sábado, 25 de fevereiro de 2017

trincheira gostosa do flavio anselmo

CARNAVAL DE BH SOB CLIMA DE VIOLÊNCIA

SITE: O TEMPO:
 MATÉRIA: BARBARA FERREIRA


Quando a banda para e a festa se dissipa, quem tem entrado em cena no Carnaval de Belo Horizonte é a violência. Segundo foliões da capital, roubos e agressões têm sido comuns após as apresentações de blocos. Bandidos estariam agindo enquanto os foliões seguem para casa. A situação já atraiu a atenção da Polícia Militar, que promete aumentar a vigilância nesses locais. Neste ano, são esperados 2,4 milhões de pessoas nas ruas da cidade.

Na última quarta-feira, após a apresentação de um bloco no centro, um empresário de 32 anos presenciou assalto a uma pessoa, que foi agredida por bandidos. Ele ainda tentou acionar a Guarda Municipal, mas acabou algemado por desacato. O empresário, que pediu anonimato, contou que, antes, teve o celular roubado no bloco.

“É horrível a sensação de impotência, ainda mais quando você está tentando fazer seu dever de cidadão, de tentar ajudar ao presenciar um roubo e uma agressão covarde
”, lamentou.

Outra vítima relatou em redes sociais ter presenciado um grupo de homens agredindo dois jovens que pegavam um taxi na Savassi, na região Centro-Sul, no domingo. Segundo o relato, os assaltantes bateram muito nas vítimas com pedaços de madeira e bastões enquanto roubavam seus celulares.

Ações. Já preocupados com a quantidade de pessoas nas ruas e tentando evitar que a volta para casa seja perigosa, a PM afirma que já está reforçando o efetivo, além de fazer o monitoramento das imediações e dos momentos de dispersão dos blocos.
Segundo o chefe da sala de imprensa da PM, major Flávio Santiago, serão colocados policias especialmente para acompanhar o fim dos eventos. Ele explicou que os militares foram orientados a ficar atentos e atender acenos de pessoas que possam estar sendo alvo de bandidos.

Sobre a detenção do folião, a Guarda Municipal informou que a corregedoria já ouviu a vítima e que a atuação dos agentes está sendo investigada, mas que a possível violência vai contra o modo de atuação da corporação.
Além dos casos de crimes com uso de violência, os furtos também têm sido frequentes desde o pré-Carnaval e têm preocupado os foliões. Normalmente são situações em que a vítima não percebe a atuação dos bandidos e acaba sem conseguir denunciar ou acionar a polícia.

A advogada Cibele de Freitas Santos Dias, 35, foi uma das vítimas. Nessa quinta-feira (23), durante o bloco Roda de Timbau, no centro de Belo Horizonte, ela teve o celular roubado. O aparelho estava dentro de sua bolsa, que foi aberta pelos bandidos.

“Eles fizeram uma rodinha em frente ao bloco. Uma pequena confusão em que as pessoas ficaram muito espremidas. Nesse momento, levaram meu celular. Em seguida, a rodinha se dispersou, mas eu não conseguia distinguir quem foi que levou o meu celular”, contou.
Segundo a mulher, a partir de agora ela não sairá mais com bolsas durante o Carnaval. “Mesmo as fechadas não são seguras. Eles abrem, e a gente nem percebe na hora, lamentou.

   
24 de fevereiro às 17:47

Dr. Flávio Anselmo, o Sr. é um advogado! Lamentável o que escreveu sobre a corretíssima e legalíssima decisão do Ministro Marco Aurélio Melo, a quem rendo minhas homenagens nesta oportunidade!
TRINCHEIRA: Obrigado, Dr. Cláudio, que bom ser acompanhado por um dos delegados mais competentes da Polícia Civil de MG. Respeito sua opinião, porém fico com a minha. Com certeza foi correta, mas botou um PMD (Psicótico, Maníaco, Depressivo) na rua. Que ele comece logo a trabalhar ainda que no Montes Claros.


EVERTON LUIZ NOVA VÍTIMA DO RACISMO EUROPEU


Uma das imagens mais lamentáveis presenciadas no futebol mundial ocorreu no último final de semana, quando o brasileiro Everton Luiz saiu de campo às lágrimas após ouvir insultos racistas durante todo o jogo entre Partizan e Rad. As reações dos clubes, no entanto, foram bastante distintas para o caso.

Após as manifestações racistas, a organização do campeonato sérvio rapidamente entrou em cena e suspendeu a realização de partidas no estádio do Rad. O Partizan também emitiu uma nota: “As ações insensatas não são apenas racistas, mas também representam um ato de ódio contra o Partizan e todos os cidadãos da Sérvia”.

Por outro lado, nesta quinta-feira, a vice-presidente do Rad., Jelena Polic, mostrou uma atitude distinta quanto as manifestações racistas ocorridas e ampliou a polêmica do caso.
Por meio de sua conta no Facebook, a mandatária afirmou que Everton Luiz “deveria voltar ao Brasil e mostrar seus dedos escuros”.

Ao que parece, temos que respeitar os demais mais do que nós mesmos, já que o Partizan tem sete jogadores estrangeiros. E logo começam as lágrimas falsas, a história de ‘Amo a Servia e a vejo como minha casa’. Por que não volta ao Brasil e mostra seus dedos escuros?”falou mais a cartola.

EDSON  MOREIRA CONDENA SOLTURA DE BRUNO

O deputado federal Edson Moreira da Silva (PR) afirma que a soltura do goleiro Bruno Fernandes das Dores, de 32 anos, pode encerrar de vez a possibilidade de se encontrar o cadáver da modelo Eliza Samudio, dando a entender que providências para isso poderiam ser tomadas pelo condenado. "Soltando o Bruno é que esse cadáver nunca mais vai ser encontrado. Pode ter certeza disso, ele não vai deixar", afirma. O deputado foi o delegado que construiu o inquérito sobre o sequestro, morte e ocultação do cadáver da modelo.


a) Bruno no dia em que foi posto em liberdade; b) dr. Edson Moreira, deputado federal, indignado com a soltura de Bruno

Moreira não se conforma com a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, que concedeu ao goleiro Bruno Fernandes das Dores o direito de aguardar o julgamento do habeas corpus contra sua prisão preventiva em liberdade. "Não faz sentido. Isso é uma decisão falha. O réu já foi condenado. Numa condenação em segunda instância já há o entendimento de que o réu deve ficar preso", afirma. O goleiro Bruno foi condenado como mandante do crime a 22 anos e três meses de prisão e cumpre a pena na Apac de Santa Luzia, na Grande BH.

O QUE ACONTECE COM O SENADOR ROMÁRIO:  emagreceu 15 quilos
Baixinho gordo e magérrimo

Em entrevista ao Fantástico, o Baixinho revelou que sofria com as complicações causadas pela diabetes e viu em um método novo a solução para seu problema. "Perdi uns 15 quilos nos primeiros dias. O objetivo não era apenas me deixar magro, é controlar a diabetes", disse Romário ao programa dominical.
Alguns médicos especialistas em emagrecimento se pronunciaram sobre esse tipo de procedimento. O próprio Conselho Regional de Medicina (CRM) explica que só deve ser realizado em pessoas com IMC (Índice de Massa Corporal) maior que 40, o que indica um grau de obesidade. Por isso o procedimento pelo qual passou Romário foi tão arriscado.

Uma opção inovadora- O sucesso da notícia do emagrecimento de Romário não se deve apenas pela imagem diferente do político. A procura por maneiras diferentes de emagrecer segue sendo um dos principais assuntos comentados na internet e métodos seguros para alcançar o corpo ideal são cada vez mais raros.

Nessa vertente, tratamentos orgânicos surgem como opção saudável e, dependendo da fórmula, até mesmo rápida para solucionar o problema da obesidade. Recentemente, chegou ao Brasil uma fórmula inovadora que reúne o poder dos superalimentos com termogênicos naturais.

Sucesso absoluto nos Estados Unidos, as cápsulas de
SlimCaps são a união de sementes de chia, cafeína, óleo de cártamo e outros nutrientes que aceleram a queima calórica naturalmente. Segundo depoimentos de usuários, é possível eliminar até 12kg em um intervalo de 30 dias.

Agindo diretamente no metabolismo, o tratamento de SlimCaps é dividido em duas fórmulas, uma para ser ingerida de dia e outra durante à noite. A primeira, acelera a queima calórica e reduz medidas; a segunda, serve para inibir o apetite e diminuir aquela vontade de comer besteira.

GALO SEM FOLIA NO TERREIRO JOGA EM GV

O sábado de carnaval vai ser também de futebol para o torcedor do Atlético. Em Governador Valadares, o time vai defender a liderança isolada do Estadual frente ao Democrata. O confronto começa às 16h30, no estádio Mammoud Abbas, o Mamudão.

O Galo lidera a competição com 12 pontos. É o único clube com 100% de aproveitamento. O Democrata-GV ocupa a 9ª posição, com apenas três pontos.

Apesar do clima festivo em todo o país, o técnico Roger Dias garante a equipe focada em buscar os três pontos:
Para encarar o Democrata, o treinador vai promover duas alterações na equipe. Na zaga, Leonardo Silva será poupado. O defensor não tem nenhum problema médico, mas vem de recente recuperação de lesão. Felipe Santana vai formar a zaga ao lado de Gabriel.

No ataque, Robinho ganhou a vaga de Cazares. Após se recuperar de uma pequena fratura, Robinho voltou ao time na partida passada, mas entrou apenas no segundo tempo. Agora, vai iniciar o jogo.

OUTROS JOGOS DE HOJE


- A quinta rodada do campeonato mineiro reserva pra hoje, ainda, os seguintes jogos: às 16h, Villa Nova x Tricordiano, sem o técnico Edinho que retornou à prisão em Santos;Cruzeiro x Caldense, no Mineirão, meia hora mais tarde; Tupi x URT, às 17h; América x Tombense, às 19h30; e amanhã, Uberlândia x América-TO, às 16 horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.