terça-feira, 1 de maio de 2018

SÓ DOIS TIMES GOLEIAM NA LIBERTADORES: GRÊMIO E CRUZEIRO

POUCO DA HISTÓRIA DE CRUZEIRO E VASCO

LIBERTADORES - Eu não me lembro de algum jogo marcante entre Cruzeiro e Vasco. mas eles já se enfrentaram em outras duas edições da Copa Libertadores da América, em 1975 e 1998. Cada time teve uma vitória para aconteceram dois empates.

Porém, nenhum desses jogos ficou marcado na minha memória como sensacional: é o caso de Cruzeiro e Internacional, não só pela decisão do Brasileiro,  no Beira Rio, em 1975, como, também, no primeiro jogo da competição continental, no Mineirão. Os celestes venceram por 5 a 4, com show de Joãozinho e Palhinha.

Nos confrontos entre eles, pela Libertadores, cada time marcou 5 gols. Em 1975, em jogos pela primeira fase da competição, o Cruzeiro venceu por 3 x 2, no Mineirão, e empatou em 1 x 1 em São Januário. Terminou em primeiro lugar no grupo 3, enquanto o Vasco foi o quarto e último. A Raposa seguiu na competição até a semifinal  e o Vasco foi eliminado.

Na outra vez em 1998, pelas oitavas de final, o time carioca venceu por 2 x 1 em São Januário e houve empate em 0 x 0 na partida de volta, no Mineirão. O Vasco se classificou e foi o campeão.

Em São Januário, pela Libertadores, Vasco e Cruzeiro se enfrentaram 30 vezes. Foram 8 vitórias do Cruzeiro, 9 empates e 13 vitórias do Vasco. O Cruzeiro marcou 46 gols e sofreu 49. Na estatística geral os rivais desta quarta-feira  no Rio de Janeiro, têm 94 jogos entre eles. Eis o resumo dos jogos:

Vitórias do Cruzeiro: 34

Empates: 30

Vitórias do Vasco: 30

Gols do Cruzeiro: 141

Gols do Vasco: 123

Saldo de gols do Cruzeiro: 18

TABU da Libertadores; a  Raposa não perde em São Januário há quase doze anos. A última vitória do Vasco em seu estádio foi em 30 de julho de 2006, por 1 x 0, pelo Campeonato Brasileiro. De lá para cá as duas equipes se enfrentaram outras seis vezes, todas também pelo Brasileirão, com cinco vitórias da Raposa e um empate

TRINCHEIRA: Estes números, no entanto, servem para nada. Tabu, aliás, existe para ser quebrado, portanto que Mano Menezes leve isso em consideração e ponha seu time para ganhar, O jogo começa às 21h45m, depois do último beijo da novela global.

 

RAFAEL MARQUES FOI INVESTIMENTO DO CRUZEIRO OU DINHEIRO JOGADO FORA?

 

Rafael Marques assinou contrato com o clube até dezembro de 2018. No elenco do Cruzeiro, que pagou R$ 5 milhões pela compra de seus direitos econômicos em janeiro. sob o comando de Mano Menezes, Rafael , 31 anos, teve altos e baixos, e jogou muito pouco.

 

O fato de Rafael Marques ser contratado a peso de ouro não fez que Mano Menezes sentisse pressionado a escalá-lo mais vezes. A justificativa porca do treinador era sempre a mesma: "a escolha é feita conforme o momento técnico e necessidade do time".

 

O Cruzeiro fez outros dois investimentos suntuosos em 2018: pagou ao Flamengo 1,8 milhão de euros (quase R$ 6 milhões) por 60% dos direitos econômicos de Mancuello e 2,5 milhões de euros (cerca de R$ 10 milhões) por 70% do passe de David. Nenhum deles é titular. 

 

 

Pelo Botafogo em 2016 e 2017, Bruno Silva jogou em posição adiantada no meio-campo, chegava frequentemente ao ataque como elemento surpresa. Em 111 partidas, marcou 14 gols. No Cruzeiro, porém, não conseguiu render no Campeonato Mineiro e acabou recuado para segundo volante. Apagou-se de vez.

 

Rafael Marques tem acertou contrato com o Sport de Recife para ficar na Ilha do Retiro, em definitivo. Na sua política de redução da folha de pagamentos do elenco de futebol, a diretoria não se opõe à saída dele desde que seja indenizado pelo contratante.

MANO ESCONDE TIME EM TREINO NO RIO PARA PEGAR O VASCO  PELA LIBERTADORES.

Mais uma vez, o treinador Mano Meneses fechou o treinamento do Cruzeiro realizado nas Laranjeiras, campo do Fluminense, na preparação para o jogo desta quarta-feira à noite, pela Libertadores, contra o Vasco, nesta quarta-feira, às 21h45, em São Januário.

TRINCHEIRA: para que esta besteira de treino fechado? Não dá jogo. O que dá é coletivo intenso e preparação tática consciente.

O poderoso Professor Pardal que responde pela Direção Técnica do Cruzeiro, no momento, escondeu a escalação. Porém, a competência e a vivacidade dos repórteres da cobertura diária da Toca apostam que o Cruzeiro enfrenta o Vasco com o mesmo time que goleou La U do Chile por 7 a 0 no Mineirão. Então está tudo certo e grampeado.

REAL USOU  TODO PODER DE FOGO PARA CHEGAR ÀS FINAIS DA COPA DA UEFA

Nada de inventar coisas estranhas para o time. Esse foi o objetivo de Zinedine Zidane que fez o Real Madrid chegar a mais uma final de Liga dos Campeões, no empate em 2 a 2 contra o Bayern, no Estádio Santiago Bernarbeu, em Madrid. . Numa coletiva antes da partida pelas semifinais, o treinador francês garantiu que os merengues jogariam com todo poder ofensivo e não tentariam segurar a vantagem conquistada na partida de ida. E foi o que aconteceu.

- O segredo era pensar em ganhar a partida, nada mais. Não nos foi possível, Vamos entrar em campo para ganhar, mas o nosso objetivo. final foi alcançado: a classificação.  Não houve recuo do time nem pensamos em fazer coisas estranhas. Elas simplesmente aconteceram como no caso do segundo gol nosso marcado por Benzema. O goleiro deles falhou feito, o que se há de fazer? Foi nossa marcação sob pressão que fez aquilo tudo acontecer.", afirmou Zidane.

Saímos para o jogo na tentativa de  abrir o placar rapidamente e foi isso que fizemos. Nosso primeiro gol foi marcado por Benzema, aos 6m do primeiro tempo. Na saída do segundo tempo, o goleiro deles falhou e Benzema anotou o placar de 2 a 0", comentou o treinador merengue. .

Para a decisão da Liga dos Campeões da UEFA, o pensamento de Zidane não muda. - É outro jogo, outro adversário, porém a partida é decisiva como foi esta agora. Vamos manter a mesma vontade e a disposição de só fazer a coisa certa. Nada de inventar."

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.