sexta-feira, 6 de abril de 2018

PRÉDIO DA MINISTRA CARMEM AGORA É DA COR DO PT

MANIFESTANTES DE BH JOGAM BOMBA DE TINTA VERMELHA NO PRÉDIO ONDE MORA A MINISTRA CARMEM LÚCIA

 

O prédio da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, no Bairro Santo Agostinho em Belo Horizonte foi escrachado na tarde desta sexta-feira (6) por manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Com bandeiras e vestindo vermelho, o grupo que é contra a prisão do ex-presidente Lula atirou bombas de tintas e fez pichações nos muros e calçadas do edifício.


O MST publicou vídeo e fotos da "intervenção" no prédio da ministra. Eles picharam no chão "Cármen golpista" e jogaram tinta vermelha na fachada do prédio. 

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.