terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

CHAMAMENTO DE DEUS

 

Não me faço de exemplo; apenas quero registrar  neste espaço que os desígnios de Deus, às vezes, existem para nos colocar à prova. O destino estabelece que nossa hora chegou e lhe põe no coração a expectativa falsa de que Deus decidiu tê-lo ao Seu lado.

 

Porém, senti posteriormente aos fatos, por três vezes, nas quais esse chamamento passou por meu espírito, que Deus apenas testou minha crença  Ou melhor, quis testar minha fé em mim mesmo e nas pessoas.

 

Na primeira vez, durante um churrasco na casa de meus cunhados, em Caratinga, revelei a um deles, doutor Romeu, cardiologista, o incomodo que me perseguia há dias. Qualquer coisa parecida com mal-estar estomacal.

 

Examinando superficialmente, ele detectou extra-sístole e recomendou que na minha volta procurasse urgente o meu médico. Feito o exame, foi constatado entupimento de 85% numa artéria importante. Estava em processo de angina. Salvei-me a tempo com a implantação de um stend.

 

Da segunda vez, mesmo incomodo. De novo, imaginei problemas com a velha esofagite, Procurei o meu médico. Sugeriu que eu voltasse ao cardiologista. Novos entupimentos mais sérios e a recomendação de cirurgia. Reativei a fé em mim e na crença em Deus. Fui sem medo à mesa de cirurgia, apesar de a seriedade do problema. Estava a um passo de fatal infarto.

 

A terceira foi neste período. Saí do bloco cirúrgico, passei os dias previstos na UTI e preparava-me para retornar ao apartamento. Tive uma terrível dor na mão esquerda, bem inchada. Reclamei aos médicos de plantão, às enfermeiras. Ninguém me atendia.

 

Acreditei em mim e no meu canal aberto com Ele. Roguei-lhe que fizesse o meu cardiologista, doutor Carlos Eduardo Ornelas, aparecer. Normalmente, ele não aparece naquele horário.  Mal acabei de orar, o doutor Ornelas, de súbito, surge à minha frente.

 

Só ele poderia salvar-me naquela hora, pensei. E foi assim que ele constatou a infecção que já me tomava o corpo. Eu me salvei pela terceira vez.

 

Nos desígnios de Deus a minha hora, ainda, não chegara. Tenho coisas a fazer por aqui. Outros, menos crentes em si próprios e em terceiros, podem ser pegos pelo chamamento Divino, por ignorarem  ao  aconselhamento Dele: " Faça a tua parte que eu te ajudarei..."

,�̋���M

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.