sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

CHE GUEVARA MORREU NA BOLÍVIA, MAS ESTÁ SEMPRE VIVO NA MENTE E NO CORAÇÃO DOS JOVENS DO MUNDO INTEIRO

 

 

CARATINGA - Não me contive: levantei e fui atrás do meu Micro, afinal a curiosidade explodia minha cabeça, embaralhava meus pensamentos. Lembrei-me dos meus 10 dias de visita à Cuba; dos passeios pelas movimentadas ruas de Havana; da parada na Casa de Las Américas, onde doei cinco exemplares de cada livro meu.

 

-"Ah, não havia nenhum sobre  Ernesto Rafael Guevara de La Serna".

A não ser esparsos artigos de tietagem à figura imortal deste argentino, cidadão do mundo, que os bolivianos assassinaram em 8 de outubro de 1967, na região de La Higuera, no interior da Bolívia. Abri meu computador no Google e achei o significado de CHE (irmão na língua guarani). Esta era a curiosidade que passou a atormentar-me, inexplicavelmente nos últimos dias, desde o dia 8 de outubro, quando o mundo humano, solidário, chorou 50 anos da morte deste maravilhoso ser. Comunista, porém Divino. Meu irmão CHE.

 

Vesti minha camiseta com a estampa de Che Guevara no peito, sob a célebre frase dele:

"Hay de endurecerse, sem perder la ternura jamas".

Em meu portunhol.

 

ARGENTINO QUE O BRASIL AMA

 

Apesar de nossas rivalidades recheadas de inveja pelo sucesso antigo da Argentina no mundo dos esportes, da cultura, da história de luta política. Foi em Rosário, a bela cidade-irmã de Beagá, onde nasceu o herói argentino, no dia 14 de junho de 1928. Conheço Rosário, estive lá várias vezes, com Atlético e Cruzeiro, mais a Seleção Brasileira na Copa de 78, no jogo de 0 a 0 contra a Argentina. Uma cidade, realmente, linda.

 

No resumo da vida de CHE, pode-se afirmar que foi guerrilheiro, político, fotógrafo, jornalista, escritor e médico argentino-cubano. Ideólogo e um dos comandantes que lideravam a Revolução Cubana - entre 1953 - 1959, Guevara ainda é um dos mais admirados, idolatrados, chefes do movimento de libertação de Cuba.Lá dentro do País e fora, também.

 

"Che" é interjeição pra chamar a atenção de uma pessoa, muito usada na Argentina. O uso deste intercalar valeu a Ernesto Guevara o famoso sobrenome. O Che e o "mate". A palavra deriva de "matis". É uma infusão de uso comum na América Latina, principalmente na Argentina, Paraguai e Uruguai. A erva mate ...

Che" era apelido jocoso dado pelos amigos próximos a Ernesto em função de seu sotaque, semelhante ao de algumas regiões do sul do Brasil, nas quais é comum o uso constante da interjeição "CHE" como registro de oralidade.

.Continuei meu passeio noturno pelo Google atrás de informações outras sobre o mito Guevara. As tatuagens, nos braços e no corpo todo espalhadas pelo mundo fazem de CHE o mito internacional que respeitamos.

 

É que no  momento de escolherem os motivos de suas tatuagens, muitas pessoas optam por personagens históricos e carismáticos que representam sua ideologia. Assim, há quem tatue retratos ou frases de políticos como o mítico revolucionário argentino Ernesto "CheGuevara, cujo rosto podemos encontrar pelo mundo afora..

 

 


Livre de vírus. www.avast.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.