domingo, 25 de março de 2018

TRINCHEIRA DO FLAVIO ANSELMO

SHOW DE THIAGO NEVES AZULOU O MINEIRÃO: CRUZEIRO VENCE TUPI E JOGA AS FINAIS DO MINEIRO

 

 

Festa azul na Pampulha. O Cruzeiro manteve neste domingo a rotina de só dar alegria à China Azul no Mineirão. Invicto no Gigante da Pampulha e no Campeonato Mineiro em 2018, o time celeste entrou em campo com a vantagem de poder até perder por um gol de diferença para o Tupi, mas fez mais do que isso. Após início sonolento, os comandados de Mano Menezes cresceram na partida, controlaram as ações e venceram com dois gols do inspirado Thiago Neves.

João Vítor, em bonito chute da entrada da área, descontou para o time de Juiz de Fora.

 

O dia era de Thiago Neves:  fez a melhor atuação pelo Cruzeiro em 2018. O camisa 30 organizou o ataque, marcou dois gols e, por pouco, não pediu música no Fantástico. Aos 42 m do primeiro tempo, ele recebeu em posição legal, chutou por cobertura e marcou  golaço, que foi invalidado equivocadamente pelo auxiliar Gabriel Conti Viana. Portanto, como os de casa, os de fora erram tanto quanto ou mais. Apitos r

uins importados para substituir os ruins das montanhas altaneiras das Geraes.

 

Fred  voltava de lesão muscular e foi escalado como titular. Burrice do treinador que tinha Raniel em grande forma e preferiu deixar o garoto no banco.. A presença do titular  em campo, no entanto, durou apenas 27 minutos. Ele se chocou com Sidimar ao tentar finalização na grande área, lesionou o joelho direito e deixou o campo sem conseguir apoiar o pé no chão.

A avaliação inicial do departamento médico do Cruzeiro era de torção. Ele foi levado, ainda durante o jogo, ao hospital para fazer exames de imagem, que detectaram a ruptura do ligamento, o que obrigará o jogador a passar por cirurgia. Ele deve ficar fora dos gramados por, no mínimo, seis meses. 

DIRETO PARA AS FINAIS

Com a classificação em duas vitórias, o Cruzeiro segue sem perder no Estadual e foi  assistir de camarote ao clássico entre América e Atlético, no Independência. As finais serão disputadas nos próximos dois domingos. Com a melhor campanha na primeira fase do Estadual, a Raposa jogará novamente por dois resultados iguais na decisão, além de fazer o jogo da volta em casa.

Neste domingo, em desvantagem, o Tupi começou o jogo tentando impor o ritmo. Assim como em Juiz de Fora, o time visitante até conseguiu ter o controle nos primeiros minutos, mas não criou grandes oportunidades. O Cruzeiro esperava e saía com velocidade. O primeiro gol veio aos 16 minutos; Wellington falhou feio ao tentar afastar bola na defesa do Tupi,

Thiago Neves recuperou, tabelou com Robinho e finalizou pra abrir o placar. O Tupi reagiu rapidamente, três minutos depois, com João Vítor, em bonito chute da entrada da área, igualou placar. Mesmo após sofrer o gol de empate, o Cruzeiro cresceu na partida, criou oportunidades e contou com manhã nada inspirada do auxiliar Gabriel Conti Viana, que anulou três lances de perigo da Raposa, um deles seria um golaço de Thiago Neves.

SEGUNDO TEMPO MAIS FRIo

O jogo esfriou no segundo tempo. O Cruzeiro colocou a sua maior qualidade técnica e controlou a partida. O Tupi não teve a mesma facilidade pra sair no jogo e acabou distante da meta defendida pelo goleiro Rafael. Se já fazia boa partida coordenando as ações ofensivas, Thiago Neves selou a vitória dos donos da casa aos 35 minutos, completando de cabeça um cruzamento de Egídio. Cruzeiro 2 x Tupi l, placar final.

O público não foi de mais de 50 mil como esperava a diretoria azul, porém chegou ao excelente público presente de 48.566 e pagante de 46.080, com renda de R$ 753.999,00.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.