sábado, 11 de fevereiro de 2017

TORCIDA NÃO ACEITA NOVAS CONDIÇÕES DO CRUZEIRO


 

Cruzeiro tem jogado pra público menor que cinco mil torcedores como não acontece há tempos. Sabem por quê? Por causa das novas condições estabelecidas pela cartolagem pros sócios do futebol e elas não foram bem-aceitas. Pelo menos é o que indicaram os públicos registrados nos jogos contra Tricordiano (domingo, pelo Campeonato Mineiro) e Chapecoense (quinta-feira, pela Primeira Liga). Nessas partidas, o número de torcedores pagantes foi inferior a cinco mil: 4.612 e 4.834, respectivamente.


A justificativa dada pelo Cruzeiro é que o clube perdeu arrecadação com torcedores que abriram mão da renovação do programa e passaram a comprar ingressos de outros sócios. De fato, o time sofreu queda brusca no número de clientes: caiu de mais de 78 mil para cerca de 60 mil, segundo o departamento de marketing. No Torcedômetro do Movimento por um futebol melhor estão cadastrados 50,1 mil sócios cruzeirenses.

Com a estratégia de limitar o benefício para recuperar os sócios perdidos, o Cruzeiro só conseguiu vender quantidade significativa de ingressos no clássico com o Atlético – jogo de grande apelo público disputado em 1º de fevereiro. Na vitória por 1 a 0 sobre o maior rival, 18.648 dos 39.440 bilhetes negociados pelos clubes foram adquiridos por cruzeirenses. Somadas as entradas de camarotes e tribuna, o número foi de 39.811 pagantes.

 

TRINCHEIRA: Tô aqui, mascando a minha goiabinha vermelha de Rio Casca e matutando: o que passou pela cabeça da cartolagem azul pra fazer tal mudança que afastou a torcida? IDEIA de time pequeno?

 

 

FIM DE CASO ENTRE PRATTO E GALO

 

Há dias, ou meses, que Lucas Pratto descobriu a música de Dolores Duran, incrível Dolores, cuja letra diz o seguinte:

Eu desconfio, 
Que nosso caso está na hora de acabar.
Há um adeus em cada gesto, em cada olhar,
O que não temos é coragem de falar.
Nos já tivemos a nossa fase de carinho apaixonado
De fazer verso,
De viver sempre abraçados.
Naquela base do eu só vou se você for.
Mas de repente, 
fomos ficando cada dia mais sozinhos.
Embora juntos,
cada qual tem seu caminho.
E já não temos nem vontade de brigar...
Tenho pensado,
E Deus permita que eu esteja errada. 
Ah, eu estou.
Eu estou desconfiada
que o nosso caso está na hora de acabar
...

 

E chegou ao fim mesmo. Lucas Pratto, ídolo da Massa Alvinegra, goleador do Galo, já apaixonado com o clube e com a torcida, foi embora pro São Paulo negociado por ume pequena fortuna.

Agradou ao Atlético, que reforçou o adversário, e ao atleta que não sairá do Brasil e nem se afundará nas lamas do futebol chinês. Lucas Pratto representa a terceira transação mais cara entre dois times do futebol tupiniquim: para tirar Pratto do Atlético-MG, o São Paulo desembolsou 6,2 milhões de euros (R$ 20,7 milhões) por 50% de seus direitos econômicos. Ele assinou um contrato de quatro anos com o clube do Morumbi. Esta, até o momento, foi a contratação mais cara do Tricolor para o ano de 2017.

 

Após a vitória por 2 a 0 sobre o Joinville, pela segunda rodada da fase de grupos da Primeira Liga, os alvinegros começaram a preparação para o duelo contra o Uberlândia, amanhã, em BH. Os triangulinos são segundos colocados do Campeonato Mineiro. O jogo marca o encontro dos dois times mais bem posicionados na tabela - o Galo lidera a competição por conta do maior saldo de gols.

Apesar do bom momento da equipe, o treino marcou um momento triste para a torcida alvinegra: foi a primeira atividade desde a negociação de Lucas Pratto.

 

TRINCHEIRA- As viúvas de Pratto agora precisam entender que o goleador é página virada: foi embora. No seu lugar ficam Fred e Robinho, duas máquina.

TRONO DE OURO

A fortuna de Michael Jordan, ganha no basquete americano, é de chocar. Tanto que ele vai pros jogos da NBA com uma cadeira especial dourada. A popularidade da NBA está em alta, e com ela, os jogadores de basquete estão ganhando mais dinheiro do que nunca.

Enquanto alguns ganham seus salários, fazendo grandes espetáculos todas as noites, outros lucram com o doce dinheiro garantido do contrato da liga. Isto nem sequer inclui todo o dinheiro que os jogadores ganham com os endossos. É claro que, com este dinheiro, vem o poder de compra para poder-se adquirir umas coisas bem luxuosas.

RODADA DO MINEIRO 

A terceira rodada do campeonato mineiro, além de Tupi x Cruzeiro neste sábado, tem Villa Nova x América-TO, Tombense x Tricordiano; e à noite, em Poços de Caldas, Caldense x América.

No domingo, o Uberlândia que faz bela campanha, enfrenta o Atlético em BH, enquanto URT x Democrata Pantera se defrontam em Patos de Minas.



Livre de vírus. www.avast.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.