sábado, 15 de setembro de 2018

NÃO É UM CLÁSSICO COMO OS DE ANTIGAMENTE. ISSO HOJE É BRINCADEIRA DE ESCONDE ESCONDE ENTRE TÉCNICOS

 

 

INGRESSO CARO, RAPOSA DE CAMPANHA RUIM, AO CONTRÁRIO DO GALO,  NA FRENTE E DENTRO DO G-4, ALÉM DE MANO ANUNCIAR TIME RESERVA, A CHINA AZUL PERGUNTA: "VAMOS FAZER O QUÊ DOMINGO NO MINEIRÃO?"

 

-"Já que é assim, porquê o Cruzeiro não fica na Toca,  deixa de ir ao Mineirão, perde o clássico por W0, invés de tomar uma goleada?"

 

Como está irritante esta constante ideia prática de Mano Menezes em usar time reserva nos grandes jogos do Campeonato Brasileiro, enquanto foca apenas na Taça Libertadores da América e na Copa Brasil, não é melhor assim para não tremer na frente de todo mundo e estar sujeito a tomar de volta aquele 6 a 1?

 

O técnico Mano Menezes já avisou: não colocará força máxima do Cruzeiro contra o Atlético  no Mineirão, neste domingo, às 16h (de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro. Mas o treinador também sabe da importância da partida no Gigante da Pampulha e tentará equilibrar as forças com o maior rival, com uma equipe mesclada pela experiência deformada que tem no elenco e pela força de vontade e garra da moçada que tem chegado aos pingos na Toca da Raposa.

 

TRINCHEIRA: Mano Menezes ainda nem definiu, por charminho gaúcho, a equipe para enfrentar o Atlético. Três fatores na sua decisão: a prioridade da Libertadores (quarta-feira o Cruzeiro enfrenta o Boca Juniors, na Argentina, pelas quartas de final), a suspensão do meia Robinho e também o desgaste combinado com lesões de jogadores, tendo em vista o jogo em Buenos Aires. Que desculpa mais porca!!!!.

Gol

 

Olha que dúvida mais imbecil? Se está com receio de expor Fábio, primeira imbecilidade, então terá de usar o Rafael, segundo melhor do elenco, claro. O titular da posição foi poupado em duas vésperas de jogos decisivos pelo Cruzeiro. Antes do primeiro jogo contra o Flamengo, pela Libertadores, e antes do segundo jogo contra o Santos, pela Copa do Brasil. Por isso, há possibilidade de Rafael figurar entre os titulares. No clássico do primeiro turno, quando Mano poupou o time quase inteiro, Fábio foi titular, pronto, querem mais o quê?

 

Linha defensiva

 

Na direita, Mano tem três opções: escalar o titular Edilson, que jogou três dos últimos quatro jogos, voltar com Lucas Romero (recuperado de um trauma no joelho direito) ou colocar Ezequiel.

Dedé deverá ser um dos jogadores poupados contra o Atlético-MG —

Entre os zagueiros, Dedé vem de uma rotina cansativa, atuando em dois jogos seguidos e uma viagem dos Estados Unidos para o Brasil. Provavelmente será poupado. Léo é um dos atletas com melhor recuperação entre partidas no Cruzeiro, mas vem de cinco jogos seguidos.

 

Com Manoel recuperado e contando com Murilo, Mano pode optar pela defesa reserva para descansar os zagueiros principais. Na esquerda, Egídio é o titular e atuou nos últimos dois jogos nos 90 minutos. Poderia ser mantido na equipe em detrimento de Marcelo Hermes.

 

Meio

 

Mano tem dois volantes titulares: Henrique e Lucas Silva, que não vêm de sequência grande de partidas. Poderia manter um dos dois? Ariel Cabral surge como grande candidato para atuar no meio, com Romero também tendo a possibilidade. Quem também desponta para ser titular é Bruno Silva, escolha mais comum de Mano para a vaga de Robinho, suspenso.

 

Ainda na linha mais ofensiva, aparece Thiago Neves, que vem reclamando de dores lombares. Ele foi poupado contra o Sport e atuou contra o Palmeiras. Em termos de desgaste, não seria problema, mas Mano correria o risco de perder um de seus principais jogadores para enfrentar o Boca? Mancuello aparece como opção. Arracaeta, do Cruzeiro, sentiu a coxa esquerda diante do Palmeiras

 

Essa é uma das questões no time cruzeirense, que dificilmente terá Arrascaeta contra o Atlético, já que o uruguaio saiu do jogo com o Palmeiras se queixando de uma pancada na coxa esquerda, a mesma que lesionou recentemente. Rafinha seria o substituto para o clássico e até para enfrentar o Boca, caso o uruguaio não pudesse atuar. Mas David e Rafael Sobis também são opções.

Ataque

 

Mano pode relacionar Sassá, mas dificilmente o atacante começaria como titular, por estar de volta agora de lesão. Raniel aparece como o favorito para o ataque, substituindo Barcos, que vem de dois jogos seguidos como titular. Possibilidade de escalação do Cruzeiro para domingo: Fábio (Rafael); Ezequiel (Edilson), Murilo, Manoel e Egídio (Marcelo Hermes); Lucas Romero, Ariel Cabral e Bruno Silva; Mancuello (David), Rafinha (Rafael Sobis); Raniel. Não é melhor ficar em casa e acompanhar o clássico pela televisão?

 

A Ditadura Jurídica do STF implantou no Brasil, agora liderada pelo presidente de Plantão, aquele advogado que trabalhou para o PT e foi servidor no Governo Lula, proibiu agora Lula, como qualquer cidadão, de participar da campanha política de Fernando Haddad. Além do STF a ditadura tem tentáculos na Imprensa, sob liderança da Rede Globo via Jornal Nacional e seus apresentadores, o mauricinho Bonner, que de tão chato e pernóstico, foi chutado de casa pela esposa Fátima Bernardes, outra malinha. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.