segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

PRECISO APRENDER A ODIAR VOCÊ

SAIA DE MIM, POR FAVOR

(Flávio Anselmo - 1972)

 

Oi, mulher, nossa história está escrita,

portanto não insista,

somos dois bicudos que não se beijam,

Por isso, não quero que me vejam,

como estou na amargura, deprimido.

 

Então lhe faço  este pedido,

que é quase  súplica e tudo explica:

embora entre nós amor exista

saia de mim, do meu sufoco,

liberta minhas horas e o meu corpo,

deixa minha mente pensar que é livre

Saia de mim, por um instante.

Deixa  eu viver em paz, minha solidão

e rir sozinho da minha fossa,

Saia de mim, por favor,

eu preciso ficar só, para aprender

como odiar você. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.