sábado, 7 de abril de 2018

CLÁSSICO DE AMANHÃ UM CONFRONTO DE GRANDES DUELOS

ENQUANTO GALO NEGA QUALQUER FAVORITISMO, RAPOSA VIGIA GALINHEIRO NA EXPECTATIVA DE COMER CARNE FRESCA

Nos túneis, o Galo vence bem a Raposa: seu técnico, Thiago Larghi, é novo, moderno e revolucionou o esquemático do time.

No outro lado, Mano Meneses é mera conversa fiada, pouco ousado, Professor Pardal nas invencionices de esquema pouco rentáveis.

Outros  duelos existirão: de um lado Victor e do outro Fábio, dois experientes e notáveis goleiros. Qual sairá vencedor?

Na briga ataque contra defesa, outro duelo fascinante: o zagueiro Dedé e o centroavante artilheiro Ricardo Oliveira.

No meio-campo, se Mano não inventar, o duelo será entre a raça de Casares e a técnica de Thiago Neves, se este não for escalado como falso camisa 9, o que aconteceu na primeira partida.

Só quando o público começar a ocupar o Mineirão, Mano promete anunciar o time azul sem invenções, segundo ele.

Chances para o lateral Edilson, os atacantes David e Raniel se os médicos deixarem e Mano não inventar mais.

Do outro lado da Lagoa, a sorte está nas jogadas pelos flancos e nas arrancadas de Ricardo Oliveira, autor de move gols em 17 jogos.

A média de RO, artilheiro do campeonato, é de um gol a cada dois jogos. Sem o aval de Larghi, no Cruzeiro acreditam num Galo mais defensivo e jogando por uma bola, nos contra-ataques.

DECISÃO NO MÓDULO II

O módulo II do Campeonato Mineiro chega à ultima rodada da fase de classificação; Serão conhecidos neste sábado os semifinalistas.

E, também, o segundo time que cai para a Segunda Divisão. Todas as partidas estão marcadas para as quatro da tarde.

O destaque será o duelo entre Guarani de Divinópolis, primeiro colocado com 22 pontos, e América-TO com 19, no Estádio Farião, em Divinópolis.

O Betinense, terceiro colocado com 18 pontos, enfrenta o Democrata Jacaré, novo colocado com 12 pontos e ameaçado de rebaixamento. O jogo será na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

O Tupinambás, de Juiz de Fora, quarto colocado com 16 pontos, recebe o Mamoré de Patos de Minas, 11º colocado, com nove pontos e, também, sob risco de rebaixamento. O Tupinambás está na briga para as semifinais. O jogo será no Estádio Mário Heleno.

Na briga contra o rebaixamento, o Ipatinga, penúltimo colocado, com 10 pontos, faz confronto direto com o Uberlândia, oitavo,  com 12 pontos, no Parque do Sabiá.

Finalmente, em São Gonçalo do Rio Abaixo, o Tricordiano, sexto, com 14 pontos, precisa de vencer o Nacional, sétimo, co  13 pontos a fim de manter a chance de classificação.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.