segunda-feira, 28 de maio de 2018

MANO QUER O FIM DAS GOLEADAS AZUIS POR 1 A 0

CHEGA DE 1 a 0, PLACAR MAGRO PÕE EM RISCO A  VITÓRIA, DIZ MANO APÓS GANHAR DO SANTOS NO PACAEMBU

 

O Cruzeiro só teve um senão no jogo contra o Santos: a falta de centroavante de ofício no primeiro tempo. Tocava bem a bola, mas sem profundidade, tanto que chutou apenas duas vezes à meta santista, com Sassá e Robinho. Além disso, faltou criatividade no meio-campo em função da fase ruim de Thiago Neves.A história foi outra no segundo tempo, com Romero na lateral direita, Bruno Silva no meio e Raniel na frente, como produtivo camisa nove.

 

O gol de Bruno Silva servirá com certeza para ele ganhar, de novo, aquela personalidade que mostrou no Botafogo, como articulador e meia ofensivo, sempre presente na área adversária. Foi muito mais útil nos poucos minutos que esteve em campo do que Thiago Neves e Rafael Sóbis. Espero que Mano Menezes cuide mais dele e o aproveite outras vezes, mas como titular mesmo.

 

Apesar dos números longe do esperado, o Cruzeiro  está entre os nove times com saldo de gols positivo no Brasileirão. Deve-se ao ótimo desempenho defensivo. Melhor assim: deve-se a Dedé, verdadeiro furacão azul. Nas sete rodadas iniciais, os celestes sofreram apenas três gols e têm a melhor defesa, ao lado do Grêmio.

 

Após o triunfo sobre o Santos por 1 a 0, no Pacaembu, gol de Bruno Silva, numa cobrança de escanteio, no qual houve o desvio de Raniel, para pegar o autor do gol livre pela meia esquerda e ele marcou de peixinho,  o primeiro triunfo celeste como visitante na competição, Mano Menezes avisou que não quer depender de números tão 'apertados'.

Afirmou: - " Placares magros muitas vezes colocam em risco as vitórias".

 

Mano até brincou com a escassez de gols no Brasileiro, já que, na Libertadores, o Cruzeiro se destacou no ataque: goleou a Universidad de Chile por 7 a 0 no Mineirão e por 4 a 0 o Vasco em São Januário.-"Gastamos muito em dois jogos na Libertadores (risos). Fizemos sete, quatro, fizemos onze (em dois jogos). Até estava comentando no vestiário que, com quatro gols (no Brasileiro), estamos com dez pontos"

-". Nossos gols valem muito. Mas temos que voltar a marcar mais. O futebol obedece essa lógica. Você não pode estar muito apertado, pode tomar  gol como quase tomamos (contra o Santos, no final) e deixar escapar o resultado. Marcamos poucos gols no Brasileiro, mas logo isso também melhora. A gente quer é seguir com vitórias para o torcedor",


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.