sexta-feira, 9 de março de 2018

TRINCHEIRA DO FLAVIO ANSELMO

DE SUSTO EM SUSTO, GALO SUPERA DIFICULDADES, VENCE UBERLÂNDIA POR 2 A 0 E CLASSIFICA-SE

 

Não foi por falta de aviso: o Uberlândia não é nenhum super time, mas joga em casa e o atual time do Atlético, no coletivo, é inconfiável. E olha que o time da casa teve gol anulado, mal anulado quando o jogo estava em 0 a 0. Por isso, o assistente responsável pelo erro foi suspenso por seu chefe, Dalmo Bozzano.

O que chateia é que as entrevistas dos atletas reafirmam que o grupo é bom, precisa treinar mais e que chegará ao objetivo maior, de campeão. O Uberlândia continua na lanterna, com nove pontos e maldizendo que as arbitragens pró Atlético mantém vivas no futebol mineiro, apesar do fim do ciclo Cicinho Bola Nossa e Joaquim Gonçalves.

O JOGO. O Atlético começou com blitz: marcação alta e pressão na saída de bola dos donos da casa. O time tocava a bola, buscava as triangulações, mas encontrava poucos espaços ou errava no último passe. Quando tinha a bola, o Uberlândia não tinha pressa, saía com mais cautela, sem dar o contra-ataque ao rival.

 

A estratégia funcionou e a equipe do Triângulo só não saiu à frente do placar por conta de um erro de arbitragem. Aos 09 min, Daniel Pereira, livre na pequena área, marcou de cabeça, mas o assistente assinalou o impedimento de forma errada. O volante estava em posição legal.

Em uma de suas primeiras movimentações no segundo tempo, Ricardo Oliveira conseguiu dominar, virou o corpo e de fora da área, soltou uma bomba e abriu o placar para o Atlético; 1 a 0, Galo.

Com jogadores rápidos no ataque, o Galo passou a jogar melhor, saindo sempre com velocidade nos contra-ataques e levando muito perigo. Aos 19 min, Luan, que entrou no lugar de Roger Guedes, recebeu belo passe de Cazares e chutou na saída de Roni, que pegou com o pé direito.

Em seguida, depois que o chato do Ricardo Oliveira e argentino Tomás Andrade desperdiçarem grandes chances, Luan não perdoou: pegou rebote do goleiro e marcou 2 a 0, Galo. Placar final. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.