domingo, 8 de abril de 2018

LULA VERSUS IMPRENSA ESQUENTA


REPÓRTERES  E JORNAIS E TV GLOBO NÃO DÃO INFORMAÇÕES, E TODA MATÉRIA É DE OPINIÃO E ESCULHAMBA LULA. NAS ENTRELINHAS, ZOAM DE SUA PRISÃO.

Vou dar um exemplo mais próximo, pois o da Rede Globo e seus programas jornalísticos de m. estão na cara do povo, o dia todo.
Assino o jornal "O Tempo" por considerá-lo o mais moderno e de melhor texto, mas caiu em mãos de editores paus-mandados e com textos cheios de erros gramaticais. Ou seja, com porca revisão.
Tenho amigos que trabalham na organização de Vitório Mediolli e os conheço como sérios e competentes. Alguém anda revisando e emporcalhando o trabalhos desses rapazes.
Vitório Medioli, colunista, também pesou na minha escolha, da mesma forma que sua esposa Laura, dona de texto sutil, gracioso e gostoso de ler.
Mas a parcial posição dos jornais de Medioli na cobertura da polêmica prisão do ex-presidente Lula e o perseguindo desde a abertura do inquérito Lava Jato, enoja.  Só esta parcialidade do Grupo mineiro é suficiente para estocar este ódio dos militantes petistas que têm agredido repórteres.
Não sou a favor de tais agressões, pois sou, também, jornalista apesar de ser na área de esportes e aposentado. A culpa toda é da orientação mediática que Vitório Medioli passa aos rapazes de seus jornais e rádios.
Lá fora o pau tem comido: pelo menos seis repórteres foram agredidos e ameaçados. E o tal de olho por olho, dente por dente: " Pra cima você me aperta, para baixo nóis acerta".
Escrevem mentiras, dão falsas informações, jogam verde e colhem maduro, fazem o que os editores e proprietários mandam, perdem o que sempre pensam em conquistar: a liberdade de opinião.
Leio de manhã, todos os dias, O Tempo e me lembro da ex-poderosa Veja e suas ilações sobre tudo e, principalmente, sobre política. São tantas as vezes que soube da Veja pagando e se retratando na Justiça, também inconfiável, desse Brasil, que resolvi cortar a assinatura dela e não a li mais, nem na privada. Deixou de ser uma revista de informações e lazer, mas de enganação com texto opinativo inserido, até fora das entrelinhas,  em busca de mudar a cabeça do leitor. Que nem O TEMPO agora.

A Rede Globo é assim desde que Roberto Marinho entendeu-se como gente. Deu a Presidência de presente a Fernando Collor e depois fez tudo para derrubá-lo; o Exército só prendia quem a Globo deixava. Roberto Marinho gostava de dizer que "com os meus comunistas, ninguém mexe". Afinal tinha alguns esquerdistas nas redações de suas emissoras e jornais. Hipocria pura, como aquela de Assis Chateaubriand que antes de Roberto Marinho foi o dono do Brasil. Punha e tirava lá da Presidência quem ele queria.
Tudo que hoje acontece ao Lula, operário pobre,  líder sindicalista aposentado por causa de acidente que decepou-lhe o dedo mirim da mão direita, mas  que atropelou a elite do País e botou o povo esquecido e miserável no poder, como Presidente da República, após três tentativas frustradas.
Tudo de mal que é atribuído a Lula, não passa de fruto da maldade,  e da perseguição ao Sapo Barbudo imposto aos meios de comunicação, atualmente pela chamada Ordem Jurídica, na realidade uma ditadura disfarçada e encastelada no Tribunais Superiores e no Supremo. Ainda é para punir o Sapo Barbudo  que ousou desafiar a egrégia Revolução de 31 de março e seus implacáveis comandantes, que nunca foram escolhidos em votação popular,  não ganhariam.  Só mesmo pelo poder das armas e dos tanques.  
Comigo acontece a Censura pública das vozes discordantes. Não aceitam os rótulos de nazistas, fascistas, golpistas, filhos da Ditadura Militar e contestam com xingamentos as ações dos militantes nas manifestações como se eu tivesse culpa, sem nenhum direito de opinar. Porém, leem, escutam e veem matérias nos veículos de comunicação opinando sobre falsos acontecimentos, e acusando o ex-presidente e a ex-presidenta de fingirem desconhecer,. como eles mesmo fingem desconhecer a existência das grutas da corrupção que assolam o Brasil há anos,  desde antes do Governo petista. É ou não é, Aécio, FHC, Collor e outros que agora comem abobara e arrotam caviar. Livres, sem prisão decretada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.