sábado, 12 de maio de 2018

DEIXARAM A PORTA DA GAIOLA ABERTA E O CANARINHO DA TERRA FUGIU


JOVENS TALENTOS DO GALO SAEM ATÉ PELO LADRÃO E VIRAM ÍDOLOS EM PORTUGAL: VEJA EXEMPLO DE BRUNO TÁBATA


O jovem Bruno Tabata, de 21 anos, que foi revelado  no Atlético, estoura no Portimonense, de Portugal,  e deve assinar contrato agora com Benfica. De acordo com o jornal português Record, o meia-atacante deverá se transferir por 3,5 milhões de euros, ou seja, 50% dos direitos econômicos do jogador.

Tabata chegou ao Galo em 2012, na categoria infantil, e ficou no clube até março de 2016. Rejeitou a oferta de renovação contratual do Atlético e fechou com o Portimonense por cinco temporadas, por  20 mil euros mensais. O clube mineiro ofereceu cerca de R$ 2 mil ao atleta, teto salarial da base naquela época. O Galo tentou evitar sua saída na Justiça, sob alegação de que ele fora assediado enquanto tinha contrato. Mas perdeu a ação e viu a joia fechar com os portugueses.

Bruno Tabata tem se destacado no Portimonense. Em duas temporadas marcou cinco gols, além de várias assistências. Jogou 54 partidas no seu novo clube.

O  Atlético está de olho na transação, pois teve participação na formação do Bruno Tabata, com isso tem direito ao percentual de transferência, que deve ficar em, aproximadamente, 1,91% do valor do negócio (66,8 mil euros, cerca de R$ 285 mil). Esse valor é aproximado e depende da avaliação dos clubes envolvidos.

De acordo com o "Mecanismo da Solidariedade da FIFA", todas as agremiações participantes da formação do atleta entre os 12 e 23 anos têm direito a percentual em eventuais negociações.

Percentuais do "Mecanismo de solidariedade"

O regulamento de transferências da FIFA estabelece que "se um profissional se transfere durante o curso de seu contrato, 5% do montante deve ser deduzido, por seu novo clube, a todos aqueles envolvidos no treinamento e educação do atleta ao longo dos anos situados entre o 12º e 23º aniversários". Caso o jogador fique menos de um ano no clube formador, o cálculo reduzido

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.