quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

PARACATU OU NO RIO BOM

 

PARACATU, OU NO RIO BOM

(Flávio Anselmo – Jornal Solidariedade)

 Se algum turista pede-nos alguma orientação sobre como conhecer alguma coisa do Brasil colonial nas terras de Minas, é bem provável que nossas indicações fiquem entre Ouro Preto, Mariana, Congonhas, Tiradentes, São João Del Rei, Serro, Diamantina, ou Araxá. Agora, incluo Paracatu (em tupi, "no rio bom") nos meus roteiros históricos.

Paracatu possui pontos maravilhosos, onde a história do Brasil confunde-se com a natureza, exibindo quadros naturais de admiráveis cachoeiras e velhos casarões do Século XVIII.  

Levar apenas a máquina fotográfica a Paracatu não resolve; é preciso de tempo pra se conhecer – e registrar, claro – as suas belezas e suas delícias gastronômicas.  Tempo, também, pra viver e curtir suas celebrações, ritos, danças, tradições.

Foi bom papear com Dario Alegria, ex-craque do América, Palmeiras, Fluminense e Monterrey do México, atualmente responsável pelo Museu Histórico de Paracatu; filho da terra, Dario especializou-se em contar casos e narrVVar os acontecimentos marcantes de sua cidade. 

Basta dizer que Paracatu teve origem no Século XVIII e se chamava Arraial de São Luiz e Santana das Minas de Paracatu. Em 1798, a Rainha Dona Maria I, a Louca, presenteou a sesmaria ao filho Dom Pedro I. Antes da fuga da família real para o Brasil. tornou-se Vila de Paracatu do Príncipe. Foi o 13º município instalado em Minas Gerais.

Compensa na viagem de carro pela 040 com destino a Brasília, além de visitar Três Marias, uma parada mais demorada em Paracatu. Existem bons hotéis, pousadas e restaurantes. À noite, sob um manto estrelado de calor suportável não deixe de se envolver nas manifestações folclóricas locais e nem de deliciar-se dos inúmeros tira-gostos diferentes e das cachaças fabricadas em Paracatu, de apreciação nacional.

Paracatu exala aquela mística de que a história do Brasil necessita ser recontada ou conhecida, enquanto houver tempo.  




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.