quarta-feira, 5 de abril de 2017

CRUZEIRO estreia com vitória na SULA, mas sem convencer e placar limitado

Jogar contra Tricordiano, Tombense e Tupi nem de longe tem o mesmo grau de dificuldade que enfrentar rivais das grandes ligas europeias. Feita essa ressalva, o Cruzeiro é dono de uma marca para se orgulhar: são 20 jogos seguidos sem perder - a maior invencibilidade de um time do "primeiro escalão" do futebol mundial.Nenhuma equipe que participa das ligas de Alemanha, Argentina, Brasil, Espanha, França, Inglaterra, Itália e Portugal está há mais tempo sem ser derrotada que o Cruzeiro.

O último "concorrente" do clube celeste era o todo-poderoso Bayern de Munique. A equipe estava há 23 jogos sem perder até que foi derrotada por 1 a 0 nessa terça-feira. Foi a primeira vitória do Hoffenheim sobre o time bávaro em 120 anos do confronto.


VITÓRIA COSTUMEIRA


0 placar de 2 a 1 - de virada - na vitória cruzeirense sobre o Guarani de Assunção pela Copa Sul Americana foi a repetição dos resultados de pelos menos 80% dos jogos vitoriosos nesta série de 20 partidas invictas do Cruzeiro. Nunca vi gostar tanto do placar de 2 a 1, mais que 2 a 0 e que 1 a 0. O time ou leva um gol no início do jogo ou deixa pra levar aos 47m do segundo tempo quando recua todo para segurar o marcador. É aí que Mano Menezes tem pecado bastante, porque escala mal a equipe com meio-campo raso, sem marcador forte e deixa gente como Lucas Silva no banco e põe aquele argentino de nome duplo e feio.
Não tenho gostado, pois a ânsia durante o confronto é grande, fica-se torcendo em quando levaremos o gol ou se passaremos aperto no final. Tá certo, não, Seu Mano, dê um jeito neste desacerto. No mais, parabéns pelo meio-campo e pela confirmação de Ábila


MÊS DE DECISÕES 


Abril é mês de decisões pro Cruzeiro. No sábado, o time celeste bateu o Atlético por 2 a 1, pelo Campeonato Mineiro, e ganhou confiança pro jogo dessa terça-feira contra o Nacional do Paraguai. Pelo mesmo placar, a Raposa venceu no Mineirão e saiu em vantagem no confronto de ida, primeira fase da Copa Sul-Americana. O duelo de volta acontecerá em 10 de maio (quarta-feira), às 19h15 (de Brasília), na cidade de Assunção, capital paraguaia.

Antes de voltar a pensar no Nacional, o Cruzeiro terá partidas importantes por outras competições. Na quinta-feira (13/4), às nove e meia da noite, enfrentará o São Paulo no Morumbi, pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil. A segunda partida ocorrerá na quarta, 19 de abril, às dezenove e trinta, no Mineirão.

Já no mata-mata do Estadual, o provável adversário celeste será o América, que jogará em casa no domingo, às dezesseis horas, contra o Villa Nova, pela 11ª rodada da primeira fase. Pra confirmar o terceiro lugar, o Coelho, que soma 18 pontos, precisa vencer o Leão do Bonfim no Independência. Se perder ou empatar, terá de torcer contra a URT (4º, com 16) diante do Tombense, em Tombos.

As semifinais do Mineiro vão ocorrer nos dias 15 ou 16 e 22 ou 23 de abril. Portanto, serão intercaladas com a Copa do Brasil.


COELHO VAI ATRÁS DE VAGA EM POA

América e Grêmio se enfrentam, nesta quarta-feira, às sete e meia, na Arena Grêmio, para definir a situação do Grupo B da Primeira Liga. As equipes, que ainda não venceram na competição, buscam primeiro triunfo para garantir a segunda colocação do grupo; com sete pontos em três jogos, o Flamengo já assegurou a primeira posição.
O técnico Enderson Moreira teve pouco tempo para preparar o time que entrará em campo nesta quarta. Foram apenas dois treinamentos leves, realizados nessa segunda e nessa terça-feira. Já classificado às semifinais do Campeonato Mineiro, o treinador confirmou que mandará a campo força máxima para levar o América às quartas da Primeira Liga, porém, não divulgou a escalação.
Apesar de não ter confirmado a escalação, Enderson Moreira comandou um treino técnico nesta terça-feira e fez algumas mudanças em relação ao time que empatou com o Tupi no último domingo.
O lateral-direito Auro, que estava atuando improvisado no lado esquerdo da defesa, voltou à sua posição de origem no lugar de Alex Silva. Na vaga deixada por Auro na lateral-esquerda, Enderson improvisou o volante Ernandes . No meio-campo, Gustavo Blanco ainda é dúvida, mas deve voltar ao time após ter ficado de fora do último duelo por uma sinusite. No ataque, o treinador alviverde testou Felipe Amorim no lugar de Rubens, o que daria mais velocidade ao time.

No banco de reservas, porém, Enderson não terá a opção de Gérson Magrão, que cumprirá suspensão por ter sido expulso contra o Flamengo, no último duelo do Coelho na Primeira Liga.

Se Enderson prometeu força máxima do América, o treinador Renato Gaúcho confirmou que mandará a campo um time com jogadores que não vêm atuando como titular. Apesar disso, a equipe contará com atletas conhecidos, como o zagueiro Bruno Rodrigo (bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro) e os atacantes Fernandinho (ex-Atlético e Cruzeiro), Barrios (ex-Palmeiras) e Gastón Fernandez (Campeão da Libertadores pelo Estudiantes em 2009).

O comandante tricolor resolveu mandar a campo um time alternativo pelo fato de estar em meio à disputa de mata-mata no Campeonato Gaúcho. No último domingo, o Grêmio enfrentou o Veranópolis, pela primeira partida das quartas de final do Estadual e, o jogo da volta será no próximo fim de semana.

Empatados com um ponto, América e Grêmio, na terceira e na quarta colocação do Grupo B, respectivamente, buscam a vitória para garantir classificação às quartas de final. Caso o duelo termine empatado, o Ceará, atual segundo colocado do grupo, fica com a vaga na próxima fase.

GRÊMIO X AMÉRICA

Grêmio: Bruno Grassi; Leonardo Gomes, Bressan, Bruno Rodrigo e Bruno Cortez; Arthur, Jaílson, Fernandinho, Everton, Gastón Fernandez e Lucas Barrios. 
Técnico: Renato Gaúcho

América: João Ricardo, Auro, Messias, Rafael Lima e Ernandes; Juninho, Christian, Gustavo Blanco e Renan Oliveira, Mike e Felipe Amorim. 
Técnico: Enderson Moreira

Motivo: 2ª rodada da Primeira Liga
Data e hora: 5 de abril (quarta-feira), às 19h30
Local: Arena Grêmio
Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação (BA)
Assistentes: Arnaldo Rodrigues de Souza (CE) e Fabiano Coelho da Silva (SC)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.