domingo, 12 de março de 2017


Boa Esporte perde patrocínio após contratação de Bruno

Em nota emitida na noite de sábado, Nutrends Nutrition decide romper seu vínculo de contrato com o clube mineiro de Varginha

A oficialização de que Bruno recomeçará sua trajetória no futebol pelas portas do Boa Esporte após deixar a cadeia rendeu consequências para o clube.

TRINCHEIRA: Não vou me arvorar de Profeta do Acontecido, mas já havia adiantado neste latifúndio da imprensa esportiva que Bruno traria mais problemas que soluções para o time boveta (arre!). Este cara é uma indústria de coisas malfeitas desde sua época na base do Atlético.

Na noite desse sábado, a Nutrends Nutrition, anunciou que decidiu romper seu contrato de patrocínio após ficar a par do acerto  com o goleiro, que saiu da cadeia no fim de fevereiro.
Na nota divulgada no Facebook, a empresa de suplementos alimentares, que expunha sua marca no ombro da camisa do Boa Esporte, declarou:

"
Em reunião extraordinária, a diretoria da Nutrends Nutrition decidiu que, a partir de hoje (sábado, 11/03), a empresa não é mais patrocinadora/apoiadora do Boa Esporte Clube".

Bruno foi anunciado na sexta-feira como reforço do Boa Esporte por duas temporadas. Sua apresentação está marcada para acontecer nesta terça-feira. A expectativa do clube mineiro é de que ele volte a jogar em dois meses.

O goleiro deixou a cadeia em 24 de fevereiro, devido a um habeas corpus deferido pelo Ministro do STF, Marco Aurélio Mello, e poderá recorrer em liberdade do processo.

 

 Amigo de Bruno, Macarrão tem Habeas Corpus negado pelo STF

 

Este mesmo Ministro, primo de Fernando Collor de Mello, negou hoje o pedido da defesa de Luiz Henrique Ferreira Romão o Macarrão, amigo de Bruno. O Ministro Marco Aurélio Mello antes da desistência da defesa do colega de Bruno, condenado em segunda instância pela morte de Eliza Samudio, condenado por sequestro, morte e ocultação de cadáver da modelo Eliza Samudio.


TRINCHEIRA: Marco Aurélio é o mais competente e mais antipático, grotesco e arrogante ministro deste discutível Supremo Tribunal Federal. Foi indicado na época em que seu famoso primo era presidente desta Republiqueta.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.