terça-feira, 30 de janeiro de 2018

LUAR DO ADEUS

LUAR DO ADEUS
Se você, descrente de tudo,
não acredita que exista outra vida
No pior momento do amor,
ou na hora da terminal despedida.
Consulte os astros, fale com Deus
Você há de crer: escurece sua visão
aumenta em seu peito, a dor
da separação, do adeus.

Me lembro quando fui embora
Acompanhou-me ao portão da rua,
naquela hora, enorme lua.
Substituía quem não quis ir comigo
na saída daquela casa assombrada,
Onde a paixão fugiu assustada
das precações, xingamentos, histeria.

Então a sua conhecida covardia
entregou-me à nova vida e nova lua.
Depois, constatei que foi a coisa melhor
que você fez nesta sua porcaria de vida:
a linda e brilhante lua dos namorados
abriu-me os braços e num doce abraço
recebeu-me como faz com abandonados.
E como lua não fala, manda recados
em códigos por sua luz, de amor impregnados.
Recebi vários deles sobre a história de minha caminhada
Códigos que nem aqueles que cintilam no pisca-pisca
do começo ou na dúvida da primeira decisão.

No portão do inferno, sob a proteção da Divina Lua
ouso dizer-te o óbvio, "meu ex-amor, eu vou partir",
tenho outro mundo a descobrir,
além de alargar teu oculto espaço,
que nas sombras vives a ocupá-lo feliz.
Tenho que ir...nossos gênios não se aceitam,
nem juntos, nem separados.
Somos dois excomungados,
orgulhosos, soberbos, mentirosos.
Que dizem num instante
que se amam e não conseguem viver um sem o outro.
Para num momento não distante
brigarmos, despejarmos palavras ofensivas
e humilhar-nos no mais profundo desencanto.

Lua Cheia dos namorados, eu vou partir, assista meu adeus.
Deixarei em paz os ouvidos de Cristo e ficarei nos seus.
Descansarei, também, o coração sofrido da Mãe Dele,
no qual já despejei milhões de mágoas e pedidos de perdão.
A Lua Cheia dos Namorados, no entanto, sabe nossa realidade:
"Somos grossas mentiras do Destino, e nos enganamos
Com tal amor ilusório de 40 anos, inventados por você".
Fomos enganados pelo Destino e enganados estamos,
Ou ressurgimos suaves e limpos destas negras cinzas,
ou sofreremos mais, o que não quero, então adeus".
Obrigado Lua dos Namorados por abrir meus olhos e minh'alma.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.