terça-feira, 7 de agosto de 2018

DA CIDADE DAS PALMEIRAS DIRETO PARA OS CORAÇÕES AZUIS

CARATINGA - A TORCIDA CHINA AZUL promete repetir 2017 quando fez muita festa no Rio de Janeiro após a decisão da Copa do Brasil,.repetida na fase de grupos da Copa Libertadores de 2018. Além dos ingressos comercializados em Belo Horizonte, para o jogo contra o Flamengo, marcado para quarta-feira, às 21h45, no Maracanã, vários outros foram vendidos nesta terça, em barbearia no bairro de Copacabana, Zona Sul do Rio.
Foram disponibilizadas 1500 entradas na cidade no Rio e nenhuma em Caratinga, terra natal minha, do Ruy Castro, do Ziraldo., Zélio, Miriam Leitão, e a cidade mais caratinguense de Minas...

O médico André Oliveira, de 37 anos, um dos primeiros da fila, mostrou ânimo com a possibilidade de o Cruzeiro arrancar a vitória fora de casa sobre o Flamengo. "Estamos aqui, depois de 22 anos da conquista da última Copa Libertadores, e estamos na expectativa grande de passar do Flamengo. Conseguir um grande resultado aqui no Rio de Janeiro e arrancar rumo ao tricampeonato", disse o torcedor, que deixou Montes Claros, no Norte de Minas, no último domingo para curtir o Rio e assistir ao Cruzeiro.

Superando a chuva que caiu durante toda manhã na capital carioca, os cruzeirenses começaram a formar fila na Barbearia do Zé por volta de 10h30. As vendas foram iniciadas às 11h. Cada torcedor pôde comprar três bilhetes. A princípio, o clube havia informado que cada um poderia deixar o local com quatro tíquetes. A comercialização segue até às 17h desta terça-feira e também nesta quarta-feira, data da partida, de 11h às 17h. A barbearia fica localizada na Rua Bolívar, número 80.

AMÉRICA DE ADILSON BATISTA
CONTINUA INVICTO COM ELE.


Adilson Batista segue invicto no início de trabalho no América. Neste domingo, o treinador comandou o Coelho pela terceira vez no empate sem gols com o Palmeiras, no Independência, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nos jogos anteriores, o time bateu Internacional e Santos, dando arrancada na meta de classificação. Em análise do jogo contra o Alviverde paulista, o comandante americano valorizou os pontos conquistados em três rodadas e ressaltou a real missão do time:a permanência na Série A.
"De nove, você conseguir sete (pontos), está bom. Gostaria de ter nove, mas você chega numa situação em que sabe da pontuação que tem a obrigação de fazer para o primeiro objetivo do clube, que é a permanência: 44, 45, 46 pontos. Então, você consegue, dentro desses três jogos, ter um bom primeiro tempo contra o Inter, com algumas dificuldades no segundo; uma marcação mais baixa para criar mais situações na Vila Belmiro (contra o Santos) e deixar o lado para cruzar. Não criamos chances, mas tivemos o contra-ataque para fazê-las.
-"Contra o Palmeiras tivemos uma dificuldade no primeiro tempo, depois melhoramos no segundo. As coisas não acontecem da noite para o dia, tem que ter calma. Tem que trabalhar algumas situações que precisa melhorar. É isso que precisamos fazer", declarou em entrevista coletiva depois do jogo no Horto. 

Adilson também valorizou a entrega dos jogadores durante todo o jogo. Ele ainda elogiou, particularmente, o desempenho de Ruy, que quase marcou um belo gol em chute de fora da área.  

"Até no aspecto físico você entrar num grupo que você sabe que vai se entregar, se sacrificar e se doar, além de te dar uma resposta no fim do jogo, é importante. Eu já estou começando a vivenciar isso e sentir isso neles. É muito importante. No aspecto físico, vejo que todos estão terminando os jogos bem. Isso nos dá uma tranquilidade. E são jogadores experientes. O Ruy eu já tinha citado em outros jogos. É um meia-esquerda com muita dinâmica. Um belíssimo jogador",
exaltou. 

O resultado diante do Palmeiras deixou o América na décima colocação do Brasileiro, com 21 pontos. Na próxima rodada, o time encara o Bahia, no sábado que vem, às 19h, na Fonte Nova, em Salvador.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.