quarta-feira, 28 de março de 2018

TRINCHEIRA DO FLAVIO ANSELMO

Fred tem duas lesões, passará por cirurgia, mas tem chance de voltar em 2018

O atacante passou por intervenção cirúrgica esta manhã e deve atuar no último trimestre da temporada

 

Por Thaynara Amaral

0 atacante Fred passou por cirurgia, nesta manhã de quarta, pra refazer o ligamento anterior cruzado, totalmente, e um dos ligamentos periféricos do joelho direito, rompidos ainda no primeiro tempo da semifinal contra o Tupi, no  no Mineirão. Segundo o diretor médico do Cruzeiro, Sérgio Campolina, o prazo de recuperação é entre seis e oito meses, e Fred poderá atuar no último trimestre da temporada.

O médico cruzeirense explicou que a situação poderia ser ainda mais grave e incomum pelo tipo de lance em que ocorreu.

- O Fred teve  trauma no joelho atípico onde ele fez movimento de rotação e stress, que não é o comum para o atleta de futebol. Geralmente, acontecem ao atleta com os pés no chão. Quando eu o examinei, vi que havia algo de preocupante. Eu o levei  para o vestiário e o encaminhei ao  exame de imagem; confirmou-se minha suspeita de lesão do ligamento anterior cruzado."

-"Além disso, ele teve  lesão na parte periférica, que a gente chama de não articular do joelho,  ligamento lateral. Comentei com Fred que, pelo mecanismo de lesão,  foi a menos grave que ele poderia ter. Aquela lesão, aquele movimento que ele fez, a gente chama de movimento complexo, onde geralmente os ligamentos rompem: cruzado posterior, anterior, menisco, ligamento cruzado colateral."

-" São lesões cirúrgicas.. A lesão, em si, tem prazo de seis a oito meses de recuperação. Então, esse é o prazo que vamos trabalhar - explicou Sérgio Campolina.

Sérgio Campolina, especialista em joelho, explicou situação interessante. A recuperação deverá ser mais rápida porque ocorreu na perna em que Fred mais usa no futebol.

- A recuperação do lado dominante sempre é melhor, porque a perna de apoio é muito mais. Existe questão da inteligência articular, a inteligência do lado dominante é maior, a musculatura é mais responsiva.

Ou seja, ele perde mais massa muscular pelo repouso que está nele, mas recupera mais por ser a parte dominante do que fosse lado de apoio. Fred é  atleta forte e isso vai ajudá-lo na cirurgia. Rompimento não tem como costurar, a gente tem que substituir, e a gente substitui, usando a estrutura do próprio ligamento para isso. E ele sendo forte, vigoroso, o tendão é mais forte e, com isso, o ligamento fica mais forte.

Como foi a lesão

O jogo contra o Tupi, nesse domingo, marcou o retorno de Fred aos jogos, após se recuperar de lesão na panturrilha direita. Entretanto, a volta durou pouco tempo. O atacante se chocou com Sidimar, ao chutar a perna do zagueiro (veja no vídeo abaixo) e precisou ser substituído, logo aos 27 minutos do primeiro tempo. Raniel, que agora deve ganhar uma sequência no time titular, entrou no lugar do camisa 9 na partida.

Depois do choque com Sidimar, Fred ficou caído em campo sentindo bastante dores. Ele mal conseguia colocar o pé no chão e deixou o gramado de maca. À tarde, surgiu a informação que o atacante rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito (LCA) e estava com a temporada em xeque. Sérgio Campolina explicou detalhadamente o que ocorreu com as lesões.

- O ligamento cruzado teve um rompimento total. Na verdade, o ligamento cruzado tem dois ligamentos e foi rompido totalmente. O ligamento periférico tem vários ligamentos, pequenos, mas que trabalham conjuntamente. O ligamento mais importante lateral não foi lesionado. Ele teve lesão no ligamento secundário. Como o profissional que fez exame, avaliou, ele notou essa lesão.

Primeira lesão no joelho direito

Sérgio Campolina informou que a recuperação ainda pode ser ajudada porque Fred nunca teve uma lesão no joelho direito. Segundo ele, o joelho do atacante é de "menino".

- Teria se o joelho não fosse virgem, ou seja se ele tivesse outros lesões naquele joelho. Mas não tem. A cartilagem dele é boa, o menisco é bom, e esse prognóstico, que pode retardar a recuperação, não pode ser alterado. Para mim, o joelho dele é de menino.

No dia 27 de fevereiro, no duelo com o Racing, Fred sofreu  estiramento na panturrilha direita,  lesão considerada leve pelo clube. A contusão fez com que o atacante desfalcasse o Cruzeiro em cinco jogos. Quase 30 dias  depois, ele retornou ao time. Porém, machucou novamente.

Desde que estreou, diante do próprio Tupi, pela primeira rodada do Campeonato Mineiro, Fred marcou apenas um gol (na vitória por 2 a 1 sobre o Tombense, fora de casa). Esse é o pior início de ano da carreira do jogador, em termos de bola da rede. Até aqui, ele disputou nove jogos - todos como titular.

Além de Raniel, o técnico Mano Menezes também tem à disposição: Sassá (recuperado de lesão no joelho direito), Rafael Sobis e Rafael Marques.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.