sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

GOLEIRO BRUNO CONSEGUE HABEAS CORPUS E DEVE DEIXAR A CADEIA

Ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu um habeas corpus que permite a saída de Bruno da prisão.




Conforme matéria escrita pelo repórter Guilherme Paranaíba e publicada no superesportes desta sexta-feira, 24, bruno, ex-goleiro do galo, flamengo e Corinthians, será libertado nesta data graças a um habeas corpus do STF, aquele mesmo órgão de justiça que protege os bandidos do lava jato.
Bruno foi condenado pelo sequestro, morte e ocultação do cadáver da modelo Eliza Samudio, vai pra rua com a sua arrogância e perigosa personalidade, antes de cumprir a pena imposta. .

O ministro marco Aurélio Mello, do supremo tribunal federal (STF), concedeu um habeas corpus que permite a saída do goleiro Bruno Fernandes da prisão na noite desta quinta-feira. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do STF na manhã desta sexta-feira.

O ministro deferiu o habeas corpus número 139612, que permite que bruno recorra de sua condenação pelo sequestro, morte e ocultação do cadáver da modelo Eliza Samudio em liberdade.

 segundo a assessoria do STF, Marco Aurélio argumentou que o recurso já estava há três anos sem apreciação e, portanto, deu a bruno o direito de continuar esperando essa análise solto.

Ainda segundo a assessoria, o documento é válido apenas se ele não estiver preso por outros crimes que não tenham relação com o caso Eliza samudio. Os trâmites de análise do alvará e liberação do goleiro cabem à vara de execuções penais de santa Luzia, já que bruno está preso na associação de proteção e assistência ao condenado (APAC) da cidade da grande BH.

O advogado Lúcio Adolfo, que representa bruno, disse que já está na APAC aguardando a liberação do cliente. "a expectativa é que ele seja liberado por volta do meio-dia", diz o defensor.

Trincheira: Enquanto isso a sociedade corre pra casa, reforça as fechaduras de portas e janelas, pois outro perigoso assassino está sendo colocado nas ruas pela justiça tupiniquim.

 

Secretário critica atlético por ideia contra à venda de mandos de campo.

A decisão, que partiu de uma sugestão da diretoria do atlético, gerou insatisfação no secretário do df, que disparou contra o clube mineiro: "o atlético, que liderou isso, acredita que só tem torcida em belo horizonte? Garanto que tem muitos no distrito federal, muitos deles meus amigos", disse Jaime recena em entrevista ao portal da ESPN.

A insatisfação do secretário de turismo do distrito federal é explicada pelo fato de o estádio nacional Mané Garrincha só receber jogos de expressão quando há venda de mando ou amistosos da seleção brasileira.

além do Mané Garrincha de Brasília, estádios como a arena das dunas, a arena Amazônia e a arena Pantanal também sofreriam com a nova regra. Jaime recena destacou ainda que a principais vítimas da proibição são as torcidas dos clubes residentes fora do estado de origem, que perderiam a oportunidade de assistir partidas dos times de coração.

Assim como o secretário de Brasília, o presidente do flamengo, Eduardo bandeira de melo, se mostrou contra a decisão dos clubes de proibir a venda dos mandos de campo.

"o Flamengo não votou a favor, tem torcida em todos os lugares. A decisão foi ruim porque inviabiliza três, quatro arenas da copa do mundo, que sobrevivem com jogos dos clubes de fora dos estados, principalmente o flamengo. Fomos absolutamente contrários, mas não tem nada a fazer", afirmou bandeira de Mello, ao fim da reunião na CBF.

Como ficou o galo

Para Daniel Nepomuceno, presidente do atlético, o grande problema é que alguns clubes passaram a se beneficiar tecnicamente com a venda de mandos em fases decisivas do brasileiro. Por isso, a maioria votou a favor da proibição.

"empresários apareceram para comprar os mandos. Santa cruz e América venderam o mando não com a intenção de levar público.e geraram inversão de mando. Isso que somos contra”,

Daniel Nepomuceno ao lembrou-se dos jogos entre América e palmeiras, em londrina-pr, em 9 de outubro, e santa cruz e Corinthians, em cuiabá-mt, em 12 de outubro, já na reta final do campeonato brasileiro do ano passado.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.