terça-feira, 13 de dezembro de 2016

RANKING MENTIROSO ESTE DA CBF

Não existe um ranking no mundo do futebol que eu não tenha xingado, até aqueles que são favoráveis, em parte, ao que penso.Este ranking da CBF, até mesmo porque é da CBF, casa de mentirosos e corruptos, não acredito nele. Segundo este ranking, o  Atlético não conquistou títulos em 2016, mas as boas participações no Campeonato Brasileiro (quarto lugar) e na Copa do Brasil (vice-campeão) fizeram o clube subir no ranking da CBF. O Galo, que era o sétimo ao fim do ano passado, subiu pro quinto lugar, ultrapassando o rival Cruzeiro.
De acordo com o critério de pontuação da CBF, o Galo somou 560 pontos pelo quarto lugar na Série A e 480 pontos pelo vice-campeonato na Copa do Brasil.
No fim do ano passado, o Atlético somava 13.244 pontos. Agora, o clube tem 14.312, atrás apenas do Grêmio (1º), Palmeiras (2º), Santos (3º) e Corinthians (4º).

TRINCHEIRA: Mentira no resto das classificações, também.

A CBF - Confederação Brasileira de Futebol - divulgou nesta segunda-feira o Ranking de Clubes e Federações da entidade, que leva em conta o desempenho das agremiações nas últimas cinco temporadas. Por causa das campanhas modestas em 2015 (8º) e 2016 (12º), o Cruzeiro caiu do terceiro pro o sexto lugar, sendo ultrapassado pelo rival Atlético (5º). Campeão da Copa do Brasil. o Grêmio assumiu a liderança.
Esta m. de ranking só tem valor, conforme cita a CBF, nos últimos cinco anos. Quem ganhou títulos antes não leva ponto nenhum agora. A Raposa, que somava 14.064 pontos, aparece com 14.202. Além do maior rival, o clube celeste perdeu posições para Santos e Palmeiras.
Apesar da queda de posição, o time azul segue entre os melhores do país em função do bicampeonato nacional conquistado em 2013 e 2014.

TRINCHEIRA: Se tivesse disputado outro título em 2016, o Cruzeiro o perderia, também. Que ano brutal!

CRUZEIRO BUSCA CARTOLA NA CBF - Cruzeiro busca diretor na CBF, Erasmo Damiani. Ele viria pro lugar de Thiago Scuro cujo contrato não foi renovado. Não conheço o dito-cujo, como não conhecia Scuro.

TRINCHEIRA: Por que o Cruzeiro não pensa em Piazza, Raul, Procópio ou algum ex-jogador ligado ao clube? Esses estrangeiros vêm e atolam o time.

CRUZEIRO TRAZ DOIS:  Diogo Barbosa e Caicedo - Caicedo chega pra acertar questões de documentos. Depois descansa alguns dias pra pré-temporada. O Diogo também. Terça-feira, quarta-feira, no máximo, tudo será acertado com eles. O Cruzeiro namora, também, Marcelo Moreno que está na China e bem. Diretoria fala em contratações pontuais pra posições que precisam de reforços.

BRUNO RODRIGO NO GALO- Esta informação surgiu na Toca da Raposa. Rodrigo fica sem contrato no final do ano e não será renovado. William do Bigode é outro na lista dos negociáveis ou como moeda de troca. Quanto a Rodrigo, tudo bem pois não tem jogado nada.
Rodrigo faz seus gols de cabeça quando na área adversária, porém entrega a rapadura quando joga mesmo de zagueiro. Lento, pesadão e sem técnica. William atravessou uma péssima temporada, porém não é indispensável.

ROBINHO FALA EM SAIR - Robinho foi o melhor em campo contra o Corinthians: duas assistências e um belo gol que deu a vitória por 3 a 2 sobre o Timão, no entanto disse depois do confronto que não sabe se ficará na Toca da Raposa ano que vem.

Ele tem mais um ano de contrato e já fala em sair, que saia logo, ou então renove por mais dois anos sua permanência no DM da Toca que foi o lugar onde mais tempo permaneceu este ano. O Cruzeiro não gastou dinheiro pra trazer Robinho. Foi trocado por Fabrício e Fabiano. Só desse jeito vale a pena.

DIANTE DAS CÂMERAS DA TEVÊ CARTOLA AGRIDE JORNALISTA COM SOCO NO ROSTO E CONTINUA IMPUNE.

Certo dia confidenciei a colegas de televisão que muito em breve um atleta ou um cartola esbofetearia qualquer reporter setorista ao vivo e a cores. A cada termporada vejo crescer, desde o meu tempo de presidente da AMCE - Associação Mineira de Cronistas Esportivos - os embates verbais e quase físicos entre cartolas, atletas e cronistas. A falta de respeito é total, os jogadores não aceitam mais entrevistas isoladas, só as coletivas e olhem lá. Os cartolas desafiam os comentaristas e só falta chamá-los para a briga.

 O exemplo disso aconteceu em Porto Alegre, justo com o cartola mais elogiado pela mídia gaúcha e tido como cavalheiro pela imprensa tupiniquim, sr. Fernando Miranda, ex-presidente do Internacional, vivendo grande crise com a queda pra segunda divisão. Fernando Carvalho agrediu com um soco no rosto o jornalista Júlio Ribeiro, diante das Câmeras do programa Cadeira Cativa. Uma vergonha que precisa da intervenção do Ministério Público com uma ação de agressão física contra o tal cartola.

NA VITÓRIA DO TETO, GOVERNO RECEBE AVISO

POR MÍRIAM LEITÃO*

O governo tem razão de comemorar e motivo para ficar atento. Conseguiu aprovar uma medida indigesta que foi pouco explicada e contra a qual a oposição foi bem-sucedida em espalhar a ideia de que corta o dinheiro da saúde e da educação. Não é verdade. O teto recai sobre o Orçamento e houve até um aumento de despesas de R$ 10 bilhões para a saúde com a elevação de 13% para 15% da receita. Esse valor de 15% só se chegaria em 2020 por uma emenda que fora aprovada em 2014 no Congresso. Mesmo assim ficou essa “narrativa”, e o governo não conseguiu se explicar.
O projeto, detestado por 60% dos brasileiros, foi aprovado em dois turnos na Câmara e dois no Senado. O desta terça-feira foi por pouco — quatro votos a mais do que o necessário —, mas a votação ocorreu apesar do forte agravamento da crise. O sinal de alerta fica para a próxima temporada. A reforma da previdência provoca ainda mais reação e o governo está ficando dia a dia mais fraco.

*TRINCHEIRA -  Miriam Leitão é mais outra conterrânea de Caratinga cujo sucesso na grande mídia como analista econômica é indiscutível. Não tenho outra opinião formada  sobre ela, porque detesto o caderno de economia e qualquer matéria a respeito. Porém, tenho profundo respeito pela Família Leitão, desde os tempos do Reverendo Uriel Leitão - pai da jornalista - passando pelo seu irmão Cláudio que honrou-me com a criação do Memorial Flávio Anselmo no Casarão da Arte, pertencente à universidade Doctum do qual são proprietários e que já se espalha por aquelas bandas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.