segunda-feira, 28 de maio de 2018

QUE PRECONCEITO MAIS TOLO; HOMEM NÃO PODE CONFESSAR QUE AMA OUTRO, SEU IRMÃO DE AMIZADE

SEM RAFINHA E ARRASCAETA, CRUZEIRO CORRE RISCO DE FICAR SEM THIAGO NEVES, TAMBÉM. MANO AVISA QUE VAI CUIDAR DELE AGORA

 

Campeonato Brasileiro, competição longa e pesada, com viagens cansativas para atravessar o Pais de norte a sul, as Comissões Técnicas precisam dar atenção a outros aspectos importantes, além das táticas de jogo: perdas de atletas essenciais,  como acontece no Cruzeiro:  os meias Rafinha, que se recupera de dores no púbis, e Arrascaeta, na Seleção Uruguaia, deixam o  técnico Mano Menezes num terreno escorregadio.

 

O principal nome do setor é Thiago Neves. Para preservar o camisa 30, o o treinador adotou cuidados especiais.Recentemente, Thiago Neves desfalcou o Cruzeiro em três partidas com dores na panturrilha direita.

 

Não atuou  contra o Sport e Atlético, pelo Campeonato Brasileiro, e Atlético-PR, pela Copa do Brasil. O meia voltou a atuar diante do Racing, no Mineirão, , pela Libertadores, e jogou 65 minutos.

 

Nesse domingo, na vitória sobre o Santos, por 1 a 0, o camisa 30 esteve em campo por 64 minutos. Ele deu a vaga a Raniel, que participou do gol de Bruno Silva.

 

Desta forma, Mano vai 'administrando' a utilização de Thiago Neves. O treinador, em entrevista coletiva após a vitória no Pacaembu, não deu indicativos de que deixará o meio-campista atuando nos 90 minutos.

 

"Thiago é importantíssimo, muito mais nesse momento em que não temos Arrascaeta. Então, estou dosando a volta dele, poderia certamente ter levado mais tempo, mas não é isso que deve ser feito nessa hora (...) Thiago é Thiago, vamos cuidar dele na proporção que ele tem pra gente nesse restante de temporada", disse o técnico.

 

Sobre as alternativas que Mano implanta no meio-campo, foram mostradas nesse domingo contra o Santos e funcionaram. Colocou em campo Raniel, no lugar de Thiago Neves, e apostou na entrada de Bruno Silva, tirando Sassá. O treinador explicou a função do volante, que  recebia críticas da torcida. No Contra o Santos, Bruno entrou pelo lado direito, e Robinho passou a fazer a função de Thiago Neves.

 

TRINCHEIRA: Porquê então o professor Pardal não faz isso logo de cara, na escalação inicial da equipe? Será que gosta de viver perigosamente primeiro?

 

 MANO ressaltou: "Robinho não é  de jogar tão por dentro, de costas, muitas vezes para armar jogadas, mas é meia; então trouxe o Robinho para dentro; depois coloquei Bruno por fora, que faz bem a função, quando somos mais atacados. É jogador de força, que puxa contra-ataque com bastante competência".

 

GOZAÇÕES Á PARTE. EU GOSTARIA DE VER SÓBIS JOGANDO COMO THIAGO, OU COMO FAZIA NOS SEUS TEMPOS DE INTERNACIONAL

 

 

O atacante Rafael Sobis, do Cruzeiro, foi o convidado desse domingo à noite do programa Resenha, do canal ESPN, e gerou muitas risadas ao contar histórias dos bastidores da bola. Mas ele também foi alvo de zoeira dos demais convidados quando a emissora exibiu uma mensagem gravada pelo meia cruzeirense Thiago Neves.

 

Neves falava sobre a amizade com Sobis, iniciada nos tempos de Fluminense e que hoje transcende o futebol. Em dado momento, o meia declarou na gravação: 'Te amo mais que tudo".

Ao ouvir a declaração, Sobis franziu a testa, em tom irônico, e ouviu risadas dos demais participantes: Djalminha, César Sampaio, Amoroso e o goleiro Weverton, do Palmeiras.

 

Na resposta, Sobis fez questão de retribuir a homenagem, mas também brincou: "Eu não sei se eu amo (risos)".

 

Disse mais Thiago: "Meus filhos são amigos dos filhos dele. Então, eu fico feliz por ter amigo como o Rafael, é muito legal, muito honesto comigo. Então, Rafa, eu só agradeço a você pela nossa amizade, por tudo que você faz por mim, pela minha família, e que a gente possa continuar  com a nossa amizade para o resto da vida. Grande beijo, te amo mais que tudo, você sabe disso, e parabéns por tudo que você tem feito em sua carreira. Abração".

 

Resposta de Rafael Sobis: "Que legal, né? É mais uma daquelas coisas que eu comento, esse é irmão também. Nossa amizade já é além do futebol. Ele me chama de carroça, né, me chama de velho, porque eu cuido dele, eu acordo às 6h da manhã todo dia. Durmo muito pouco. Então ele me chama de carroça, estou sempre me arrastando. E que legal. Ele é cara super bacana. Como ele falou, a nossa amizade é família mesmo, a gente está sempre junto. Quando vou com a família visitar, sozinho, jantar, fazer as coisas...E, eu não sei se eu o amo (risos).

Mas agradeço, a gente está sempre junto, em férias. Nessas férias provavelmente vamos estar juntos, ele me escalou numa viagem que eu não sabia que estava. Mas, que bom, amigo que eu tenho, amigo que vai ser pro resto da vida, e ele sabe que, para o que precisar, vou estar sempre disposto a ajudar. O que cabe a mim, ajudo sempre. Vida longa pra nós".

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.