quarta-feira, 25 de abril de 2018

ENFIM A CBF COLOCARÁ ÁRBITRO DE VÍDEO NAS SUAS COMPETIÇÕES

ÁRBITRO DE VÍDEO VEM AÍ CUSTEADO PELA CBF NA PARA EVITAR AS BESTEIRAS QUE A ARBITRAGEM TEM FEITO NO BRASILEIRO E NA COPA DO BRASIL

 

A Confederação Brasileira de Futebol - CBF - estava relutante em aceitar a participação do chamado "Árbitro de Vídeo" (VAR) . O custo é alto. A CBF quis empurrá-lo aos clubes, descontando o valor nos borderôs, cerca de R$ 50 mil por partida. Os clubes não aceitaram, numa reunião entre eles e escudados pela maioria.

 

Restou à CBF fazer licitação, visto que os erros acumulavam assustadoramente em suas competições.

 

Ganhou a concorrência a empresa Broadcasting Televisão Ltda, que vai receber cerca de R$ 700 mil da CBF, em parcelas de R$ 50 mil pra operar o sistema Árbitro de Vídeo (VAR) em 14 jogos da Copa do Brasil, a partir das  quartas de final.

 

Esta competição foi priorizada por que a CBF recebe nela parte da cota dos direitos de transmissão, o que não ocorre no Brasileiro.  

 

A poderosa e sugadora Rede Globo, que detém os direitos do Brasileiro não aceita ceder suas imagens para o VAR.  E olha que esta empresa vencedora da licitação trabalha, também, para a Gloriosa e operou o VAR nas finais dos Campeonatos Pernambucano e  Catarinense.

 

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.