quinta-feira, 31 de agosto de 2017

MISTÃO DO GALO VENCE INTER NO BEIRA-RIO E RECEBE PARANÁ NESTE SÁBADO PELA SEMI FINAL DA PRIMEIRA LIGA


O Atlético jogou com time misto e derrotou o Internacional por 1 a 0, gol de Clayton, no Beira Rio, classificando-se pra semi final da Primeira Liga. O ataque foi formado por nomes de peso: Valdívia, Clayton, Robinho e Fred. O treinador analisou a participação da experiente dupla de ataque - Fred e Robinho - e aprovou a participação dos artilheiros.

"Estou satisfeito. Acho que são jogadores que têm qualidade técnica indiscutível. São jogadores que vinham de um período parado. Não só pela qualidade técnica, mas pela entrega assim como o Fred, depois de muito tempo parado por lesão. Estava trabalhando forte durante a semana e jogou 90 minutos que é importante para a sequência. Estou satisfeito com os dois", disse o técnico Rogério Micale.

Outra avaliação positiva feita pelo treinador foi sobre a entrada de Clayton. Micale pediu o retorno do jogador, que estava emprestado ao Corinthians, e ele correspondeu com o gol da classificação. Mas não apenas isso. O técnico do Galo afirma que o atacante cumpriu bem a função tática em campo.

"Eu acho que ele foi bem também. Primeiro tempo foi melhor, no segundo tempo o Inter voltou mais forte e tentou pressionar mais nossa saída de bola. É normal, estávamos ganhando e queríamos manter o resultado. Clayton teve sua chance e fez, e característica dele que eu já conhecia. Foi participativo quando teve que fechar as linhas".
SEMI CONTRA PARANÁ

Após a classificação sobre o Internacional, nas quartas de final da Primeira Liga, o Atlético terá pouco tempo pro duelo da semifinal, sábado, às 19h, contra o Paraná, em Belo Horizonte. A promessa do técnico Rogério Micale é de força máxima, diferente do time misto que enfrentou e venceu a equipe gaúcha nessa quarta-feira.

Diante do Internacional, Micale poupou sete atletas: Victor, Leonardo Silva, Fábio Santos, Adilson, Elias, Luan e Rafael Moura, todos por desgaste físico. Além deles, Cazares e Otero, que estão com suas respectivas seleções, também não foram utilizados.

Para a partida contra o Paraná, Micale diz que vai esperar a resposta do departamento fisiológico pra saber com quem poderá contar. Quem estiver à disposição do treinador será utilizado em busca de vaga na decisão da Primeira Liga.

"Temos muito pouco tempo para pensar até no sábado. Posso assegurar que vamos com força máxima. Viemos aqui com nossa força máxima. Tínhamos jogadores que precisavam recuperar, outros que vinham com acúmulo grande de jogos e precisavam de uma semana a mais para se restabelecer." afirmou Rogério Micale.

Quem deve ter participação assegurada no duelo contra o Paraná é o meia-atacante Valdívia. Depois da boa atuação contra o Fluminense, foi titular diante da Ponte Preta e do Internacional. O jogador voltou a receber elogios de Rogério Micale.

Os jogadores do Atlético retornam de Porto Alegre na tarde desta quinta-feira e serão liberados. O Galo volta aos treinos sexta à tarde, quando fechará a preparação para a semifinal.

CARTOLAGEM DO ATLÉTICO MUDA NO FINAL D0 ANO
GOVERNADOR VALADARES - Com a paciência que as aposentadorias me concedem, passo os olhos pelo jornal O Tempo e deparo com esta matéria abaixo cheia de boas informações para quem pretenda escrever uma coluna opinativa sobre a política interna no Atlético o que não é meu caso. Penso que o Atlético teve um dos seus melhores presidentes, Alexandre Kalil, nos últimos anos. Saiu pra ser prefeito de Beagá e grande parte de sua equipe de trabalho permaneceu, todavia comandada por alguém - Daniel Nepomuceno - sem o vigor, a visão e a determinação de Kalil.
Enquanto arruma a casa e dá jeito nos problemas da Capital, Alexandre Kalil vê o seu Atlético enroscar-se por causa da administração de visão curta. Novas eleições se aproximam, talvez para dezembro, e a matéria de O Tempo discorre sobre tudo que pode acontecer. Leiam abaixo: 
-"O planejamento do Atlético para o novo triênio (2018/19 e 20) já está em andamento, mesmo sem a certeza de quem será o próximo presidente do clube. Com a eleição ainda sem data marcada - provavelmente aconteça na primeira quinzena de dezembro -, o que se comenta nos bastidores do alvinegro é que o advogado Sérgio Sette Câmara será o novo dono da cadeira máxima do clube. O atual presidente, Daniel Nepomuceno, porém, ainda não se manifestou se irá ou não representar a situação em mais um pleito.
Em busca de um novo diretor de futebol, para ocupar a vaga deixada por Eduardo Maluf, que morreu há dois meses - e atualmente ocupada pelo diretor de comunicação Domênico Bhering -, o Atlético também pensa na composição de setores. Outros nomes podem aparecer no departamento profissional. Um deles é Paulo Bracks, atual Diretor de Competições na Federação Mineira de Futebol (FMF), que já recebeu sondagem.
Advogado especialista em Direito Desportivo e Gestor em Futebol pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Bracks, de 36 anos, seria contratado para cuidar do aprimoramento de questões relacionadas à profissionalização do clube, tendo como base o "modelo europeu", sem ligação com negociações de atletas (entradas e/ou saídas). Em 2016, ele foi à Inglaterra, onde realizou o curso da Premier League e, nesta temporada, irá à Espanha, onde participará do Football Experience Madrid 2017.
Na Federação Mineira desde 2014, Bracks é responsável direto pela elaboração dos regulamentos das competições, do calendário e tabelas de jogos, pela coordenação e administração de todos os campeonatos e do Departamento de Registros e Transferências, além dos estádios e da intermediação do contato entre clubes mineiros com CBF, Conmebol e FIFA.-"
CRUZEIRO TIRA GRÊMIO DE OUTRA COMPETIÇÃO E ESTÁ NA SEMI DA PRIMEIRA LIGA

Há uma semana, 55 mil torcedores acompanhavam no Mineirão o jogo entre Cruzeiro e Grêmio. Era semifinal de Copa do Brasil. Depois de ganhar por 1 a 0 no tempo normal, a Raposa fez 3 a 2 nos pênaltis e se classificou para a decisão. Nesta quarta-feira, mineiros e gaúchos voltaram a se encontrar. O palco era novamente o Gigante da Pampulha.

A competição, porém, foi outra. Na "esquecida" Primeira Liga, apenas 5.708 pessoas pagaram ingresso e assistiram à classificação cruzeirense com vitória por 2 a 0, gols de Raniel e Arrascaeta no fim do segundo tempo. O público total foi de 7.545 presentes.

Com o resultado, Mano passa a contabilizar 50 vitórias, 29 empates e 21 derrotas pelo clube celeste. São 155 gols marcados e 87 sofridos. O aproveitamento geral é de 59,6%.

O primeiro colocado da lista é Ilton Chaves, que trabalhou no clube em várias passagens entre 1969 e 1984 e registrou 362 jogos. Em segundo aparece Levir Culpi, com 257 partidas em 1996, 1998/1999 e 2005.

Outra marca a ser destacada nesta quarta-feira foi a do jogo 150 do Cruzeiro no novo Mineirão. Desde fevereiro de 2013, data da reabertura do estádio, o time venceu 97 vezes, empatou 33 e perdeu apenas 20, conquistando 72% dos pontos.

Classificado na Primeira Liga, o Cruzeiro enfrentará o Londrina na semifinal às 19h de domingo, no Estádio do Café, em Londrina-PR. Quatro dias depois, às 21h45, será a vez de medir forças com o Flamengo, no Maracanã, pelo jogo de ida da final da Copa do Brasil.

PRIMEIRA LIGA VOLTA 4 MESES APÓS PARALISAÇÃO, E TRAZ TURMA DE COME-QUIETOS DOS PRINCIPAIS CLUBES

Bem que tento entender a volta da Primeira Liga após ser paralisada por 4 meses. Seu retorno acontece logo nas quartas de final e se mistura com o Brasileiro, com a Libertadores e a Copa do Brasil. A hierarquia das competições teria outra ordem se nossos dirigentes, que criaram a Primeira Liga, fossem sérios e respeitassem as opiniões e os apontamentos da Imprensa especializada que, Justiça seja feita, se alicerça em números reais, como a presença das torcidas nos estádios, a maioria de portes médios.

Os técnicos optam, em razão do acúmulo de jogos, por usarem times alternativos ou reservas mesmo. Por buscar reforços nas divisões de base, o que na teoria conta com comentários favoráveis, pois podem representar a renovação que há muito esperava-se no futebol brasileiro. Tanto que a Seleção Brasileira já mostrou caras novas sob as asas do competente Tite.

No Campeonato Brasileiro, jovens treinadores na sua maioria, com elencos formados na base, sem os custos absurdos das contratações via janelas internacionais - vide o Corinthians de Carini, disparado na liderança; o Grêmio de Renato Gaúcho, outra boa surpresa com a sua meninada da base; o surpreendente Botafogo de Jair Ventura - que tornaram a competição interessante.

A Primeira Liga ao chegar trazia no bojo alvissareiras promessas, pois fugiria dos rolos da CBF e seria entregue aos principais interessados - os clubes- tipicamente como as ligas nacionais da Europa. Após 4 meses, a decepção era total e os torcedores cuspiam nos estatutos fajutos da Liga, bem piores que os desmandos da CBF.

O exemplo está aí: as quartas de final da competição, que prometia mudar o futebol brasileiro, serão jogadas nesta quarta-feira (30/8). A competição foi deixada de lado pelos clubes da Série A, que escalarão apenas 16% dos titulares nas partidas decisivas, disputadas em mão única.

Longe dos holofotes e do objetivo inicial do torneio, a Primeira Liga tornou-se outro campeonato pra inflar o extenso calendário do futebol nacional. Apenas Londrina e Paraná, da Série B, usarão o que têm de melhor nos jogos que valem vaga na semifinal. Também na segundona, o Internacional preferiu mandar reservas para o jogo diante do Atlético-MG. No Grêmio, nem o treinador será o do time principal. Veja como cada time enfrentará seus jogos:
Atlético-MG (3 titulares)
O Galo visita o Internacional às 19h30 no Beira-Rio com o time recheado de reservas, mas com a presença de ataque de peso. Afastados do time titular, Robinho e Fred formam a dupla ofensiva dos mineiros. Rogério Micale usará três titulares contra o colorado: Marcos Rocha, Leonardo Silva e Valdívia. 
Time provável: Giovanni; Marcos Rocha, Bremer, Leonardo Silva e Leonan; Roger Bernardo, Yago, Valdívia e Clayton; Robinho e Fred.
Cruzeiro (1)
A Raposa recebe o Grêmio nas quartas de final da Primeira Liga, às 21h45, no Mineirão. Mano Menezes usará time alternativo para o duelo contra os gaúchos. Apenas Robinho deve ser o titular a começar a partida. Outros destaques são para Arrascaeta, voltando de lesão, e Rafael Sóbis.

Time provável: Rafael; Lennon, Digão, Arthur e Bryan; Nonoca, Lucas Silva, Robinho e Arrascaeta; Sobis e Raniel.
Flamengo (0)
Reinaldo Rueda não levou nenhum titular para a partida diante do Paraná, em Cariacica, às 21h45. O técnico colombiano, que só chegou nesta quarta-feira ao local do jogo, ainda deve dar oportunidades para jovens como os laterais Pablo Maldini e Klebinho. Os destaques são Éverton Ribeiro, Geuvânio e Vinícius Júnior.
Time provável: Muralha; Klebinho, Léo Duarte, Rafael Vaz e Pablo Maldini; Rômulo, Márcio Araújo e Éverton Ribeiro; Vinícius Júnior, Geuvânio e Vizeu.
Fluminense (5)
O Fluminense é o time da Série A que mais vai utilizar titulares na Primeira Liga. O jogo é contra o Londrina, fora de casa, às 19h30. Alguns nomes importantes sequer viajaram para a partida, casos de Gustavo Scarpa, Henrique Dourado e Henrique. O meia Sornoza volta após se recuperar de ma cirurgia no joelho.. O time jogará com Júlio César; Renato, Renato Chaves, Nogueira e Léo; Richard, Marlon Freitas, Wendel, Sornoza, Marcos Júnior e Pedro.
Grêmio (0)
A maioria da equipe que vai a campo faz parte do elenco de transição, formado por atletas jovens, que disputam a terceirona do Gauchão. Assim como na estreia, contra o Flamengo, no Mané Garrincha, Renato Gaúcho sequer viajou pro local da partida e Felipe Endres será treinador do time B. Os titulares gremistas não ficarão nem no banco de reservas.
Time provável: Léo Jardim; Léo Gomes, Rafael Thyere, Bruno Rodrigo e Conrado; Kaio, Machado, Esperon, Patrick e Jean Pyerre; Beto da Silva.

Ainda bem que é coisa momentânea: Lásaro anuncia que existe objetivo maior na volta dele ao Conselho Deliberativo: o estádio do Galo.
O diretor-jurídico do Atlético, Lásaro Cândido da Cunha, anunciou seu afastamento momentâneo do cargo que ocupou nos últimos anos - durante os mandatos do presidentes Alexandre Kalil e Daniel Nepomuceno. Trata-se, na realidade, de movimentação política nos bastidores do clube pra dar força ao projeto de construção do novo estádio do clube, no bairro Califórnia. 
Dr. Lásaro voltará a ser conselheiro eleito para a Diretoria Executiva ter outro voto a favor no projeto que irá ao pleito em 18 de setembro. O Atlético não nomeará nenhum profissional pra função. Lásaro atuará de forma voluntária nas questões jurídicas pertinentes nos próximos dias. Se quiser, poderá retornar ao antigo posto depois da votação do estádio.
Globo Esporte
Reunido com a seleção brasileira em Porto Alegre, Philippe Coutinho parece ter seu futuro definido. Segundo a versão britânica do site "Yahoo Sports", o Liverpool finalmente aceitou a proposta do Barcelona - depois de recusar outras quatro. 
Pra contar com o craque brasileiro, o Barça vai desembolsar €160 milhões (R$ 665 milhões), o que o tornaria o segundo jogador mais caro de toda a história, atrás apenas de Neymar (uma eventual transferência de Mbappe para o PSG ainda pode superar esse valor).

HOJE MEU PRIMOGÊNITO QUERIDO, ALEXANDRE, OU PROFESSOR SANTELMO FAZ 48 ANOS;

Lembro-me bem que Beagá estava agitada naquele domingo pela manhã. Em torno do Mineirão, pista externa, realizava a prova de fórmula Um - "100 milhas de BH". Eu estava na Rádio Guarani, e numa posição estratégica ajudava na cobertura. De repente chegou a mensagem do estúdio que minha esposa grávida era levada para o hospital para dar à luz. O saudoso Alberto Decat, meu amigo e chefe, prontificou-se a levar-me. Foi uma luta pra gente chegar lá. Chegamos na hora exata, ela acabara de dar à luz a um garoto enorme e bonito.
Ficou internada e eu fui após conhecer meu bebê almoçar com a minha irmã Dodora e meu cunhado Raymundo, que moravam na Cristovão Colombo, Funcionários. Aproveitei o almoço pra assistir Brasil x Paraguai, válido pra Copa do Mundo de 70, no México. Vencemos por 1 a 0, gol de Pelé, cobrando pênalti. No dia seguinte, fui buscá-los no Hospital. História ficou gravada e o menino lindo tornou-se um filho carinhoso, professor do Colégio Santo Agostinho e um ás de basquete. Tanto que é coordenador de esportes deste conceituado estabelecimento escolar, e é chamado de professor Santelmo. Hoje ele faz 48 anos, e eu o mando beijos, bençãos e agradeço a Deus o fiho maravilhoso que me deu."



Livre de vírus. www.avast.com.

Um comentário:

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.