domingo, 26 de fevereiro de 2017

  
GALO SECA A LAGOA DO JACARÉ, MAS VENCE APERTADO

Não teve gramado ruim, nem temperatura alta, calor exagerado, que impedissem Democrata Jacaré e Atlético de fazerem uma partida bem disputada, corrida e igual, no Estádio Mamud Abas, em Governador Valadares e que só não terminou empatada porque a arbitragem anulou um gol lícito dos locais. No apito final, com 3 a 2 pró Atlético no placar, a torcida que lotou o estádio apesar de ser sábado de carnaval saiu às ruas sambando motivada pelo espetáculo que acabara de assistir.

O Atlético manteve a liderança isolada do Campeonato Mineiro, com a quinta vitória consecutiva. Mas o Galo teve dificuldade e só conseguiu atingir o objetivo de continuar com o aproveitamento de 100% graças aos centroavantes. Neste sábado de carnaval, quem comandou a folia alvinegra foi a dupla Fred e Rafael Moura, responsável pela vitória de 3 a 2 diante do Democrata, em Governador Valadares.

Em mais uma atuação decisiva, Fred balançou as redes em duas ocasiões, enquanto Rafael Moura, o He-Man, foi importante ao recolocar o Galo em vantagem, depois que a Pantera chegara ao empate. Márcio Diogo e Esquerdinha marcaram para o time da casa. Pela primeira vez sob o comando do técnico Roger Machado, o Atlético sofreu dois gols, o que deixou o comandante aborrecido depois da partida.

De qualquer forma, o Galo alcançou o objetivo de manter a liderança. Com a quinta vitória seguida, o time alvinegro foi a 15 pontos, aproveitamento de 100%, e garantiu a ponta em mais uma rodada. O Democrata, por sua vez, vive situação delicada e briga contra o rebaixamento ao Módulo II, com apenas três pontos – é o primeiro time fora da zona de descenso.

O Atlético volta a campo, pelo Estadual, no próximo sábado, dia 4, quando receberá o Villa Nova no Independência. Antes, o Galo terá compromisso pela Primeira Liga, diante da Chapecoense, no interior catarinense, na Quarta-Feira de Cinzas. O Democrata-GV sairá para encarar o Tombense, no sábado que vem, em Tombos.

O Democrata foi premiado pela insistência. E aproveitou erro na saída de bola do Galo para empatar, aos 16min. Márcio Diogo recebeu livre na área e tocou na saída de Giovanni: 1 a 1. Do lado atleticano, a saída de Robinho foi ruim para o lado esquerdo do ataque, principalmente pelo fato de Cazares não ter entrado bem. A última cartada de Roger foi mandar a campo mais um homem de área, Rafael Moura, já que Fred não recebia bolas e estava isolado.

Tão logo entrou, o He-Man mostrou mais uma vez ter estrela. Aos 28, Marcos Rocha cobrou escanteio pela direita, Rafael Moura cabeceou duas vezes para mandar a bola para rede, na base da insistência: 2 a 1. E comemoração característica, como a do personagem do famoso desenho animado.

O Democrata manteve a postura atrevida, só que Fred estava em mais um dia de artilheiro. Aos 35, ele recebeu de Cazares, deu um ‘chapéu’ no marcador e completou de primeira: 3 a 1. Um golaço para consolidar a liderança isolada e os 100% de aproveitamento no Estadual. A Pantera ainda diminuiu, aos 43. Esquerdinha entrou livre e tocou sem chance para Giovanni: 3 a 2. A reação dos anfitriões, no entanto, parou por aí.

De olho no marketing, time da Série B do AM confirma interesse por Bruno




O goleiro Bruno(FOTO)mal saiu da Apac de Santa Luzia, em Minas Gerais, onde cumpria pena desde 2015, e já vê seu nome circulando no mercado da bola. Um dos clubes que confirmou interesse pelo atleta, atualmente vinculado ao Montes Claros-MG, foi o Penarol-AM, equipe que disputa a Série B do Campeonato Amazonense, mas que já garantiu acesso à elite estadual.

FALA DO CARTOLA

O diretor de futebol do Leão da Velha Serpa, Sérgio Rodrigues, disse que o entusiasmo existe, mas até agora não há nada de oficial. De acordo com o dirigente, o objetivo é elevar o marketing do clube e, para isso, ''não serão medidos esforços''.
- Há cinco equipes interessadas. Aproveitamos que ele está no mercado e não vamos medir esforços para contratá-lo. Flamengo e Vasco comandam o Amazonas, e o nosso objetivo é elevar o marketing do clube. Vamos tentar contar com ele agora, que ainda não está muito valorizado - disse.
Na noite de quinta-feira, o ministro Marco Aurélio concedeu habeas corpus impetrado pela defesa do jogador, e Bruno saiu do presídio ainda nesta sexta-feira. O problema é que o habeas corpus ainda vai ser julgado pelo STF. Se for negado, Bruno terá que voltar para a prisão.
 Rodrigues, no entanto, não dá importância ao imbróglio:
- O torcedor é apaixonado. Quando vê o cara dentro de campo, ele esquece. Podemos colocar 6 mil pessoas em jogos oficiais. Podemos lucrar de outras formas - finalizou.
Bruno não atua profissionalmente desde o dia 15 de junho de 2010, quando defendeu o Flamengo contra o Goiás pela Série A do Brasileiro. O goleiro foi condenado pelos crimes de assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samúdio e pelo sequestro e cárcere privado do filho Bruninho. Eliza, mãe do filho do goleiro, desapareceu em 2010, aos 25 anos. Seu corpo nunca foi encontrado. Bruno foi transferido em 2015 da penitenciária de Nelson Hungria, em Contagem, para o Centro de Reintegração Social da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (APAC), em Santa Luzia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.