pontuação inferior à que o clube celeste ainda pode atingir. Em 2008, o Internacional somou 54.
 

SEVILHA ENCHE COFRE PRA BUSCAR PRATTO, A PEDIDO DE JORGE SAMPAOLI

0  bom momento de Lucas Pratto, titular da Seleção Argentina e destaque do Atlético, chamou a atenção dos espanhóis do Sevilla. Segundo o jornal espanhol As, o atacante argentino é um pedido do técnico Jorge Sampaoli.

De acordo com a publicação, o fato de Pratto ter passaporte italiano é um ponto favorável, uma vez que o Sevilla não precisará abrir mão de seus jogadores extracomunitários.

O Sevilla procura um atacante para chegar na janela de transferências de janeiro. Lucas Pratto seria opção para o ataque do time espanhol, formado por jogadores leves e jovens, casos do argentino Vietto, 22 anos, e do francês Ben Yedder, 25 anos.

Sampaoli busca jogadores com o perfil de Pratto para poder ter variantes táticas durante os jogos. E o técnico conhece bem o argentino, já que trabalhou por muito tempo na América do Sul e também entende como poucos do futebol brasileiro.

O presidente do Atlético, Daniel Nepomuceno, 
disse que Pratto custa caro.
 “Desde que o Lucas Pratto pisou no Atlético eu escuto essa história. Todo mundo quer comprar e se eu vou vender ou não vou. Se for bom para o clube, se pagarem o valor que ele merece, vamos avaliar e vender. O valor dele fica cada vez mais alto, então esperamos uma proposta boa”, disse o dirigente, antes da partida entre Atlético e Palmeiras, nessa quinta, no Independência.

Lucas Pratto se tornou figura certa nas convocações da Seleção Argentina desde que Edgardo Bauza assumiu o comando. Na rodada passada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, contra a Colômbia, Pratto desbancou Higuaín no time titular argentino. O atleticano marcou o segundo gol da seleção na vitória por 3 a 0.


Orçamento do Galo para 2017 prevê romper barreira dos R$ 300 milhões; confira detalhes
Veja quanto o clube pretende gastar com contratações e a expectativa de arrecadar com venda de diretos de jogadores ao longo da próxima temporada
Desafio, agora, segundo o presidente Daniel Nepomuceno, é alcançar a receita recorde

No próximo dia 28, o Conselho Deliberativo do Atlético vai se reunir para votar o orçamento do clube para 2017. E os números preveem recorde no faturamento: R$ 328.744.000,00. Em 2015, o Alvinegro contabilizou R$ 244,6 milhões, mas com prejuízo de R$ 11,9 milhões - as contas de 2016 ainda não foram fechadas, mas a meta era R$ 253 milhões.

O desafio, agora, segundo o presidente Daniel Nepomuceno, é alcançar a receita recorde: “É uma expectativa do que vai entrar em caixa dos jogos, de venda de jogador, qual será o custo-futebol ano que vem. Nós temos obrigações pesadas para o ano que vem. A gente precisa dessa arrecadação para cumprir os compromissos. Você estima o que precisa buscar. Não estou apresentando o que vou ganhar. Estou apresentando o que eu necessito ganhar, o que preciso correr atrás para pagar minhas contas. É por isso que a gente briga por melhoria de calendário, por novos contratos, novos parceiros. O futebol está caro”, disse o dirigente ao Superesportes.

No relatório enviado aos conselheiros, consta que a principal fonte de renda do Galo continua sendo os direitos de transmissão de TV. Serão R$ 173,7 milhões em 2017. Em relação a 2016, o aumento foi de R$ 74 milhões. Em seguida, se destaca a receita com bilheteria e sócio-torcedor: R$ 54,7 milhões.

Já a venda de direitos econômicos de jogadores deve render ao clube R$ 50 milhões. Os patrocínios para 2017 devem fechar em R$ 25 milhões.

O relatório projeta ainda que o Galo fará 40 jogos como mandante em 2017. A intenção é disputar 12 deles no Mineirão, com expectativa de público de pelo menos 35 mil pessoas. Já o programa Galo na Veia deve arrecadar R$ 27,4 milhões.

O shopping Diamond Mall vai render ao clube R$ 9,7 milhões. O contrato de arrendamento do shopping garante ao Atlético 15% de todos os alugueis e luvas das lojas e estacionamento.

R$ 15 MILHÕES PARA CONTRATAÇÕES


A previsão de despesas é de R$ 327.038.140,00, sendo que R$ 115,3 milhões serão destinados para pagamento de dívidas.

Se pretende faturar R$ 50 milhões com a venda de direitos, o Alvinegro planeja gastar R$ 15 milhões em contratações para 2017.

Pelo relatório que será apresentado aos conselheiros, o Atlético prevê um superávit de R$ 1.705.859,00 em 2017.

AMÉRICA CAIU E ENFRENTA PEDREIRA

Após a confirmação do rebaixamento matemático à segunda divisão, restam ao América três compromissos na Série A do Campeonato Brasileiro. O discurso no CT Lanna Drumond é o de deixar a competição honrando a camisa alviverde e se despedir de cabeça erguida. No próximo ano, o Coelho volta à luta por uma vaga na elite do futebol nacional.

Na próxima rodada, o América irá a Porto Alegre encarar o Grêmio, às 17h de domingo, na Arena. Com o time gaúcho focado nas finais da Copa do Brasil, o técnico Renato Portaluppi já adiantou que vai utilizar o time reserva na partida. Tentando deixar a lanterna do Brasileiro com o Santa Cruz, o Coelho deve torcer para o Atlético. O rival doméstico enfrenta o Tricolor pernambucano no Recife.

No sábado seguinte (26/11), o América recebe o Sport pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. O Leão pode chegar a esse confronto somente um ponto acima dos rivais mais próximos na zona de rebaixamento. Caso seja derrotado pelo Atlético-PR, no Paraná, o time pernambucano permanece com 43 pontos. Se Vitória e Internacional vencerem seus jogos, chegam a 42.

A última partida do Coelho na Série A de 2016 será uma verdadeira pedreira. O time mineiro vai à Vila Belmiro encarar o Santos. O Peixe é o segundo colocado na tabela de classificação e, mesmo que até lá o título possa já estar definido, os comandados de Dorival Jr têm um bom retrospecto a manter – além de poderem se vingar da derrota, no Horto, no primeiro turno.

A equipe paulista venceu 14 dos 18 jogos que disputou na Vila Belmiro, empatou dois e perdeu apenas duas vezes. Os 44 pontos conquistados levam o Peixe a um desempenho excepcional em casa, com 81,48% de aproveitamento dos pontos disputados. O alento americano fica por conta dos clubes que triunfaram jogando em Santos – Internacional e Figueirense, na 2ª e 20ª rodadas, respectivamente.



terça-feira, 8 de novembro de 2016

QUEM GOLEOU 0 BRASIL POR 7 A 1 NO MINEIRÃO EM JOGO DA COPA DO MUNDO DE 2014 FORAM OS ALEMÃES, NÃO É MESMO?
ENTÃO PRA QUE TANTO FALATÓRIO SOBRE TAL GOLEADA SE O JOGO DESTA QUINTA-FEIRA É BRASIL X ARGENTINA?


Essa mania da Imprensa Especializada de motivar uma partida de futebol, que por si só já se motiva, em função da rivalidade, gera-me nó na garganta e uma vontade de lascar a pedra a porretadas. Veja outro exemplo: até hoje não saiu do lugar-comum da mídia esportiva aquela derrota de 2 a 1 na decisão da Copa do Mundo, em 1950, no Maracanã, pro Uruguai.

Já topei ao vivo com umas cinco partidas entre brasileiros e uruguaios e na manchete das matérias jornalísticas sempre estava lá o termo "Vingança", ou seja, o Brasil vingando-se da derrota e da perda do título, agora chamado de Maracanazzo.

Jamais, em tempo algum, nós vamos nos vingar, porque a grandeza da conquista uruguaia não permitirá. Ganharam o título em nosso estádio; tinham uma seleção técnica e individualmente inferior. Jogávamos pelo empate. Na goleada por 7 a 1, sabíamos da força do adversário e da pobreza técnica da nossa seleção, comandada por um dinossauro incompetente.

Agora, a responsabilidade, nesta quinta-feira, é outra: o nosso adversário é a Argentina de Lionel Messi, o melhor jogador do mundo. A Argentina tá em sexto lugar na classificação e fora, por enquanto, da possibilidade de disputar a Copa da Rússia. Nosso técnico Tite é o melhor que há no País e recuperou um pouco da magia brasileira de jogar futebol. Portanto, estamos esperançosos de uma vitória simples, por 1 a 0, sem qualquer tipo de vingança sobre os hermanos., no Mineirão.

MOSAICO NO MINEIRÃO

O retorno do Brasil ao Mineirão após o 7 a 1 será marcado por novidade. Pela primeira vez na história, jogo da Seleção terá  mosaico nas arquibancadas. A CBF está preparando a ação e contratou pessoas pra organizar a montagem do desenho que será exibido pouco antes de a bola rolar no clássico contra a Argentina, nesta quinta, às 21h45 (de Brasília).

- Fui contratado para fazer o primeiro mosaico em jogos da seleção brasileira, e logo aqui na nossa terra, no nosso Mineirão. E logo contra a Argentina. Então compartilhem para quem for ao jogo estar ciente e ajudar a formar o mosaico. Vamos juntos nessa batalha - postou no Facebook o designer gráfico Thiago Scap, um dos organizadores.

A Seleção de Tite (FOTO) vive  lua de mel com a torcida brasileira. O técnico acumula quatro jogos e quatro vitórias no comando do Brasil. A evolução levou a equipe à liderança das eliminatórias pra Copa do Mundo, com 21 pontos. Os hermanos ocupam apenas a sexta posição.

Muricy estreia como comentarista do SporTV em Brasil x Argentina

Treinador campeão da Libertadores e tetra brasileiro vai participar da transmissão do clássico sul-americano, no Mineirão. E estará no "Bem,  aMIGOS".

Muricy Ramalho é o novo reforço do SporTV. Nesta segunda-feira, Galvão Bueno anunciou, durante o programa "Bem, Amigos!", que o ex-treinador de São Paulo, Palmeiras, Santos, Internacional, Flamengo e Fluminense passa a integrar a equipe de comentaristas( arre!) do Canal Campeão no clássico Brasil x Argentina. no Mineirão. E irá a Lima para acompanhar o duelo contra o Peru, no dia 16. O narrador ainda confirmou a presença de Muricy no "Bem, Amigos!"  da próxima semana. 


   O arrogante Muricy Ramalho agora é comentarista do Sportv

TRINCHEIRA: - É por isso que a cada jogo eu saio da transmissão de áudio da televisão e boto na Rádio Itatiaia. Comentarista não é quem jogou ou treinou. Comentarista é quem fez faculdade de jornalismo, conhece comunicação e não comete erros de português. Muricy Ramalho é outro dinossauro que a Globo nos empurra garganta abaixo.

Empolgado com a contratação, Galvão Bueno revelou que a primeira conversa do Canal Campeão com o treinador aconteceu após um jantar entre os integrantes do "Bem, Amigos!". 

Falou "Gavião Bueno":
- Eu estou muito feliz porque você gostou da ideia de ter o "Bem, Amigos!" no pacote e foi importante na decisão. Essa conversa começou em um jantar depois do programa. Olha só que lugar mais sagrado o nosso jantar depois do programa.

Anunciado como técnico do Flamengo em dezembro do ano passado, Muricy deixou o cargo em maio. Após uma arritmia cardíaca que o levou ao hospital, o técnico passou por exames e decidiu interromper a carreira de treinador. No currículo como treinador, Muricy possui, entre outras conquistas, três títulos brasileiros consecutivos pelo São Paulo (2006, 2007 e 2008), outro pelo Fluminense (2010) e a taça da Libertadores pelo Santos (2011). 

NEYMAR CHEGA COM MESSI, TITE  SAI E JOGADORES DA SELEÇÃO COLHEM SANGUE

A manhã foi agitada no hotel da seleção brasileira. Por volta das 6h20, uma hora antes do que a CBF previa, Neymar se apresentou em Belo Horizonte. Ele voou em seu jato ( ?) junto aos argentinos Lionel Messi e Mascherano, seus companheiros de Barcelona, que se dirigiram diretamente à Cidade do Galo, onde a Argentina tá concentrada pro jogo.

  Neymar chegou a BH em seu jatinho

A CBF optou que Neymar chegasse um dia depois da maioria em razão da oferta de voos. O atacante poderia ter embarcado num voo às cinco da manhã, após a vitória sobre o Sevilla, mas ficaria sem descanso e com muitas escalas. O meia Giuliano, do Zenit, da Rússia, chegou algumas horas depois de Neymar. Ele foi o último dos 23 convocados a se apresentar.

Tite terá, portanto, grupo completo no treino das 16h30, no Mineirão. O técnico, por sinal, deixou o hotel na capital mineira por volta das 7h30, acompanhado de um segurança. Católico, ele tem o hábito de visitar uma igreja em cada cidade que passa com seus clubes ou, agora, também com a Seleção.




Enquanto isso, um grupo de quatro pessoas(foto) chegou ao hotel para colher sangue dos jogadores, entre eles o recém-chegado Neymar. O processo faz parte da preparação física e fisiológica pros dois próximos jogos, contra Argentina e Peru. O sangue dá à comissão técnica a série de dados que pode render atividades específicas ao longo dos treinamentos, esclareceu Tite.

PRESIDENTE DA CBF É O APITO AMIGO DO PALMEIRAS

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Arbitragem Esportiva do Rio de Janeiro, Marçal Mendes, afirmou que árbitros são pressionados pelo presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, para que não cometam erros em jogos do Palmeiras, líder do Brasileirão.Segundo ele, a pressão é feita porque o dirigente é conselheiro vitalício e sócio benemérito do Palmeiras. As afirmações foram feitas em audiência pública do Ministério Público do Trabalho, no Rio de Janeiro.

Os erros de arbitragem têm sido recorrentes nesta edição do Brasileiro. O Palmeiras costuma enviar documentos e vídeos à CBF quando se sente prejudicado. No último mês, a diretoria palmeirense chegou a convocar uma entrevista coletiva para questionar a pressão do Flamengo. O time rubro-negro, por sua vez, reclama de benefícios ao time paulista.

O Ministério Público do Trabalho ainda não se pronunciou sobre eventuais providências a respeito das críticas de Mendes. Por meio de sua assessoria, o Palmeiras informou que não vai se posicionar.


segunda-feira, 7 de novembro de 2016



CRUZEIRO MANDA AZAR ÀS FAVAS E GOLEIA FLU NO MINEIRÃO PROVOCANDO DISPENSA DO TÉCNICO LEVIR CULPI

MARINHO, ex-Cruzeiro voltou a comandar o Vitória, em Salvador, com dois gols e uma assistência na vitória por 3 a 2 sobre o Furacão. Ele é ou não do Cruzeiro e está apenas emprestado aos baianos?



CRUZEIRO COM ATUAÇÃO DIGNA GOLEIA FLU E DERRUBA LEVIR CULPI.

Ao longo da semana, o discurso do elenco do Cruzeiro era de que o torcedor que comparecesse ao jogo contra o Fluminense, no Mineirão, seria recompensado. Mas não foi atendido. Apenas pouco mais de 7 mil pagantes e 10 mil torcedores estiveram no Gigante da Pampulha na tarde deste domingo. Viram uma chuva de gols e com certeza foram embora para casa felizes. Sobretudo pelo fato de atletas do setor ofensivo terem quebrados longos jejuns. Rafael Sobis, Willian e Alisson, que não marcavam gols  há muito tempo, voltaram a comemorar e melhoraram suas marcas pessoais. Arrascaeta também deixou o dele.

O gol de Richarlison, do Flu, chegou a assustar, pois foi o primeiro da partida. Mas a Raposa conseguiu a reação, goleou o adversário por 4 a 2 e chegou a 44 pontos (12ª posição), número que encaminha a permanência na elite do Campeonato Brasileiro. A quatro rodadas do fim da Série A, a seis de vantagem sobre o 17º colocado Internacional.

O próximo objetivo do Cruzeiro é garantir a permanência matemática na Primeira Divisão. Isso só será possível no dia 16 de novembro (quarta-feira), às 21h45, quando pegará o Sport na Ilha do Retiro, pela 35ª rodada.

Já o Fluminense encerrou a 34ª rodada em nono lugar, com 48 pontos. No dia 15 (terça-feira), às 17h, o Tricolor das Laranjeiras receberá o Atlético-PR, no Maracanã.


0 Cruzeiro levou susto nos primeiros minutos de jogo. Cícero, aos 5min, arriscou de longa distância e exigiu grande defesa de Rafael. Aos 9min, Henrique errou passe no meio-campo, Scarpa recuperou a bola e tocou para Richarlison. O ex-camisa 9 do América se livrou de dois adversários e abriu o placar no Mineirão: 1 a 0. Pouco depois, o jovem de 19 anos ainda teve outra grande oportunidade, mas bateu cruzado em direção à linha de fundo.

Somente a partir dos 20 minutos é que o Cruzeiro se encontrou no jogo e passou a ocupar o campo de ataque. A Raposa empatou aos 25min. Numa triangulação entre Willian e Henrique, o camisa 9 escorou para Rafael Sobis, que bateu bonito com o pé esquerdo: 1 a 1. Foi o quarto gol de Sobis, que não marcava desde o dia 4 de agosto – há pouco mais de três meses –, na vitória por 4 a 2 sobre o Internacional, no Independência, pela 18ª rodada do Brasileiro.

A situação do Flu ficou pior no momento em que Levir Culpi precisou substituir Richarlison, machucado. Entrou Magno Alves. O Cruzeiro deixou de ser incomodado na defesa e mostrou confiança pra buscar a virada. Que veio num lance fortuito, aos 45min. Num cruzamento esquisito de Alisson, Willian se atirou em direção à bola e conseguiu o desvio de cabeça. A bola bateu na trave antes de entrar: 2 a 1. Ele não marcava desde 24 de julho – derrota por 2 a 1 pro Sport, no Mineirão, pela 15ª rodada.

O terceiro gol cruzeirense veio já no segundo tempo. Com apenas 48 segundos, Arrascaeta roubou a bola de Edson, e bateu de fora da área, no canto direito de Júlio César: 3 a 1. Aos 5min, o uruguaio voltou a participar, dessa vez como garçom. O passe pra Alisson em ótimas condições de chutar a gol. Depois de quatro meses, o camisa 11 deixou sua marca no Mineirão: 4 a 1. Nos acréscimos, o Flu diminuiu em bola dividida entre Magno Alves e Ramón Ábila: 4 a 2. 

Depois do jogo, o técnico Levir Culpi foi dispensado, que bobagem né gente, faltam apenas três rodadas.

ATÉ FACADA TEVE NA FESTA DO BOA

A festa dos torcedores do Boa Esporte(FOTO) pelo título da Série C, conquistado na noite deste sábado em Varginha, no Sul de Minas, foi manchada pela quebradeira provocada pela torcida do Guarani, adversário e vice-campeão do torneio. Segundo a Polícia Militar, ao final da partida, que terminou com a vitória do Boa por 3 a 0, membros de torcidas organizadas do time visitante iniciaram uma depredação generalizada do Estádio Dilzon Melo, o Melão. Eles quebraram partes do alambrado, banheiros, jogaram pedaços de pedras e arremessaram até freezers dos bares do local.

De acordo com o tenente-coronel Hudson Abner Pinto, comandante do 24º Batalhão da PM, 130 policiais foram escalados para a operação exclusiva do jogo e a torcida visitante foi estimada em cerca de 3 mil pessoas. Quatro pessoas foram presas e encaminhadas à Polícia Civil. Depois que o jogo já havia terminado e as torcidas já tinham dispersado, policiais militares se depararam com um homem com uma faca pendurada nas costas. Ainda segundo o tenente-coronel, o ferimento foi causado por uma briga entre torcedores do Guarani. O homem foi atendido e segue em observação na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Varginha. 


COM TIME RESERVA, GALO FOI PRESA FÁCIL DO COXA .



Duas voltas: Alexandre Kalil, o novo prefeito de BH, e Maluf voltaram e viram pela TV o time perder do Coritiba: 

Finalista da Copa do Brasil, o Atlético ficou mais distante do sonho de conquistar dois títulos nacionais na temporada. Com alguns titulares poupados e novo terceiro uniforme, o Galo teve atuação ineficaz diante do Coritiba, neste domingo, no Couto Pereira, e acabou derrotado por 2 a 0, em duelo pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Raphael Veiga, em belo chute de fora da área, e Kleber Gladiador, de pênalti, marcaram os gols da vitória do Coxa.

O resultado negativo na capital paranaense não tira a chance matemática, mas deixa remota a pretensão de título do Alvinegro, que fica na quarta colocação, com 60 pontos, dez a menos que o líder Palmeiras. Já o Coritiba, na luta para escapar do rebaixamento, chega a 42 pontos, na 14 ª posição na tabela.

Com a pausa no Campeonato Brasileiro para os jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo, o Atlético volta a campo somente em 17 de novembro. O Galo recebe o Palmeiras, numa quinta-feira, às 21h, no Independência, em última cartada na briga pela taça. Um dia antes, o Coritiba enfrenta o Santa Cruz, no Couto Pereira.

E a estratégia de arriscar chutes de fora da área deu resultado ao Coritiba. Logo aos sete minutos do segundo tempo, Raphael Veiga ficou com sobra na intermediária, dominou e, no quique da bola, soltou a bomba. A bola foi no ângulo direito de Victor e ainda tocou no travessão antes de entrar: golaço do Coxa! 1 A 0

Vendo as chances na briga pelo título desaparecerem, o técnico Marcelo Oliveira resolveu tirar Robinho do banco de reserva. Poupado, o atacante entrou em campo aos 16 minutos, na vaga de Luan, pouco efetivo no jogo.  A alteração não surtiu efeito, e o Galo continuou ineficaz em campo. Para tentar reverter a situação, o comandante alvinegro decidiu realizar mais duas substituições: Maicosuel, de volta ao time após lesão, assumiu o lugar de Cazares; e Fred, que também havia sido poupado, entrou para a saída de Otero.

Mesmo com a linha ofensiva reforçada, o Atlético não conseguiu criar jogadas perigosas. A equipe tentou lançamentos e inversões, mas pecou nos erros. Nos minutos finais, o Coritiba recuou e dificultou ainda mais as ações atleticanas. Nos acréscimos, o Galo levou mais um golpe. Patric derrubou Kazim dentro da área, e o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Kleber Gladiador deslocou Victor, mandou no cantinho direito e definiu o placar no Couto Pereira: 2 a 0.




sábado, 5 de novembro de 2016

GALO GUARDA COBRAS CONTRA COXA DOMINGO  EM CURITIBA PRA FICAR INTEIRO NA DECISÃO DA COPA DO BRASIL COM O GRÊMIO. JÁ A RAPOSA, FORA DE TUDO, POR QUE MEXE TANTO NO TIME SE NEM RESERVA BONS TEM?

Enquanto Marcelo Pacote Oliveira tem motivo pra preservar os craques do time, desgastados com tantos jogos corridos e muito disputados no Brasileiro, a fim de ter o time titular todo contra o  Grêmio na final da Copa do Brasil, qual é o motivo forte que exige de Mano Menezes mexer mais uma vez, como faz em todas as rodadas, no time do confronto com o Fluminense, neste domingo, no Mineirão? 

Esta é a chama que, atualmente, vem queimando o filme do técnico azul na Toca da Raposa II. Parece que o bicho da inquietude mexe e remexe na cabeça de Mano, tirando-lhe o sono e impondo-lhe medo e insegurança na retinha final do Brasileiro

Esta insegurança, ou medo, ou nome que quiserem dar à fase de incompetência de Mano Menezes após voltar da China não tem peso pra segurar a vaga do Cruzeiro em 2017 na Série A. Convém lembrar que será o último ano da desastrosa administração de Gilvan do Pinho Tavares, que a cada dia abre os espaços necessários pro arrasa-terra ZZ Perrela e seu irmão Alvimar, reocuparem as posições de destaque no clube que tinham antes da chegada de Gilvan. 

A mudança, no início, foi boa: Gilvan recuperou às duras penas as finanças do clube, ganhou dois títulos Brasileiros, com Marcelo Pacote e em seguida só fez lambança.
Gilvan terá seu último ano de mandato em 2017. O desafio será retomar os bons momentos vividos no primeiro mandato, quando o Cruzeiro venceu dois Campeonatos Brasileiros. Se em 2015 e 2016 ele se preocupou em economizar e enxugar as contas, pelo menos no discurso, na próxima temporada a função será manter os bons jogadores e investir em reforços desde o início do período. 

Além de ter que se concentrar no time e nos títulos que precisa voltar a conquistar, o mandatário 
terá a função de escolher um candidato bom pra apoiar nas próximas eleições do clube, no fim do próximo ano. Gilvan poderá ter que enfrentar os irmãos Perrella, antigos aliados, no pleito que ainda não tem data marcada, mas deverá acontecer em outubro de 2017.

MARCELO MAIS CAUTELOSO

 PACOTE VAI PRESERVAR MUITOS TITULARES EM Curitiba, visando a decisão da Copa do Brasil com o Grêmio, sua prioridade no momento.

Bem no seu estilo de valorizar o conjunto, sem desvalorizar os valores individuais, que são decisivos nos momentos fatais, Marcelo Pacote Oliveira diante dos últimos resultados no Brasileiro, decidiu priorizar a Copa do Brasil. Se vencer o Grêmio, o Galo assegura uma vaga na Libertadores do ano que vem e conquista mais um título. E por isso quer preservar alguns titulares como Robinho, Donizete e um dos centroavantes. No Brasileiro pode usar Fred, mas na Copa do Brasil não, pois ele já jogou por outro time - o Fluminense - neste torneio.

Então em Curitiba, neste domingo, contra o Coxa Branca deve entrar com Fred e guardar Lucas Pratto para a decisão. No lugar de Robinho usa Cazales e no de Donizete volta com Carioca.  Robinho e Leandro Donizete estão entre os que mais jogaram pelo time na temporada. O camisa 7 atuou em 51 partidas, enquanto o volante jogou 43. Mesmo se poupar os jogadores, Marcelo sabe que terá substitutos à altura.

Agora que a gente vai poder fazer uma avaliação e ter uma referência maior do cansaço no jogo contra o Inter. Neste sábado teremos os dados e conversar com os jogadores. Robinho e Donizete estão jogando frequentemente e têm substitutos à altura, casos de Carioca e Cazares.”, disse.

CRISTALEIRA DA TOCA

Olhe bem no texto abaixo a quantidade de atletas que o Cruzeiro tem no DM. O time parece depósito de canelas de vidro, de gente de músculos de barbante que arrebenta à toa. Esse Robinho, que no Palmeiras era astro do time, na Toca virou arremedo de jogador. Machuca até em jogo de baralho.
   Robinho do Cruzeiro machuca até em jogo de baralho. Céus!

A dois dias de enfrentar o Fluminense, o Cruzeiro perdeu uma peça importante de seu meio-campo. Com lesão no músculo adutor da coxa esquerda, o armador Robinho foi vetado pelo departamento médico e não entrará em campo no domingo, às 17h, em jogo válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

De acordo com o DM do clube, a lesão foi classificada como “grau um”. A recuperação do atleta dependerá de evolução no tratamento.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o técnico Mano Menezes lamentou a ausência do camisa 19, responsável por três gols e seis assistências na Série A de 2016.
Sem Robinho, é provável que Mano mude toda a estratégia da equipe - se é que tem alguma. Lucas Romero, que atuou na lateral direita diante do Grêmio pela Copa do Brasil, pode retornar ao meio. Assim, Ezequiel seria novamente acionado na ala, já que Lucas parece ter perdido espaço no time após atuações irregulares.
Com 41 pontos, o Cruzeiro está em 13º lugar no Brasileiro e precisa de pelo menos mais duas vitórias para se afastar de vez do risco de cair à Série B. O primeiro clube do Z4 é o Vitória, 17º colocado com 36 pontos.

América pode chegar a feito inédito na Série A

Coelho busca terceira vitória seguida, contra o Santa Cruz, no domingo, no Recife
América venceu as duas últimas partidas na Série A contra Atlético-PR e São Paulo no Horto.A temporada do América na Série A deste ano tem sido uma desilusão aos torcedores .Campeão Mineiro, o Coelho passou a maior parte do Brasileiro na última colocação e só nas últimas rodadas tem conseguido um desempenho satisfatório. Ainda sonhando com a permanência na elite nacional e com o objetivo de terminar a competição de maneira honrosa, os comandados de Enderson Moreira enfrentam o Santa Cruz, no domingo, no Recife, para tentar algo inédito no torneio e igualar a melhor sequência na história do clube mineiro no formato de pontos corridos.

Se bater o Tricolor pernambucano, o América irá conquistar três vitórias seguidas pela primeira vez no Brasileiro de 2016 - a primeira fora de casa na competição. Na única oportunidade que teve de alcançar o feito, após os triunfos sobre Internacional e Botafogo (26ª e 27ª rodadas), o Coelho foi derrotado pelo Coritiba na confronto seguinte.

No entanto, se contarmos os empates contra Ponte Preta e Figueirense (24ª e 25ª), a invencibilidade alviverde no período chegou a quatro jogos. Os oito pontos conquistados nessas quatro partidas, porém, não significam o melhor aproveitamento americano em uma sequência invicta na história dos pontos corridos.



quinta-feira, 3 de novembro de 2016

INSEGURANÇA DE MANO DERRUBA CRUZEIRO NA cOPA DO BRASIL, E O COLOCA EM RISCO NO CAMPEONATO BRASILEIRO

MANO ENSINOU O TIME A BATER, LEVAR CARTÃO AMARELO E SER EXPULSO. 


Não vou além de um simples comentário: o técnico Mano Menezes decepcionou a torcida e este analista com a tremedeira que teve nos jogos contra o Grêmio, pela Copa do Brasil, aqui no Mineirão e lá no Olímpico de Porto Alegre. Teve atuação de treinador despreparado e próprio de time pequeno, principalmente no primeiro jogo, na Pampulha, responsável pela desclassificação do Cruzeiro com a derrota por 2 a 0.  Na partida de volta, ninguém - nem mesmo ele - acreditava na possibilidade dos azuis golearem o tricolor gaúcho em suas plagas. Ficou no empate de 0 a 0, porque se acovardou e deixou-se dominar pelo Grêmio que jogou como quis.

Este quadro, analisado sem paixão, demonstra visivelmente que o descenso não fugiu das preocupações cruzeirenses. Com 41 pontos ganhos e não muito longe da Z-4, o time do acovardado Mano tem atrás de si, antes da zona do descenso, apenas três times: Sport, com 40; Coritiba, 39 e Internacional, 38. Destes enfrenta dois, no campo deles: Sport, no Recife; Internacional, em Porto Alegre.

Na zona do rebaixamento estão Vitória, 36; Figueirense, 33; América, 27 e Santa Cruz, 24.  Os adversários do Cruzeiro são Fluminense, domingo próximo no Mineirão; Sport, no Recife, pela 35ª rodada, e lá o Cruzeiro não vence mesmo; Santos, 36ª, no Mineirão; Internacional, 37ª, em Porto Alegre; Corinthians, em BH, pela 38ª rodada. As declarações otimistas de Mano Menezes são mentirosas e por aqui se vê que o time dele vai descer à Segunda Divisão.

FUTEBOL DE MENTIRA

Nos dois jogos contra o Grêmio, o técnico Mano Menezes inventou à vontade e por isso botou a equipe fora da Copa do Brasil. Usou dois times, um em cada tempo, aqui e em Juiz de Fora.  Não respeita os poucos talentos que o Cruzeiro tem e os põe na reserva sem nenhuma justificativa inteligente. Estranhamente, foi respeitado até agora pela torcida e pela diretoria e deixa no ar a impressão que este futebol mentiroso e acovardado que usou até agora no Brasileiro e na Copa do Brasileiro será seu carro chefe ano que vem. Santo Deus.

Convém alertar que a Série B é mais difícil que a Série A e com o  isso que o time mostrado, convém alertar: o Cruzeiro descerá para a série C com este gaúcho no comando. Aliás, não é só o gaúcho não: o Cruzeiro não tem mais diretor de futebol, nem gerente e nem presidente. Seria bom que reformasse tudo para o próximo ano e começar de novo.  2016 já era, cairá mesmo e só poderá voltar se mostrar outro perfil ano que vem.

GALO PASSA, MAS O SUSTO FICOU DE NOVO

De novo, como sempre, no comando de Marcelo Oliveira, o Atlético foi em frente e venceu: tomou uma virada do Internacional e o jogo caminhava para a decisão nos penais quando de novo, outra vez, como sempre, Lucas Pratto salvou a equipe fazendo o gol de empate.

 Como havia vencido em Porto Alegre por 2 a 1, o Galo tornou-se finalista da Copa do Brasil com o empate. Mas a torcida deixou o Independência, olhando de viés porque agora o time pega na decisão o Grêmio, adversário em melhor fase que o Inter.

 Galo começou  mal diante do Internacional e só acordou depois de passar pelo vestiário no intervalo, quando perdia por 2 a 1. Na etapa final, o Alvinegro foi para cima, criou grandes oportunidades e chegou ao empate com Lucas Pratto, que garantiu o time na decisão da Copa do Brasil.

Depois do empate alvinegro, o time parecia querer se encaixar, mas levou um gol numa falha absurda do goleiro Victor. que dominou mal e perdeu a bola pro Anderson e viu o Inter sair em vantagem. Marcelo tentou explicar a superioridade dos visitantes elogiando o time comandado por Celso Roth.

 

FILHO DO REI TREINADOR

Pelé nasceu em Três Corações, mas começou a jogar mesmo em Bauru. Nunca deu muita bola pra cidade onde nasceu, até agora. Seu filho Edinho,(foto) que foi goleiro do Santos, está em Três Corações para comandar o Tricordiano no campeonato mineiro da Série B. Sua vida foi complicada até agora e Edinho acabou sendo condenado e preso por tráfico. Começa uma vida nova que a gente espera que dê muito certo: a de treinador.
SELEÇÃO NO HORTO

Torcedores já formavam uma longa fila pra trocar alimentos não perecíveis por ingressos do treino aberto da Seleção Brasileira no Independência. A atividade comandada por Tite ocorrerá às 17h30 da próxima segunda-feira. Oito mil bilhetes serão disponibilizados ao público

terça-feira, 1 de novembro de 2016

GALO DEIXA DE PENSAR EM KALIL E BRASILEIRO PRA FOCAR NA COPA DO BRASIL 

Vitorioso nas eleições Kalil pensa agora só na Copa Brasil.


                               Há três anos, Wilson José, eu e Vinicius revelação do rádio.

Perto de disputar as finais da Copa do Brasil, dependendo apenas do empate com o Internacional no Independência, lotado, pra alcançar a final da Copa do Brasil. O Atlético conta no banco de reservas com um especialista: Marcelo Oliveira. O treinador alvinegro já disputou quatro decisões do torneio e, se passar pelo Internacional, nesta quarta-feira, no Independência, vai se tornar recordista, dividindo o feito com Luiz Felipe Scolari.
Felipão foi cinco vezes finalista em um intervalo de 21 anos, nas edições de 1991 (campeão com o Criciúma), 1994 (campeão com o Grêmio), 1995 (vice com o Grêmio), 1998 (campeão com o Palmeiras) e 2012 (campeão com o Palmeiras).
Já Pacote busca igualar o recorde de Scolari com apenas seis anos, desde a primeira decisão disputada, em 2011, quando foi vice-campeão com o Coritiba. O treinador voltou a brigar pela taça em 2012 (vice novamente com o Coritiba), 2014 (vice agora com o Cruzeiro, perdendo o título para o Atlético) e 2015 (campeão com o Palmeiras).


RAZÕES DAS COMEMORAÇÕES

 Afora a chance de se classificar na Copa do Brasil pois a quinta final está bem encaminhada, o Galo tem a excelente colocação classificação no Brasileiro. em que pese ter caído uma posição no empate com o Flamengo (2 a 2), o Galo continua entre os quatro e só depende dele.E mais a grande vitória do ex-presidente Alexandre Kalil, novo prefeito da Capital, e coroado como político do futuro. Eu mesmo já o lancei aqui como próximo candidato à Governador de Minas pra limpar a trilha de Anast-azia e Aécinho.

No primeiro jogo, em Porto Alegre, o Atlético venceu por 2 a 1 na volta por até perder por 1 a 0 pra ficar com a vaga. A campanha atleticana até chegar à da Copa do Brasil deste ano foi irregular e marcada por superações. Nas oitavas de final, o Alvinegro empatou os dois duelos com a Ponte Preta: 1 a 1 no Mineirão e 2 a 2 em Campinas. O segundo gol fora de casa, que classificou o time, só saiu aos 40 minutos do segundo tempo.
Nas quartas, contra o Juventude, clube da Série C, o Galo voltou a ter obstáculos. No Mineirão, vitória por 1 a 0. Em Caxias do Sul, derrota por 1 a 0. A decisão foi para os pênaltis. Victor pegou duas cobranças e levou a equipe às semifinais.

Com chances remotas de título no Campeonato Brasileiro, Marcelo Oliveira quer mobilização do time na Copa do Brasil. Apesar das dificuldades enfrentadas, o treinador ressalta que o Atlético é um dos quatro que sobreviveu no torneio:
“Vamos nos mobilizar para o jogo contra o Inter. Chegar numa competição com 96 clubes não é fácil, porque tem o título e a vaga na Libertadores em disputa. Esperamos concretizar nossa passagem”, disse Marcelo.

SITUAÇÃO MAIS DRAMÁTICA

A situação do Cruzeiro é a mais dramática porque está em 13º, com 41 pontos, mas atrás dele estão Sport do Recife, Coritiba e Internacional e Vitória, o primeiro da lista do descenso. Na 34ª rodada, domingo, o Cruzeiro pega o Fluminense, no Mineirão. Não é jogo fácil. O tricolor tem 48 pontos ganhos e luta pelo G-4.
Pra ficar mais tranquilo, os celestes necessitarão da vitória do Palmeiras sobre o Internacional; do Grêmio, em casa, em cima do Sport e que o Furacão derrote o Vitória, em Salvador. Também que o Coritiba tropece.

HOJE CONTRA O GRÊMIO

Contra o Grêmio, esta noite, as chances do Cruzeiro são pequenas. Perdeu a partida de ida no Mineirão por 2 a 0 e precisa de vencer  de 3 a 0, no Olímpico de Porto Alegre. Missão impossível. Não levar gol  Mano anuncia viajou e anunciou uma equipe forte, diferente daquele que perdeu para os gremistas. Quero ver se vinga este papo furado do Mano, que relacionou os seguintes jogadores

Relacionados:
Goleiros: Lucão, Lucas França e Rafael 
Laterais: Edimar e Lucas 
Zagueiros: Bruno Rodrigo, Fabrício Bruno, Léo e Manoel 
Meio-campistas: Alex, Ariel Cabral, Bruno Nazário, Bruno Ramires, De Arrascaeta, Denilson, Federico Gino, Henrique, Lucas Romero e Robinho 
Atacantes: Alisson, Rafael Sóbis, Ramón Ábila e Willian